iFolha - Seria tudo uma questão de gente?

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 27 de Junho de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/06/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 28 de Abril, 2019 - 17:25
Seria tudo uma questão de gente?

“Um dos conceitos tidos como concreto para muitos é o que prega que cada ser é único. É diferente de todos os outros. Ninguém é igual a ninguém. Mas, em termos sociais, desde que mundo é mundo, uns sempre são mais únicos que os outros. Não necessariamente melhores ou piores, nem mais nem menos humanos, mas sempre uma minoria é detentora de muito mais direitos que a grande maioria que tem como patrimônio os deveres”.

Mestre Baba Zen Aranes.

ESTA SEMANA ...

... pode ter sido a mais marcante de todos os tempos. Nunca, na história desta cidade vivemos momentos tão complexos e ao mesmo tempo tão simples como este.

DE UM LADO ...

... um governo que tem tudo para entrar para a história por ser competente e responsável por impulsionar o município rumo ao sempre desejado progresso e num momento crucial.

DE OUTRO ...

... uma população carente de amor, de simples carinho e de dignidade que só a humildade e a visão ampla de mundo de um dirigente podem promover.

NO MEIO DE ...

... tudo isso, um velho elefante ou jumento antigo, com sua tromba, dando vazão e alimentando o caos provocado pela grita geral e por seus representantes que arrebanham milhares de seguidores nas redes da internet.

TRADUZINDO, ...

... dentro de mais uma semana de caos na Saúde local, alguns pontos acabaram sendo mais destacados que outros.

PRIMEIRO ...

... e já do conhecimento de todos que perdem o seu tempo tentando entender as viagens na maionese deste ser quadrú­pede, é o de que a situação local está caótica, mas passível de resolução. Faltando apenas a colocação das pessoas certas nos lugares certos e um projeto que leve em consideração sugestões de técnicos da área, que tenham realmente conhecimento do setor.

CLARO, ...

... também o dedo de um marqueteiro competente que consiga convencer o mandatário atual de que é preciso colocar gente no comando que calce as sandálias da humildade e trate a todos com o carinho da madre Tereza de Calcutá, sem diferenciação e tenha conhecimento para convencer estes seres tão sofridos de que vai se fazer e se está se fazendo o que é possível para resolver os seus problemas.

O RESTO ...

... é gerenciamento, gestão de pessoal que sempre foi o grande problema do atual governo, que herdou um funcionalismo viciado no sistema genial de administração e que foi colocado lá pelo ex-prefeito, hoje, pelo menos aparentemente, desafeto do atual.

TAMBÉM, ...

... claro, uma estrutura­ção profissional, ou seja, de quem tem capacidade de gestão e gerenciamento e não de curiosos que vivem num mundo intangível, ilusório, distante da maioria da população.

E AÍ ...

... entram medidas que não são impossíveis de ser implementadas, como a de mais pelo menos um pronto-socorro e a efetiva­ção do atendimento nas UBSs, que não conseguem resolver a maioria dos problemas, levando grande parte da população a esperar a situação se agravar para procurar a UPA.

E, AGORA, ...

... nesta época de calamidade pública por causa da dengue, algumas medidas emergenciais que podem ser tomadas para amenizar o sofrimento e o risco da maioria que é detentora do dever de sustentar a minoria que é possuidora apenas dos direitos.

O RESTO, É ...

... simplesmente trabalhar para que todos sejam tratados como seres humanos e não como meros animais na fila do abatedouro.

O QUE NÃO ...

... dá é para ver as atitudes, não se sabe se do governo todo (e aí incluído o mandatário) ou se apenas dos fugitivos do PT que se encastelaram na Saúde, ditatoriais e ameaçadoras, ao que parece, pretendendo usar a força e o temor da justiça para calar a boca de todos, como se isso fosse a solução para os problemas enfrentados. Como se errados estivessem os que reclamam e não a falta de conhecimento de quem comanda.

SE JÁ PODERIA ...

... ser considerada uma atitude bestial, a que foi denunciada em áudio veiculado na rádio Cidade, de ameaçar usuários da UPA para não filmarem, fotografarem e nem darem entrevista no local, não autorizando nem a TV Tem fazer imagens em seu interior, mais estarrecedora ainda foi a publicação na página do Facebook da prefeitura, de texto ameaçador contra a comerciante Alessandra Bueno por esta ter perguntado em sua página pessoal no “Face” se alguém tinha morrido na UPA.

O PIOR ...

... é que na parte constrangedora do texto, denota-se a ameaça a todos que estariam reclamando da atual situação de caos generalizado. Vejam a frase: “Medidas judiciais cabíveis serão tomadas contra aqueles que estão causando pânico na população por motivos obscuros”.

ORA, SENHORES, ...

... é ou não é sinal de que tudo o que foi dito até aqui esteja acontecendo? Ou seja, que o atual governo, ou a secretaria da Saúde onde se encastela­ram os fugitivos do PT, tendo no Marquinho da Farmácia o seu Rei da Inglaterra (não governa, apenas participa das solenidades), está perdido e quer resolver o seu problema não atacando as causas, mas tentando esconder os efeitos.

PAREM ...

... o mundo que eu quero descer. Este pessoal não parece ser tão sem noção para acreditar que atos ditatoriais como este podem gerar o efeito contrário, ou seja, aumentar os anseios pela revolução.

NÃO DÁ, ...

... sinceramente, para entender o porquê destas atitudes esparoladas tomadas esta semana. Principalmente sabedor que o atual mandatário sempre se orgulhou de ter participado da luta contra a ditadura e que seu orienta­dor político não só participou como esteve sempre ligado a cúpula do movimento antidita­dura, sendo até motorista de um de seus líderes.

E TAMBÉM ...

... mais ainda, por saber que o atual mandatário é conhecido por ser um grande administrador não só dos seus negócios, mas já tendo passado pela assembleia e por secretarias do governo paulista.

SE ESTÁ ...

... por dentro de toda a situação e não consegue se livrar de sentimentos como a sober­bia, ou seja lá o que for, está na hora de despir de tudo isso e entender que é chegada a hora de chegar mais próximo da população, pois apenas com base em números que facilmente podem ser falseados por seus assessores, que podem o estar sabotando, não conseguirá equacionar nada e fatalmente colocará um final melancólico à sua biografia política.

SE NÃO ESTÁ ...

... sabendo de nada, está na hora de começar a se inteirar da real situação.

GENTE, ...

... dá para acreditar que este ser que escreve estas loucas linhas, por mais “elefarantes” que seja, esteja vendo chifre em cabeça de cavalo e seja o causador e propagador de um caos que não existe? E que as centenas de reclamações que são postadas principalmente no Facebook sejam apenas fantasia deste povinho pobre e barraqueiro que reclama de tudo?

José Salamargo ... você decide! Mas faça chuva ou faça sol, se nada for feito, a tendência é piorar, principalmente para aqueles que desde que se procedeu a divisão das terras, surgindo o tal do capitalismo, são detentores dos deveres obrigatórios, entre eles, o de sustentar o luxo da minoria que acha que pobre é estrume ambulante.

 

 

 

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
25 de Junho, 2019
Pura sintonia - 70
25 de Junho, 2019
Visite regularmente o dermatologista - 57
25 de Junho, 2019
O CD de Órfãos da Terra chegou nas lojas - 57
25 de Junho, 2019
O filme A Última Resistência chegou - 62
25 de Junho, 2019
Sobremesa de Banana - 67


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites