iFolha - Guatemala, um ótimo destino de férias

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 19 de Setembro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 16/09/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 29 de Abril, 2019 - 14:18
Guatemala, um ótimo destino de férias

O Parque Nacional de Tikal é considerado uma das maiores áreas arqueológicas do mundo que retrata o movimentado centro urbano de uma antiga cidade Maia. É um passeio imperdível e que dura o dia todo / GB Imagem

 

As formações vulcânicas mexem com o imaginário do visitante. Na Guatemala são encontradas quase trezentas delas, sendo que algumas estão extintas e outras em plenas condições de entrarem em erupção / GB Imagem

 

 

 

Cada vez mais o turismo descobre as belezas da América Central. É o caso da República de Guatemala, ou simplesmente Guatemala, um país cheio de belezas naturais, banhado pelo Mar do Caribe e pelo Oceano Pacífico. Também é a terra dos vulcões, das florestas tropicais e marcado pela civilização Maia.

É o destino ideal para quem gosta de sol, mar, natureza e cultura. Além disso, come-se muito bem por lá. O idioma oficial é o Espanhol, no entanto entre a população são praticadas mais de vinte línguas e origem Maia e algumas outras de origem indígena, principalmente entre os moradores da zona rural. É mesmo um caldeirão cultural.

O primeiro destino na cidade da Guatemala é o Aeroporto Internacional de Aurora que fica bem no centro e dali basta seguir para um dos confortáveis hotéis e escolher o seu pacote de passeios. E falando nisso, várias agências de viagens no Brasil oferecem pacotes turísticos para aquela região. Vale a pena conferir quando planejar o seu passeio.

A história do país chama a atenção do visitante, por isso um dos locais mais procurados é o Parque Nacional de Tikal, considerado uma das maiores áreas arqueológicas do mundo e que retrata o movimentado centro urbano de uma antiga cidade Maia. É um passeio imperdível e que dura o dia todo. Além das ruínas de casas e palácios, existe um museu no local no qual estão colecionados e expostos inúmeros objetos que foram encontrados em escavações realizadas na região. Para completar o passeio pela cultura Maia, uma boa ideia é visitar o Museu Popol Vuh – localizado no campus da Universidade Francisco Marroquín - que também guarda objetos valiosos e interessantes.

Quando se fala em América Central também se lembra dos vulcões e a Guatemala tem os seus. Lá são encontradas quase trezentas formações vulcânicas, sendo oito vulcões que foram ativos durante a História; atualmente quatro deles ainda dão sinal de vida. É na cidade de Antigua, antiga capital da Guatemala, que está o Picaya, que entrou em erupção pela última vez no ano de 2000. E falando em Antigua, a cidade é Patrimônio Mundial da UNESCO; foi fundada em 1543 e guarda em seu calçamento e edificações mais de 500 anos de História.

Imperdível é subir a montanha e bem lá no ato encontrar a cidade de “Chichi”, ou Chichicastenango, cujos moradores são descendentes indígenas. O local ganhou fama principalmente por seu mercado de produtos locais, artesanato de primeira qualidade. E ainda tem a gastronomia própria do alto da montanha que inclui deliciosa caneca de chocolate misturado com água. Como uma simples mistura pode ser tão diferente? É bem provável que seja acrescida de algum tempero exótico, segredo herdado dos ancestrais e que é revelado para alguns escolhidos.

Falando das belezas naturais, a Guatemala também encanta por seus lagos, entre eles o Lago Atitlan com sua belíssima paisagem que convida ao descanso e a meditação. E tem ainda Floresta de Lanquím, com riachos e pequenas cachoeiras. Semuc Champey é uma espécie de ponte de pedra natural que cobre o leito do Rio Cahabón, mede cerca de 300 metros, formando piscinas naturais e pequenas cascatas com água verde. O local é cercado por mata fechada e é um pedaço do paraíso.

Claro que não dá para dispensar as praias, banhadas pelo Mar do Caribe e Oceano Pacífico. As mais badaladas são Playa Blanca e Playa Dorada. Quer ver uma praia de areias pretas, então o seu destino é Monterrico e Las Lisas, que ficam na costa oeste de Guatemala.

Come-se muito bem na Guatemala e os preços são excelentes. A maioria dos pratos tem como base o milho, mas o que conta mesmo são os temperos. “Inigualáveis” explica quem já experimentou. A vida noturna é movimentada na capital regada a drinques que agradam a todos os paladares.

Bom, como dito anteriormente, se você ficou com vontade de conhecer este pedação da América Central, fale com uma agência de viagens. O documento exigido é passaporte válido; na mala leve roupas confortáveis, próprias para o verão e para o inverno porque no alto das montanhas é frio. Carregue suas baterias com boa disposição para passeios ao ar livre e boa viagem!


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
16 de Setembro, 2019
A foto - 345
16 de Setembro, 2019
A morte do bebê em Severínia e a divisão de Olímpia em Casa Grande e Senzala foram os principais temas do Cidade em Destaque de segunda-feira, 16.09.2019. - 309
16 de Setembro, 2019
As superstições da Sexta-feira 13, mulher andando pelada, calor insuportável e as notícias de polícia foram os temas do Cidade em Destaque de sexta-feira, 13.09.2019. - 260
16 de Setembro, 2019
Primavera pede pratos coloridos e saudáveis - 315
16 de Setembro, 2019
Cleber & Cauan acabam de lançar o álbum Surreal - 425


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       


















Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites