iFolha - “Codinome Villanelle” – O livro que inspirou a série Killing Eve

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 05 de Agosto de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 04/08/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 20 de Julho, 2020 - 16:14
“Codinome Villanelle” – O livro que inspirou a série Killing Eve

Codinome Villanelle
Villanelle (um codinome, é claro) é uma das assassinas mais habilidosas do mundo. Uma psicopata hedonista, que ama sua vida de luxo acima de quase qualquer coisa... menos a emoção da caçada. Especializada em matar as pessoas mais ricas e poderosas do mundo, Villanelle é encarregada de aniquilar um influente político russo, e acaba com uma inimiga determinada em seu encalço. Eve Polastri é uma ex-funcionária do serviço secreto inglês, agora contratada pela agência de segurança nacional para uma tarefa peculiar: identificar e capturar a assassina responsável e aqueles que a contrataram. Apesar de levar uma vida tranquila e comum, Eve possui uma inteligência rápida e aguçada - e aceita a missão. Assim começa uma perseguição através do globo, cruzando com governos corruptos e poderosas organizações criminosas, para culminar em um confronto do qual nenhuma das duas poderá sair ilesa. “Codinome Villanelle” é um thriller veloz, sensual e emocionante, que traz uma nova voz à ficção internacional. De Luke Jennings, o livro tem 216 páginas e é da Editora Suma.

 

Nosso Lugar
Em “Nosso Lugar”, Tabata Amaral narra a sua trajetória até a campanha que a elegeu deputada federal como a segunda mulher mais votada no país. Como ela mesma diz: "Eu poderia ter muito orgulho de ser a primeira da minha comunidade a conquistar aquele lugar, mas não poderia me aquietar enquanto fosse a única". Tabata cresceu na Vila Missionária, no extremo sul de São Paulo, e viveu na infância as dificuldades enfrentadas por tantas famílias de migrantes nordestinos instaladas precariamente nas periferias das grandes cidades. Depois de alcançar medalha de prata em uma olimpíada de matemática, percorreu um caminho extraordinário que desembocou na Universidade Harvard, onde se formou com uma tese sobre os fatores políticos que impactam a educação pública em diferentes municípios brasileiros. Nesta obra, a deputada entrelaça suas experiências pessoais e profissionais -enquanto narra as dificuldades de ser uma mulher jovem no ambiente político - e conta como lida com fake news e ataques coordenados. Se seguir no ritmo atual, levará cerca de cem anos para alcançar mundialmente a igualdade de gênero na representação política. Acelerar essa transformação é o objetivo deste livro, e um imperativo para todas as pessoas que desejam uma sociedade mais justa. Com 192 páginas, o livro é da Editora Companhia das Letras.

 

A Economia com Rigor
Affonso Celso Pastore trilhou uma brilhante trajetória desde a década de 1960, quando passou a integrar a equipe de Antonio Delfim Netto na Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo e posteriormente no ministério da pasta. Entre agosto de 1983 e março de 1985, foi presidente do Banco Central e liderou as negociações da dívida externa. Além dos cargos públicos, Pastore se dedicou à docência, criou a própria consultoria e permanece em plena atividade como analista, colaborando com textos para a imprensa e participando das principais discussões sobre economia, em especial à frente do Centro de Debates de Políticas Públicas (CDPP), do qual é um dos fundadores. Fruto do seminário organizado pelo CDPP em homenagem aos oitenta anos de Pastore, este livro reúne nove artigos de colegas e discípulos intelectuais, que analisam a carreira e o legado do economista. Ao fim, o leitor encontrará uma entrevista inédita com Pastore, na qual ele lança sobre a própria história o mesmo olhar crítico e rigoroso que esteve presente em toda a sua atuação profissional. Com 160 páginas, o livro é da Editora Portfolio Penguin.

 

Eleanor & Park
Eleanor é nova na cidade. Com roupas inusitadas, cachos ruivos indomáveis e uma família problemática, ela sente que nunca vai conseguir se encaixar. Park senta sozinho no ônibus da escola. Sempre de camiseta preta, fones de ouvido e a cabeça enfiada num livro, acha que consegue passar despercebido. Mas não para Eleanor.
Aos poucos, entre fitas cassetes gravadas, pilhas de histórias em quadrinhos e conversas até tarde da noite, Eleanor e Park se apaixonam. Narrada durante o ano letivo de 1986, essa é a história de dois jovens de dezesseis anos que, mesmo sabendo que o primeiro amor quase nunca é para sempre, têm coragem e esperança suficientes para tentar. De Rainbow Rowell, o livro tem 360 páginas e é da Editora Seguinte.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
04 de Agosto, 2020
Na terça Olímpia bateu outro recorde absoluto de casos de covid-19: 70 em 24 horas além de mais uma morte - 205
04 de Agosto, 2020
Cidade em Destaque de terça-feira, 04, teve como tema principal a 11ª morte por covid-19 e a situação da pandemia em Olímpia. - 75
04 de Agosto, 2020
Olímpia registra a 11.ª morte por Covid-19, a primeira em agosto - 212
03 de Agosto, 2020
Olímpia inicia a 1.ª semana de agosto com mais 68 casos de covid-19 e 21 pacientes internados - 206
03 de Agosto, 2020
Cidade em Destaque de segunda-feira, 03.08, comentou mais uma morte na Santa Casa, o funcionamento do gripário e a situação da pandemia. - 134


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites