iFolha - “Homem de Deus” é baleado por policial ao roubar carro em estacionamento de mercado

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Agosto de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 12/08/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 28 de Julho, 2019 - 21:16
“Homem de Deus” é baleado por policial ao roubar carro em estacionamento de mercado

Em audiência de custódia realizada na tarde de sexta-feira, 26, no Fórum de Olímpia, o juiz de direito Eduardo Luiz de Abreu Costa, decretou a prisão preventiva do paulistano Richard Romano Nicolichi, de 34 anos, conhecido co­mo “Homem de Deus” (ve­­ja matéria nessa página) morador em São Paulo. Ele foi preso em fla­gran­te, depois de roubar um carro e ser sido baleado por um policial civil.

O roubo foi praticado na noite de quinta-feira, dia 25, por volta das 19h­50, na Rua Francisco Luciano Zaneti, nas proximidades do supermercado Iquega­mi, no bairro Harmonia.

O acusado rendeu a do­na de casa Taina Ozanick Leal, de 24 anos, moradora no Quinta da Colina, quando ela chegava dirigindo o veículo Ford/Fu­sion, ano 2006, placa DTP 7333 de Severínia, que tra­zia  como passageira a sua filha de dois anos de idade.

De acordo com a dona de casa, o ladrão disse em tom ameaçador “desce, des­ce”, sempre colocando a mão no bolso e segurando alguma coisa que parecia o cabo de um a arma, de cor preta. Ele disse que queria o carro para fugir, com dois comparsas que estavam próximos, pois haviam roubado um banco.

Tainá pegou a filha e correu para o interior do supermercado gritando que  haviam roubado o seu carro.

POLICIAL CIVIL ATIROU

Foi quando o policial  civil Antônio Belone, que en­contrava-se fazendo compras ouviu o chamado de socorro e foi até onde estaca o Fusion, tendo sur­preendido o homem no seu interior. O policial gritou “quem é você, de quem é esse carro ?” e em seguida disse “parado é a polícia, você está preso”.

Foi quando, segundo o registro policial, o ocupante do carro pegou algo que estava em seu bolso, um revólver preto e apontou em direção ao policial. Sen­do assim, para se defender, de maneira instintiva, disparou aproximadamente quatro vezes em direção ao veículo.

O acusado, por sua vez, deu ré abruptamente, virando o  veículo em direção ao policial, na intenção de atropelá-lo e fugir. O policial desviou do carro e procurou abrigo.

FERIDO NA PERNA

A Polícia Militar foi acionada e comunicada que um homem baleado  estava na rua Hélio Alberto Za­careli, defronte ao número 224. No local Ri­char­d foi encontrado e confessou que havia praticado o roubo. O carro foi recuperado nas proximidades.

Ferido na perna, Richard foi levado para a UPA-Unidade de Pronto Atendimento de Olímpia, onde foi medicado e permaneceu em observação, escoltado pela Polícia Militar. O tiro transfixou a perna.

Na manhã de sexta-feira, 26, ele recebeu alta e foi  levado para a delegacia de polícia de Olímpia, on­de foi autuado em flagrante por determinação do delegado Rodrigo Souza Ferreira.

O acusado Richard, se reservou no direito de a­penas se manifestar em juízo. Com isso, não respondeu sobre o suposto roubo a banco que teria praticado nem falou nada sobre os dois comparsas que teria dito estariam nas proximidades do supermercado e a arma que ele  estaria utilizando que não foi encontrada.

Já a policia civil conseguiu a informação de que Richard estava morando em Olímpia havia 15 dias, em uma casa no Harmonia. De acordo com pesquisa via Prodesp foi apurado que ele tem passagens por prática de dois roubos e já cumpriu seis anos de prisão.

ARMA PARTICULAR

Na delegacia foi apurado que a arma utilizada pelo policial Belone era particular e foi devidamente apreendida e encaminhada para perícia visando  exame de recen­ti­cidade de disparo, confronto balístico, juntamente com as cápsulas de munição deflagradas. O registro da arma estava vencido. Belone justificou que tentou efetuar novo registro, porém com a mudança da legislação e atualização do sistema na conseguiu efetuar o recadastra­mento. Ele apresentou a do­cumentação relativa ao cadastro. Com isso, o policial apenas responderá por medidas administravas que poderão ser tomadas pela Delegacia Secci­onal de Barretos.

De criminoso a “homem de Deus” e a assaltante

Em maio de 2017, Ri­char­d Romano Nicolichi, então com 32 anos, prestou testemunho na igreja Mundial do Poder de De­us, do pastor Valdemiro San­tiago, que foi publicado com o título “De criminoso a homem de Deus”.

Na matéria Richard diz “Eu passei seis anos preso, antes de conhecer esta o­bra. Por muitos anos, fui escravo dos vícios e vivi no mundo do crime, envolvido com o tráfico de drogas e outros delitos”.


Disse ainda: “talvez minha vida ainda estivesse ar­ruinada se, enquanto no cárcere, eu não tivesse a­cesso a televisão. Porque foi através do programa de televisão da igreja  Mundial do Poder de Deus que en­contrei Jesus e a salvação para a minha alma”, finalizou Richard.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
12 de Agosto, 2019
O aniversário de uma grande atriz - 132
12 de Agosto, 2019
Cuidado com os excessos! - 144
12 de Agosto, 2019
Thiaguinho acaba de lançar a romântica faixa “Deixa Tudo Como Tá” - 74
12 de Agosto, 2019
O filme O Homem que Matou Dom Quixote já está disponível! - 126
12 de Agosto, 2019
Torta de Frango - 94


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       


































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites