iFolha - A gravidez é uma fase muito especial para uma mulher

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 11 de Agosto de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 11/08/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 27 de Julho, 2020 - 17:10
A gravidez é uma fase muito especial para uma mulher

1- Entender que a gravidez é uma fase especial e que as mudanças no corpo são inevitáveis são os primeiros passos para viver bem o momento / GB Imagem

 

2 – A mulher grávida precisa caprichar na alimentação, principalmente nestes tempos de pandemia, a fim de garantir boa imunidade. E também seguir as recomendações médicas, tanto do obstetra quanto do dermatologista / GB Imagem

 

As gestantes precisam ter cuidado redobrado com as mudanças provocadas na pele devido à “dança” de hormônios que ocorre durante a gravidez. As mais comuns são as manchas escuras, chamadas pelos médicos de melasmas, e as tão indesejáveis estrias. Além destes problemas comuns nas gestantes, há a questão de segurança de uso de produtos; poucos são aqueles que podem ser usados livremente. Para evitar inconvenientes, a Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda muita atenção aos rótulos das embalagens dos cosméticos, para verificar se algum componente da fórmula tem restrição a gestantes. Além disso, o uso de tinturas de cabelo também deve ser restrito nesta fase, pois não há dados científicos que garanta a segurança de uso em gestantes.

O aumento dos hormônios femininos, em particular a progesterona, influencia indiretamente os hormônios reguladores da síntese da melanina (pigmentação da pele) e a síntese de colágeno (distensão da pele), predispondo ao aparecimento de estrias e manchas. Os melasmas, também conhecidos como "manchas de grávida" são bastante comuns, sobretudo nas mais morenas ou mais expostas ao sol. A prevenção com protetores solares e a redução da exposição solar é válida, mas não atua 100%, pois há um componente genético. O uso de clareadores ou procedimentos como o peeling somente devem ser realizados após o parto, ou a critério médico, informam especialistas na área.

Os cosméticos podem ajudar também na prevenção do aparecimento de estrias, pois auxiliam na redução ao dano do colágeno e promovem a hidratação da pele. No entanto, estes produtos atuam parcialmente, já que a estria na gestação é multifatorial e tem como causadores a predisposição genética, a idade mais jovem, a presença de hormônios e o ganho de peso.

Outra preocupação é quanto ao cuidado do uso de cosméticos pelas gestantes, pois as substâncias presentes em algumas fórmulas podem ser absorvidas pelo corpo e cair na corrente sanguínea. Os riscos dos cosméticos para gestantes é baixo, desde que sejam seguidas as recomendações do rótulo, que comunica qualquer restrição à gestação e a forma correta de uso.

No entanto, atenção extra deve ser dada aos chamados "produtos de uso profissional”, como tinturas e alisantes; eles são contraindicados, por não haver estudos científicos que comprovem sua segurança em gestantes. Produtos para tratamento de celulite, acne, manchas, também não são recomendados nesse período, pois a eficácia certamente será prejudicada.

Atualmente, não podemos ignorar a pandemia do novo coronavírus. Os estudos sobre os efeitos do vírus ainda estão em andamento, mas as autoridades em Saúde classificam gestantes como grupo de risco porque são mais vulneráveis a infecções. Os cuidados com gestantes devem ser contínuos e rigorosos, independente do histórico da paciente. Então, mais do que nunca, a palavra final deve ser do médico – obstetra ou dermatologista – quando o assunto é tratar da pele. Talvez o ideal seria deixar os tratamentos estéticos para depois do parto.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
11 de Agosto, 2020
Cuidados especiais com os atores vulneráveis - 48
11 de Agosto, 2020
A postura corporal tem tudo a ver com beleza - 35
11 de Agosto, 2020
Mano Walter lança EP “Histórias” - 42
11 de Agosto, 2020
Filme; Um Elefante Sentado Quieto - 43
11 de Agosto, 2020
Cappuccino de Canela com Mel - 46


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites