iFolha - A saga de Tancinha e Apolo está de volta

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 31 de Outubro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 31/10/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 13 de Outubro, 2020 - 17:16
A saga de Tancinha e Apolo está de volta

01- Em “Haja Coração”, Mariana Ximenes aparece como protagonista interpretando Tancinha. Descendente de italianos, ela carrega o sotaque de seus antepassados e não leva desaforos para casa / Estevam Avellar-RG

 

02- Tancinha (Mariana Ximenes) vai ver seu coração “divididinho” entre o vizinho Apolo (Malvino Salvador), seu amor de infância, e o publicitário Beto (João Baldasserini), que surge em sua vida disposto a conquistá-la / Renato Rocha Miranda-RG

 

03- Gracie Gianoukas deu vida à milionária Teodora Abdalla, na trama de “Haja Coração” / Artur Meninea–RG

 

04- Tatá Werneck interpretou a mimada e voluntariosa Fedora Abdalla. De tanto querer ostentar a sua riqueza, ela torna-se brega / Renato Rocha Miranda-RG

 

05- O trio Malu Mader, Ellen Rocche e Carolina Ferraz fizeram sucesso vivendo as falidas, Rebeca, Eleonora e Penélope / Sérgio Zalis-RG

 

Após interromper as gravações de “Salve-se Quem Puder”, devido à pandemia, a Globo optou por reprisar “Totalmente Demais” e com o fim da saga de Eliza (Mariana Ruy Barbosa) a emissora escolheu “Haja Coração”, novela de 2016, para entrar na faixa das sete da noite. Tramas inéditas, somente no ano que vem.

A partir desta segunda-feira, os fãs de novelas poderão reviver alguns personagens que marcaram época na televisão brasileira. Inspirada na trama de “Sassaricando”, folhetim que tanto sucesso fez no período de novembro de 1987 a junho de 1988, “Haja Coração” volta numa edição especial. O foco da história é Tancinha, personagem de Mariana Ximenes, e Apolo, papel que foi de Malvino Salvador. O cenário é a cidade de São Paulo, com sua mistura cultural, focando principalmente os bairros Vila Madalena e Mooca.

O autor Daniel Ortiz comemora o retorno da trama. “Fiquei surpreso e ao mesmo tempo bastante honrado pela novela ter sido escolhida”, conta. Agora, pela primeira vez no papel de espectador, Ortiz terá a oportunidade de rever um trabalho seu. “Amadureci muito com este trabalho e fui feliz escrevendo para os personagens icônicos do Silvio de Abreu, personagens que marcaram a minha infância. Foi uma experiência incrível”, recorda. Para ele, a história conseguiu fisgar o público por ter os ingredientes típicos de uma trama das sete. “É uma novela alegre, divertida, leve, cheia de romances”, analisa.

Um dos cenários de “Haja Coração” é a feira livre onde Francesca Di Marino (Marisa Orth) mantém uma barraca de frutas juntamente com as filhas Tancinha (Mariana Ximenes), Carmela (Chandely Braz) e Shirlei (Sabrina Petraglia). A feirante tem ainda mais um filho Giovanni (Jayme Matarazzo) que passou um tempo na cadeia, preso por um crime que ele jura nunca ter cometido. Enquanto Tancinha sonha com o casamento, Carmela só pensa em mudar de vida, ela não pretende terminar sua vida como feirante e vê em Adônis (José Loreto), um estudante de Direito, a chance sair do bairro, já que ele é apaixonado por ela e completamente cego quanto à ambição da moça. Shirlei, a filha caçula é introvertida e faz o estilo “Cinderela”.

O dia a dia não é fácil, no entanto, Francesca não se deixa abater pelas adversidades e nisso conta com o apoio da amiga Nair (Ana Carbatti), mãe adotiva dos irmãos Apolo (Malvino Salvador), Adônis (José Loreto) e Larissa (Marcella Valente). É no ombro de Nair que Francesca descarrega suas mágoas, principalmente aquela causada pelo desaparecimento do marido Guido (Werner Schünemann). Francesca tem certeza de que Aparício Vilela (Alexandre Borges) é o responsável pelo sumiço do pai de seus filhos.

Enquanto isso, Aparício amarga um triste destino. Depois de ter dado o “golpe do baú” em Teodora Abdalla (Grace Gianoukas), ele virou um joguete nas mãos da milionária que comanda com punhos de aço o complexo gastronômico Grand Bazzar. E tem mais, ele não respeitado nem pela filha do casal, Fedora (Tatá Werneck); moça mimada pela mãe é voluntariosa e não aceita menos do que o mundo aos seus pés. Fedora se considera uma estrela e de tanto querer ostentar luxo e riqueza, tornou-se brega. Tanto nos adereços como nas atitudes. Ela nem sonha com os segredos que a família Abdalla esconde e muito menos com o passado de seu pai, Aparício.

O coração duro da moça será quebrado pelo golpista Leozinho (Gabriel Godoy) que está a serviço de uma trama infame que visa acabar com a existência de toda família Abdalla.

Voltando à saga dos Di Marino, Tancinha é apaixonada por Apolo e o casal marcou o casamento, mas daí aparece o rico e conquistador Belo Velázquez (João Baldasserini) que vai se apaixonar verdadeiramente por Tancinha e balançar o coração da moça. Na tarefa de separar Tancinha e Apolo, Beto contará com a ajuda de Tamara (Cléo Pires), que vai se apaixonar pelo caminhoneiro.

Recheando um pouco mais o enredo de “Haja Coração”, tem o trio composto pelas falidas Rebeca (Malu Mader), Penélope (Carolina Ferraz) e Leonora (Ellen Rocche). O destino une as três quando se hospedam num SPA e são colocadas na mesma suíte por não terem condições financeiras de pagarem acomodações separadas. Se início, elas “se estranharam”, as experiências individuais renderam um plano comum: cada uma deveria encontrar um marido rico e assim mudar definitivamente de vida. No entanto, Rebeca tem ainda mais um objetivo, ela quer “esfregar na cara” de Aparício o seu novo amor, já que ele a abandonou para se casar com a milionária Teodora Abdalla.

Com essa edição especial da novela, a Globo pretende repetir o sucesso da exibição original, assim como foi com reprise de “Totalmente Demais”.

 

Quem é Quem?!

 

- Tancinha (Mariana Ximenes) – A mais extrovertida e explosiva das filhas de Francesca, é irmã de Giovanni, Carmela, e Shirlei. Na infância, passou um bom tempo no interior com a avó materna italiana, por isso, acabou aprendendo a falar tudo errado, como um forte sotaque italiano.

 

- Apolo (Malvino Salvador) – Órfão, foi retirado de um abrigo por Nair quando criança, com seus dois irmãos biológicos, Adônis e Larissa. Bonito, é abrutalhado, estourado, mas tem um coração de ouro. Ele pilota o “possante”, um caminhão velho, mas muito amado.

 

- Beto Velázquez (João Baldasserini) – Bonito e conquistador, vai balançar o namoro de Tancinha e Apolo.  Reconhecido como um dos melhores publicitários de São Paulo, é filho de Penélope e irmão de Tamara.

 

- Tamara (Cleo Pires) – É descolada e dona de uma boate dentro do Grand Bazzar. Ansiosa, sua maneira de lidar com a vida é na base do "ou tudo ou nada".

 

- Teodora Abdala (Grace Gianoukas) – Presidente do Grand Bazzar e chefe da família Abdala. É daquelas pessoas que ninguém ousa contrariar.

 

- Aparício Varela (Alexandre Borges) – Vice-presidente do Grand Bazzar casou-se com Teodora Abdala por interesse e tem com ela uma vida doméstica bem conturbada.

 

- Fedora (Tatá Werneck) – Foi criada como princesa e não faz nada da vida exceto comprar e ostentar, sobretudo nas redes sociais. Considera-se uma it-girl e vive de colecionar seguidores.

 

- Lucrécia (Claudia Jimenez) – Irmã mais velha de Teodora. Ela é capaz dos gestos mais inusitados, casou-se com Agilson sem amor, só para dar o troco em Aparício, por quem sempre foi apaixonada.

 

- Agilson Varela (Marcelo Médici) – Irmão mais novo de Aparício. Inteligente, tem boas tiradas e é muito malandro para esquentar a cabeça com problemas “menores” como casa e dinheiro.

 

- Camila (Agatha Moreira) – Filha única de Agilson e Lucrécia; é uma ambiciosa e linda fotógrafa de moda. Mimada pelos pais, espalha grosserias por onde passa.

 

- Leonardo Raposo (Gabriel Godoy) – É o par romântico de Fedora; se apresenta à patricinha como o herdeiro milionário de poços de petróleo, mas logo se revela um trapaceiro, plantado por um superior misterioso para destruir a família Abdala.

 

- Francesca (Marisa Orth) – Italiana, chegou ao Brasil criança, mas conserva muito do sotaque da terra natal. Sonhava ser bailarina, mas a situação financeira precária a obrigou a encarar a realidade da feira livre. 

 

- Guido (Werner Schünnemann) – Bonito, charmoso, discreto e com uma história de vida sofrida. Há cerca de 20 anos, o imigrante italiano levava uma vida dura e pacata ao lado da esposa e dos filhos, na casa de vila que comprou com sacrifício. Trabalhava como contador no Grand Bazzar, ao lado de Aparício Varela, seu amigo. Um dia, saiu para comprar cigarros e nunca mais voltou.

 

- Giovanni (Jayme Matarazzo) – É marcado por dois traumas: o sumiço do pai na infância e uma prisão injusta que lhe foi imposta.

 

- Carmela (Chandelly Braz) – Odeia a vida simples que leva. É irmã de Tancinha, Giovanni (Jayme Matarazzo) e Shirlei.

 

- Shirlei (Sabrina Petraglia) – É bonita e muito doce. Tem um defeito na perna que a faz mancar e abala sua autoestima.

 

- Nair (Ana Carbatti) – Professora, é mãe adotiva dos irmãos Apolo, Adônis e Larissa.

 

- Adônis (José Loreto) – Cheio de saúde, bonito e vaidoso, faz muito sucesso com as mulheres. Estuda Direito e tem um grande defeito: detesta pegar no pesado.

 

- Larissa (Marcella Valente) – Ela sonha cursar Psicologia, mas nunca teve dinheiro nem o apoio do marido. Leva uma vida de dona de casa.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
31 de Outubro, 2020
Debate entre os candidatos a prefeito de Olímpia será na 4ª feira na OAB e transmitido por consórcio de imprensa - 49
31 de Outubro, 2020
Acidente mata o presidente do Conselho do Thermas advogado Mário F. Montini - 1164
29 de Outubro, 2020
Motorista da Daemo denúncia suposta proposta para sabotar água da cidade e juiz manda suspender o “Blog da Verdade” foram os principais assuntos do Cidade em Destaque de quinta-feira, 29. - 256
29 de Outubro, 2020
Gravação surpresa do vereador Niquinha agradecendo as orações que recebeu, mais uma morte por Covid-19 e a extinção do processo do “chapeludo” foram os temas principais do Cidade em Destaque de quarta-feira, 28. - 209
28 de Outubro, 2020
Prefeitura interdita ponte na vicinal Matadouro/Kimberlit - 186


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites