iFolha - As gravações de “Bom Sucesso” estão em ritmo acelerado

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 18 de Junho de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 16/06/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 05 de Junho, 2019 - 17:06
As gravações de “Bom Sucesso” estão em ritmo acelerado

1- Antonio Fagundes será um dos astros da novela “Bom Sucesso”, e aparecerá em cena usando cadeira de rodas. O veterano ator interpreta Alberto, o dono de uma editora de livros que passa por uma crise financeira e descobre que tem uma doença terminal / João Cotta-RG

 

2- O exame de Alberto (Antonio Fagundes) é trocado com o resultado de Paloma (Grazi Massafera). Conclusão: Paloma é diagnosticada com doença terminal e daí começa todo o drama da novela / João Cotta-RG

 

3- Marcos (Romulo Estrela) é filho do rabugento Alberto (Antonio Fagundes) e terá uma noite de amor com Paloma (Grazi Massafera), logo no início da trama / João Cotta-RG

 

4- Ramon (David Junior) é o grande amor de Paloma (Grazi Massafera), mas ele há quase vinte anos foi morar nos Estados Unidos atrás do sonho de se tornar um jogador de basquete profissional / João Cotta-RG

 

5- “Bom Sucesso” está sendo escrita pelos autores Paulo Halm, Rosane Svartman e sendo dirigida por Luiz Henrique Rios / João Cotta-RG



“Verão 90” começa a caminhar para seus momentos finais. Ainda tem algumas semanas de exibição, mas, “Bom Sucesso”, a novela que deverá sucedê-la já está em ritmo acelerado de gravações. E promete tratar do valor de cada minuto da vida, trazendo uma mensagem de perseverança, fé e garra.

No final de abril, começaram as gravações da novela em externas pela cidade do Rio de Janeiro e elas seguem, nas próximas semanas, nos estúdios da Globo. “Bom Sucesso” está sendo escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, e tem direção artística de Luiz Henrique Rios e direção geral de Marcus Figueiredo.

Viver não é só enfrentar a dureza do dia a dia, mas também buscar no cotidiano os momentos de beleza, amor e esperança. E por que não sonhar com uma vida diferente? Viver é construir pontes entre os sonhos e a realidade. Muita gente só se dá conta disso quando se depara com a finitude da existência e decide correr atrás do tempo.  Na novela, Paloma (Grazi Massafera) é uma mulher determinada e sonhadora, que tem uma fé inabalável. Costureira, ela trabalha e cria seus três filhos sozinha, sem se abater diante das dificuldades do dia a dia. Ela mora no bairro de Bonsucesso, no subúrbio do Rio de Janeiro, e ama frequentar a quadra da escola de samba da região, a Unidos de Bom Sucesso. Apesar da dura rotina, Paloma consegue manter uma grande paixão: a leitura. E, ao mergulhar no universo dos livros, se transporta para os mundos fantásticos que as histórias proporcionam.

A relação de Paloma com a leitura é tão forte que ela batiza os filhos com nomes de clássicos personagens literários: Alice (Bruna Inocêncio), Gabriela (Giovanna Coimbra) e Peter (João Bravo). Alice, a mais velha, é uma jovem tímida e estudiosa que almeja passar no vestibular. Ela é filha do grande amor de Paloma, Ramon (David Junior), que há quase vinte anos foi morar nos Estados Unidos atrás do sonho de se tornar um jogador de basquete profissional. Gabriela e Peter são filhos de outro relacionamento de Paloma. Gabriela, ao contrário de Alice, adora basquete, deseja ser jogadora profissional e é fã de Ramon. Já Peter quer ser influenciador digital e passa mais tempo fazendo vídeos do que estudando.

Em uma realidade bem distante, está Alberto (Antonio Fagundes), o dono da editora de livros Prado Monteiro que no momento passa por uma grave crise financeira. Pai de Nana (Fabiula Nascimento) e Marcos (Romulo Estrela), ele é um homem rico, autoritário e rabugento que tem uma doença terminal e nunca soube valorizar a família. Nana é perfeccionista e administra a editora, enquanto o irmão, um bon vivant, abandona tudo e abre um bar em Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Após receber o resultado de um exame, o mundo de Paloma vira do avesso quando ela acha que tem seis meses de vida. A sensação de que seus dias entraram em contagem regressiva lhe desperta a ânsia de viver sem pensar no amanhã, algo que antes só seria possível em sua imaginação. É o estopim para ela fazer algumas “loucuras”, como se despedir do seu grande amor da juventude, Ramon, brigar com uma cliente, destruir a vitrine da loja onde trabalha, se embriagar e literalmente dar um show no trem da Central do Brasil e, finalmente, ter uma noite de amor com um homem desconhecido: Marcos, justamente o filho de Alberto. “No momento em que a vida dela chega num limite é que ela percebe o quanto era limitada. A percepção equivocada da morte lhe traz um novo sentido. Agora ela se sente viva para valer”, define Paulo Halm. “Paloma vê que pode e deve tomar as rédeas do próprio destino. Com isso, transforma a vida dela e de todo mundo ao redor”, complementa Rosane.

Com a descoberta de que o exame foi trocado, a história de Paloma tem uma nova reviravolta. Ela decide ir atrás da pessoa que tem a doença terminal e acaba conhecendo Alberto. Uma amizade capaz de abrir horizontes e dar um novo significado à vida de ambos começa a ser construída entre eles. Paloma faz Alberto redescobrir o prazer da vida no tempo que lhe resta. Já Alberto apresenta à Paloma seu mundo, repleto de histórias e novas experiências. “É uma novela que fala dos sonhos e do valor deles para mover nossas vidas. Estamos trabalhando com uma linguagem realista, mas lúdica também, especialmente quando retratamos os sonhos de Paloma”, explica Luiz Henrique Rios. 

A trama tem tudo para agradar ao telespectador, fã de folhetins com cara de “dramalhão mexicano”, daqueles que o SBT exibe em suas tardes. Mas, se fará sucesso, só o tempo dirá!


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
16 de Junho, 2019
Confeiteiro flagrado furtando chocolates em supermercado - 162
16 de Junho, 2019
Carro de idosos bate em animal bovino na rodovia perto do trevo de Severínia - 147
16 de Junho, 2019
Padrasto suspeito de estuprar criança autista em Severínia - 148
16 de Junho, 2019
Comerciante cai no golpe do falso primo e perde R$ 2 mil - 149
16 de Junho, 2019
“Amigos” desaparecem com carro emprestado - 180


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites