iFolha - Auditoria vai apurar uma dívida de R$ 1,2 milhão na Prodem em 2017

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 13 de Novembro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 13/11/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 08 de Julho, 2018 - 23:15
Auditoria vai apurar uma dívida de R$ 1,2 milhão na Prodem em 2017

Uma auditoria que está sendo contratada por determinação do prefeito Fernando Cunha vai apurar a origem de uma dívida de aproximadamente R$ 1,2 milhão, que aparece no balancete do ano passado, 2017, da empresa pública Prodem (Progresso e Desenvolvimento Municipal). A informação foi divulgada durante entrevista que ele concedeu na quarta-feira desta semana, dia 4, ao jornalista José Antônio Arantes, âncora do programa Cidade em Destaque, que vai ao ar diariamente pela rádio Cidade FM.

De acordo com ele trata-se de um débito de ordem tributária. “Chega em dezembro a pessoa me apresenta um prejuízo de mais de R$ 1,2 milhão. Tinha uma dívida de R$ 1,3 milhão e subiu para R$ 2,5 milhão. Eu fiquei indignado com isso”, disparou ao ser questionado a respeito.

A maior parte dessa dívida, de acordo com Fernando Cunha, é de ordem tributária, ou seja, de INSS da parte patronal que não foi recolhido no tempo devido pela empresa. “Não recolheu e escondeu isso de mim”.

Segundo o prefeito é necessário esclarecer tudo o que se passa dentro da Prodem, uma empresa sempre considerada deficitária.

“Eu quero saber onde que abriu esse buraco e quem é que fez isso. É minha obrigação”, reforçou.

De acordo com o prefeito, esse foi o motivo de ter trocado recentemente o presidente da empresa pública. “A gente nomeia alguém, delega responsabilidades e quer diretrizes: olha a Prodem tem que ser saneada, tem que pagar as dívidas”, justifica.

Como se recorda, o prefeito Fernando Cunha baixou o Decreto número 7.143, com a data da terça-feira desta semana, dia 26, criando uma comissão municipal com a finalidade de acompanhar uma auditoria contábil orçamentária independente na Prodem.

Segundo o Artigo 1.º, ficou determinado que a Controladoria Geral do Município proceda à auditoria contábil e financeira na empresa municipal Prodem, tendo em vista os resultados financeiros no exercício de 2017, para identificar causas e responsabilidades profissionais relativas aos balanços apurados.

Além disso, de acordo com o Artigo 2.º, foi criada uma comissão municipal para acompanhamento da auditoria contábil e financeira e para propor soluções para a empresa.

A comissão será coordenada pela Controladoria do Município de Olímpia, e será composta pelos seguintes membros: Sandra Regina de Lima – Controladora Geral do Município; Luiz Carlos Rodrigues Rosa Junior – Diretor de Assuntos Jurídicos da Secretaria de Gestão e Planejamento do Município de Olímpia; e Mary Brito Silveira – Secretária Municipal de Finanças.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Novembro, 2018
Thermas dos Laranjais é a 4.ª melhor do Brasil em gestão de pessoas do “Valor Econômico” - 1
13 de Novembro, 2018
3.º Jantar Beneficente em prol da Santa Casa lota o salão social do Thermas dos Laranjais - 12
13 de Novembro, 2018
Geninho entra com Habeas Corpus para não quebrar o seu sigilo bancário e fiscal - 175
12 de Novembro, 2018
O caos na Saúde pública local e a miopia de quem se nega a ver - 78
12 de Novembro, 2018
Tratando a pele do modo certo - 46


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites