iFolha - Casal é preso por extorsão contra aposentada de Ribeiro dos Santos

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 03 de Dezembro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 02/12/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 08 de Novembro, 2020 - 19:18
Casal é preso por extorsão contra aposentada de Ribeiro dos Santos

GOLPE DO COLCHÃO?
Casal é acusado de aplicar golpes em outra
pessoa de Olímpia e em outra cidade. Foi
negociado um colchão e a vítima alega
que foi forçada a fazer um
empréstimo para pagar.

Um casal formado pelo vendedor Ailton Ataliba, de 39 anos e pela comerciante Adriana da Silva Navarro, de 44 anos, moradores em São José do Rio Preto, foi autuado em flagrante acusado de extorsão que teria sido praticado contra uma aposentada de 70 anos, moradora no distrito de Ribeiro dos Santos.

O flagrante aconteceu na tarde de quarta-feira, 04, por volta das 14 horas. A Polícia Militar foi acionada para comparecer em Ribeiro dos Santos, onde a aposentada alegou que o casal a estaria forçando a fazer um novo empréstimo consignado na sua aposentadoria do INSS, na agencia do Santander de Olímpia.

O caso foi apresentado na delegacia de polícia de Olímpia, onde a aposentada contou que na semana passada o casal esteve na sua casa e a teria forçado a comprar um colchão novo, contra a sua vontade. Explicou que o colchão foi entregue. No entanto, na sexta-feira, 30, o casal retornou para receber.

De acordo com o relatado na polícia, a comerciante Adriana trouxe a aposentada até a agência bancária de Olímpia, onde foi feito um empréstimo consignado no valor de R$ 3.327,00, para ser pago em quatro anos. A aposentada alega que não sabe ler e nem escrever, apenas assina o nome.

Ainda de acordo com a polícia, na quarta-feira, 04, o casal retornou na casa da aposentada e a comerciante queria trazê-la à Olímpia, para fazer um novo empréstimo. Foi quando a aposentada conseguiu contar a um filho o que estava acontecendo e a Polícia Militar foi acionada. A aposentada conta que não recebeu nenhuma nota ou contrato de compra do colchão.

Na delegacia, o casal relatou que apenas vendia colchões novos, oriundos de fábrica. No entanto, a polícia encontrou com os suspeitos vários contratos manuscritos, parecidos com o contrato da venda do colchão à aposentada. Uma das possíveis clientes ou vítima foi contatada e deverá prestas declarações na polícia nos próximos dias.

Também foi constatado o registro de um boletim de ocorrência da mesma natureza na cidade de Nhandeara, que foi juntado para investigação. Com isso, por determinação do delegado de plantão o casal foi autuado em flagrante pelo crime de extorsão. O vendedor foi encarcerado na cadeia pública de Colina. Já a comerciante foi levada para a cadeia feminina de Viradouro.  O delegado representou pela preventiva e o juiz Luiz Eduardo de Abreu Costa converteu a prisão do casal em flagrante para preventiva.

PENSIONISTA

TAMBÉM FOI  VÍTIMA

Na quinta-feira, 05, uma pensionista de 59 anos, moradora no jardim Leonor, em Olímpia, compareceu da delegacia de polícia de Olímpia, quando registrou ocorrência contra o casal de Rio Preto pela prática de estelionato.

A pensionista contou na polícia que foi convencida por Adriana a comprar um colchão por R$ 5 mil. Relata que foi com a suspeita até o banco Itaú, onde conseguiram sacar apenas R$ 600,00. No dia seguinte retornaram a agência bancária onde Adriana, utilizando seu cartão e a senha fez outra operação. Conta, que posteriormente foi consultada sobre um empréstimo consignado de R$ 6 mil.

A pensionista afirma que, a princípio, contestou esse valor, mas acabou sendo con­ven­cida por Adriana a aceitar a transação. O caso está sendo investigado no inquérito policial instaurado na delegacia de polícia de Olímpia.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
02 de Dezembro, 2020
Prefeitura confirma que não haverá Réveillon e Natal em Olímpia contará com decoração na praça, em ruas do centro e na Avenida Aurora foram os principais assuntos do Cidade em Destaque de quarta-feira, 02. - 53
01 de Dezembro, 2020
Dona de casa denuncia festa com mais de 500 pessoas em chácara na área rural em Olímpia e ponte histórica é instalada na Avenida dos Olimpienses foram alguns destaques do Cidade em Destaque de terça-feira, 01. - 241
30 de Novembro, 2020
Segunda onda pode chegar a Olímpia semanas após capital e a farra do boi continua com bares e restaurantes sem fiscalização foram alguns assuntos do Cidade em Destaque de segunda-feira, 30. - 114
30 de Novembro, 2020
Série premiada - 120
30 de Novembro, 2020
Correndo contra a flacidez da pele do braço - 103


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites