iFolha - Casos começaram a aumentar na segunda quinzena de junho

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 12 de Julho de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 10/07/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 28 de Junho, 2020 - 10:52
Casos começaram a aumentar na segunda quinzena de junho

Em junho o aumento de internações
na UTI da Santa Casa foi de 163%.
De 15 a 26 de junho o número de
infectados pelo novo coronavírus
quase triplicou. Foi mais
de 197% maior do que em maio.

 

José Antônio Arantes

Que a situação de Olímpia continua melhor do que as outras cidades da DRS V a qual pertence, não existe dúvida nenhuma. A matemática está aí para confirmar. Mas também é fácil constatar a situação de descontrole que se instalou no município após o estouro da boiada e a volta para a fase vermelha (que não aconteceu) com a falta de clareza na divulgação das medidas e a comprovada ineficácia da fiscalização e o consequente aumento no número de casos e internações.

O efeito do descontrole e do descumprimento das medidas de isolamento e distanciamento social começou a ser sentido poucos dias após o início de junho, mas nos últimos nove dias a situação atingiu picos preocupantes.

Desde que começou a ser divulgado o placar dos casos confirmados de contaminação do novo coronavírus, tivemos a média de 0,4 por dia no mês de abril, 1,483 no mês de maio e de 2,96 casos em junho, computando-se até o dia 26 deste mês.

ENTRE MAIO E JUNHO CASOS AUMENTARAM 99%

Levando-se em conta apenas os dois últimos meses, já que foram registrados apenas cinco casos em abril, teremos um aumento de quase 100%, ou seja, 99,59% na média diária no mês de junho em relação a maio.

No entanto, ao se levar em consideração apenas os números registrados de 15 a 26 de junho, entendendo-se como consequência do descontrole das medidas protetivas, falta de fiscalização e descrença da doença pela sociedade, o aumento é preocupante.

Neste período foram registrados, oficialmente, 53 casos confirmados de covid-19 num período de 12 dias, o que levaria à média de 4,41 casos por dia. Ou seja, neste caso, em relação ao mês de maio que teve uma média diária de 1,483 casos, o aumento foi de 2,927 por dia, num percentual de quase 197,37%, ou seja, quase triplicando o número de infectados.

AUMENTO TAMBÉM NO NÚMERO DE INTERNAÇÕES

Já na ala reservada para tratamento da covid-19, no segundo andar da Santa Casa local, onde funcionam atualmente 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria, levando-se em conta que o hospital passou a divulgar dados a partir de 11 de maio, a escala de aumento também se mostra preocupante.

Na enfermaria, de 11 a 31 de maio (com exceção dos dias em que o placar não foi divulgado) o hospital teve 48 leitos ocupados, o que dá uma média diária de 2,823 por dia. Já na UTI, em maio, foram 14 leitos ocupados em 17 dias, o que dá uma média de 0,823 ocupados por dia.

Em junho, também num período de 17 dias (em que houve divulgação do número de internados), na enfermaria do hospital foram utilizados 56 leitos, o que dá uma média diária de 3,29. Na UTI foram 37, com média diária de 2,17.

NA UTI SUBIU DE MENOS DE UM CASO POR DIA EM MAIO PARA MAIS DE DOIS EM JUNHO

Em comparação com maio a utilização de leitos para tratamento de covid-19 na Santa Casa também registrou aumento significativo, levando ao entendimento de que o descontrole nas medidas de flexibilização e a falta de fiscalização começaram a ter influência no quadro geral.

No caso da UTI, ao se comparar maio, com 0,823 leitos ocupados por dia e junho, com 2,17, chega-se a um percentual de elevação de 163%

Já em relação às internações na enfermaria que em maio teve um índice de ocupação de 2,823 leitos por dia e em junho subiu para 3,29, o aumento foi de apenas 16%.

Podemos estar com índices melhores do que a maioria das cidades da região da DRS V, mas não se pode alegar que não estamos tendo aumento tanto no número de casos como no número de inter­nações. E isto pode significar que o pico da pandemia em Olímpia está próximo de acontecer.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
10 de Julho, 2020
Olímpia continua na fase Laranja (2) do Plano São Paulo de flexibilização - 233
09 de Julho, 2020
Santa Casa registra a sua sétima morte por Covid-19 na 5.ª feira - 1180
09 de Julho, 2020
Garota de sete anos e adolescente de 16 estão entre os casos confirmados de covid-19 da quinta-feira, 09 - 575
08 de Julho, 2020
Santa Casa registra a segunda morte no mesmo dia causada pela covid-19 - 684
08 de Julho, 2020
Morre o quarto paciente de Olímpia por covid-19 e mais 11 casos são confirmados na 4.ª feira, 08 - 519


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites