iFolha - Causos para sorrir; Ladrão confuso iFolha - Trate bem os seus cabelos

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 23 de Setembro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 17/09/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 12 de Março, 2018 - 19:24
Causos para sorrir; Ladrão confuso

Ladrão confuso

Depois de assaltarem uma joalheria, dois ladrões fogem correndo e esbarram em um bêbado. O sujeito cai de cara no chão. Logo em seguida, os policiais chegam e, como pensam que o bêbado é um dos ladrões, algemam o coitado e colocam dentro do camburão. Na delegacia, ele é interrogado.

— Onde estão as joias?

O bêbado faz cara de que não tem ideia do que estão falando. Em seguida é levado a um banheiro e tem a cabeça mergulhada em uma banheira cheia de água.

— Confesse! Onde estão? O bêbado consegue balbuciar algumas palavras:

— Sei lá... contratem um mergulhador. Eu não estou conseguindo ver nada lá embaixo!

 

Conselho médico

O médico abre o jogo para o paciente:

— Infelizmente, o senhor só tem seis meses de vida.

— E agora, doutor? O que eu faço?

— Se eu fosse você, me casaria com uma mulher velha, chata e bem feia e me mudaria para o Paraguai.

— Por quê, doutor?

— Vão ser os seis meses mais longos da sua vida!

 

Um prêmio no céu

Acontece um grave acidente e três mulheres morrem. Elas vão juntas para o céu. Chegando lá, São Pedro avisa:

— Vocês são bem vindas e a vida aqui é muito boa, mas tem uma regra: jamais pisem num pato.

Parecia simples, se o chão do céu não fosse forrado de patos. Não demorou um dia e uma delas pisou num pato. São Pedro veio com uma corrente, um cadeado e acompanhado de um homem horroroso.

— O seu castigo por ter pisado no pato será viver eternamente acorrentada a este homem.

Passaram-se mais dois dias e foi a vez da outra pisar no pato. Mais uma vez São Pedro aparece e acorrenta a coitada também a um homem feio, como castigo.

A terceira mulher, vendo tudo isso, passa a ter bastante cuidado e consegue caminhar sem pisar em nada. Até que um dia, São Pedro aparece com uma corrente, um cadeado e um homem lindo, loiro de olhos azuis e acorrenta os dois:

— Agora vocês vão viver eternamente assim.

Quando o santo vai embora, ela pergunta, toda feliz:

— O que será que eu fiz para merecer tudo isso?

O cara responde:

— Você, eu não sei. Mas eu pisei num pato...

 

Segunda opinião

O marido briga com a mulher logo cedo. Ele sai batendo a porta e antes de sair com o carro, grita:

— E, além de tudo, nem boa de cama você é...

Durante toda a manhã, o marido fica pensando no que disse e se arrepende. Resolve ligar para casa e pedir desculpas, mas o telefone toca, toca e ninguém atende.

Depois do almoço, finalmente a mulher atende ao telefone:

— Alô!

— Por que você demorou tanto pra atender?

— Eu estava na cama, pensando no que você me disse hoje cedo.

— E isso é desculpa para ficar na cama até essa hora?

A mulher hesita e responde:

— Na verdade, eu estou pegando uma segunda opinião...

 

Emprego estável

Na saída da escola, dois garotos conversam:

— Meu avô trabalha na Faculdade de Medicina há oitenta anos!

— Oitenta anos? — pergunta o amigo, assustado — Ele é professor?

— Não, ele é um esqueleto!

Ifolha

Olimpia, 23 de Julho, 2018 - 18:10
Trate bem os seus cabelos

É preciso ter atenção aos sinais que muitas vezes o cabelo dá. Manter o couro cabeludo saudável, livre de coceiras e irritações, é o primeiro passo para a beleza dos fios / GB Imagem




Na hora de lavar os cabelos é recomendável optar por produtos compatíveis com as necessidades dos fios, cuidando para a remoção completa do xampu e outros cosméticos usados para desembaraçar e amaciar as madeixas / GB Imagem

 

 

 

Quando se fala na beleza dos cabelos, a ideia que mais rápido aparece é que são necessários xampus, creme, leave-in, termo protetores, óleos e outros finalizadores que sejam compatíveis com o tipo de cabelo etc etc...

Isso não deixa de ser verdade, mas quase nunca se lembra que o jeito de lidar com o cabelo faz toda a diferença quando o assunto é a saúde, e consequente beleza, dos fios.

Muitas pessoas sofrem com irritações e coceiras no couro cabeludo, mas acabam não dando a devida atenção ao problema. Porém, esse pequeno incômodo pode ser sinal de que algo está errado.  Os médicos dermatologistas explicam que a coceira no couro cabeludo pode ser causada por vários motivos, como higienização incorreta, estresse, excesso de transpiração, ressecamento ou inflamações e infecções no couro cabeludo. Por isso, é importante tomar alguns cuidados para evitar que o problema ocorra.

O principal desses cuidados tem relação com a lavagem dos cabelos, já que tudo o que diz respeito à higienização dos fios pode provocar coceira no couro cabeludo, inclusive a temperatura da água. Isso por que a água muito quente causa danos ao couro cabeludo, ressecando-o e provocando o surgimento de dermatite seborreica. Outro erro na hora de lavar os cabelos é o enxágue, pois, os resíduos mal lavados se acumulam e formam um ambiente propenso a fungos e micoses.  Além disso, é recomendado que os cabelos não fossem lavados à noite e não se durma com os fios molhados. Mas é importante realizar a higienização dos fios diariamente ou pelo menos a cada dois dias, pois a falta de limpeza estimula a produção de oleosidade no couro cabeludo, que se acumula na raiz dos fios e entope os bulbos capilares, causando ainda mais irritação e coceira.  Após a limpeza, é recomendado também o uso de condicionador, leave-in, óleo ou máscara de hidratação para manter os cabelos saudáveis e livres do ressecamento.
Os produtos usados para realizar a higienização do cabelo também podem causar coceira. Por exemplo, alguns ingredientes contidos nos shampoos, como o sulfato de sódio, podem ressecar o couro cabeludo, causando irritação e vermelhidão. Então, para evitar o problema, o ideal é trocar seu shampoo por um que não contenha o ingrediente.

Outro problema que pode causar irritação é o excesso de suor no couro cabeludo, pois o cloreto de sódio produzido no suor pode causar obstrução dos folículos, causando queda e facilitando a inflamação, além de ressecar os fios. Para evitar que isso ocorra é importante que, além de manter a higienização em dia, se limite o uso de chapéus, bonés e peruca, já que estes impedem que o couro cabeludo e os fios respirem corretamente.

Se mesmo após tomar estes cuidados a coceira persistir é fundamental que consultar um dermatologista, pois é ele o especialista indicado para diagnosticar as doenças que afetam o couro cabeludo. A persistência da coceira e da irritação pode ser sinal de doenças como foliculite, dermatite seborreica, dermatite de contato, micose ou psoríase. O tratamento de cada uma delas varia e apenas o dermatologista poderá indicar o procedimento ideal a ser realizado de acordo com cada caso.

É bom não negligenciar os sinais que muitas vezes o próprio cabelo nos dá de que algo não vai bem.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
17 de Setembro, 2018
Colhendo os frutos - 92
17 de Setembro, 2018
Óculos de sol: mais do que beleza, são uma necessidade! - 79
17 de Setembro, 2018
CD Baile do Nêgo Véio – Alexandre Pires chegou nas lojas - 64
17 de Setembro, 2018
O filme A Morte de Stalin chegou nas locadoras - 73
17 de Setembro, 2018
Patê de Queijo - 81


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites