iFolha - Causos para sorrir; O guarda azarado

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Dezembro de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 13/12/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 04 de Dezembro, 2017 - 17:32
Causos para sorrir; O guarda azarado

O guarda azarado

O policial novato para um motorista por excesso de velocidade.

— Desculpe seu guarda. Eu posso explicar... — diz o motorista.

— Fique quieto! Vou colocar você na cadeia até o chefe chegar! — esbraveja o policial, querendo mostrar serviço.

— Mas, eu só queria dizer que...

— Silêncio! Você está preso! Para o seu próprio bem, é melhor ficar quieto! Ele então joga o coitado em uma cela.

Horas mais tarde, o policial vai até lá e diz:

— O Chefe está chegando! Sorte sua que ele foi ao casamento da filha dele e deve estar de bom humor.

O prisioneiro ri e diz:

— Duvido muito... Já que eu sou o noivo!

 

Desenho do prato

Uma senhora muito elegante se perde em um bairro que não conhece. Ela está com muita fome e, como não tem outra opção, acaba parando em um boteco para comer. Ela se senta, olha o cardápio e consegue escolher um prato menos asqueroso.

Algum tempo depois, o garçom finalmente traz o pedido. Com cara de nojo, a mulher grita:

— Tem uma mosca no meu prato!

O garçom, impaciente, retruca:

— É o desenho do prato, minha senhora. Não está vendo?

A mulher, revoltada responde:

— Mas está se mexendo!

E o dono do bar diz:

— É que é um desenho animado.

 

Empréstimo

O sujeito chega para o amigo e dispara:

— Ô João, me empresta mil Reais?

— Não posso, só tenho setecentos.

— Não tem problema, você fica me devendo trezentos!

 

Lição de casa

A professora avisa aos alunos que quer uma tarefa para a próxima aula:

— Tragam amanhã um objeto relacionado à saúde.

No dia seguinte, todos começam a apresentar o que trouxeram:

— Maria, mostre para a sala o seu item e explique a função, por favor.

— Trouxe um curativo, que serve para colocar no machucado. Foi minha mãe quem me deu. Ela disse que seria a melhor tarefa.

— Bem, parabéns, Maria! Pode se sentar.

Chega, então, a vez do Joãozinho apresentar o seu objeto.

— Eu trouxe uma máscara de oxigênio, que serve para ajudar a respirar. Quem me deu foi a minha avó, que me disse: “Devolve, devolve...”.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Dezembro, 2017
Daemo assina contrato para perfuração e reestruturação de poços - 109
13 de Dezembro, 2017
Programação cultural do Natal Encantado continua nesta quinta - 87
13 de Dezembro, 2017
Jurista Luiz Flávio Gomes faz palestra na Casa do Advogado nesta quinta-feira - 114
13 de Dezembro, 2017
Trabalhador fica assustado ao saber de dívida de R$ 200 mil em loja de eletrodomésticos - 668
13 de Dezembro, 2017
Estelionatário vende panela por R$ 100, mas cobra R$ 1000, no cartão de crédito - 429


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites