iFolha - Correção nos ônibus urbanos faz Olimpia voltar a ter acento no í

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 16 de Outubro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 14/10/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 29 de Setembro, 2019 - 18:09
Correção nos ônibus urbanos faz Olimpia voltar a ter acento no í

JOSÉ ANTÔNIO ARANTES

Por qué no te callas? Embora a empresa detentora do direito de exploração do transporte coletivo urbano da cidade tenha conseguido corrigir o “i” sem acento depois de um mês dos coletivos rodando pelo município com o Olimpia e não Olímpia, talvez seja este o pensamento do atual governo com as matérias publi­cadas neste semanário e na Rádio Cidade, no programa Cidade em Destaque, principalmente as da descoberta de que considerável quantidade de esgoto estaria sendo despejada provavelmente há muito tempo no Riacho Olhos D’água.

Pelo menos é este o entendimento que se pode chegar pelo silêncio da atual administração quanto ao cano que passa por debaixo da estrutura da ponte na confluência das Avenidas Aurora Forti Neves com Waldemar Lopes Ferraz que está sendo visitada pela reportagem deste jornal há nove semanas sem que nenhum sinal de intenção de corrigir ou pelo menos explicar problema tenha sido manifestado pelo executivo.

Esta semana o repórter da Folha esteve novamente no local e a situação continua da mesma forma. Um tubo de mais ou menos 30 cm de diâmetro que passa por debaixo da estrutura da ponte, vindo não se sabe de onde, faz brotar esgoto ininter­rupta­mente no riacho Olhos D’água.

Já o outro caso que foi descoberto há aproximadamente 15 dias, mas que está nesta situação há mais de um ano e dois meses, também não foi explicado e nem corrigido pelo executivo local.

Um enorme tubo de emissário que há um ano e dois meses foi denunciado por este jornal por estar despejando esgoto vindo da cidade diretamente no Olhos D’água, continua a poluir o riacho que deságua pouco mais de um quilômetro à frente no rio Cachoeirinha.

A situação foi constatada novamente esta semana por esta Folha que esteve no local para ver se tinha algum sinal de que algo tivesse acontecido. Também nenhuma explicação foi encontrada no site da prefeitura e nem na do Daemo.

Os milhares de litros de esgoto com um mau cheiro intenso, no entanto, continuam sendo despejados no local, enquanto, pelo que se depreende, teriam que estar sendo bombeados para a Estação de Tratamento recém-inaugurada.

O emissário e a situação é a mesma encontrada por esta Folha em 21 de junho de 2018. Um tubo com aproximadamente meio metro de diâmetro joga esgoto no riacho. Na ocasião ao lado do emissário estava sendo colocado uma tubulação nova para, segundo informações passadas na época, ligar essa tubulação no emissário para levar até a ETE que estava sendo construída na margem da rodovia Assis Chateaubriand.

Ocorre que a ETE – Estação de Tratamento de Esgoto foi inaugurada em agosto, a tubulação parece estar concluída, mas o emissário com um tubo de aproximadamente meio metro de diâmetro continua despejando o esgoto no Riacho Olhos D’água.

O repórter desta Folha afirmou que para chegar ao local foi caminhando por uma mata nativa existente e que cerca de 300 metros do local já era possível sentir mau cheiro de esgoto. Segundo ele parece ovo podre.

OLÍMPIA AGORA TEM ACENTO

O outro descaso do poder público que vinha sendo registrado nas páginas deste semanário há mais de um mês, começou a ser resolvido na semana passada e parece ter sido concluído nesta.

Os ônibus que estão servindo o transporte coletivo urbano da cidade desde 12 agosto, quando a Auto Viação Su­­zano Eireli assumiu, e que tinham inscrito em suas laterais e também na parte traseira em letras grandes o nome de Olím­pia sem o acento na letra “i”, ficando Olimpia ao invés de Olímpia parece que tiveram o erro corrigido.

Na tarde de sexta-feira, 27, na rodoviária Paschoal Lamana, esta Folha encontrou cinco ônibus e, em todos eles, era visível a correção. A impressão que se tinha era a de que teria sido colado um adesivo cobrindo o erro e outro em cima com o acento agudo em letra mais fina do que a anterior.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
14 de Outubro, 2019
Tudo pronto - 192
14 de Outubro, 2019
Os cuidados durante a gravidez - 213
14 de Outubro, 2019
A Dona Do Pedaço – Vol. 2 – Trilha Sonora é lançado - 214
14 de Outubro, 2019
O documentário Hilda Hilst Pede Contato já está disponível - 212
14 de Outubro, 2019
Pão Integral de Aveia - 190


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       














Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites