iFolha - De volta para o futuro: turismo terá secretaria própria

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 19 de Agosto de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/08/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 06 de Agosto, 2017 - 15:23
De volta para o futuro: turismo terá secretaria própria

NUMA SEMANA ...
.... marcada por rastros de violência, com agressões desfigurantes, mais de uma dezena de furtos, o esclarecimento de um assassinato, parecia inusitado que a política estivesse em ritmo de calma e sem a agitação marcada nas sombras do céu de Brigadeiro, bem límpido mas com sol apagado em razão do frio que teima em reinar soberano, mesmo com toda a encenação imoral vinda do planalto central.

AQUI TAMBÉM, ...
... o cenário fervilhante de um futuro embate pela segunda maior instância de poder da cidade estava sendo travado nos bastidores.


O SETOR DO ...
... turismo, ocupado pelo vereador licenciado Luiz Antônio Moreira Salata, que sempre quis alçar voos próprios, mas se notabilizou por se manter sob a guarida daqueles que alcançaram o poder, como forma de subsistir por longos anos, com pequenos hiatos, deve sofrer transformações.

SALATA, ...
... embora seja olimpiense nascido em uma mesma época que Fernando Cunha, em tempos em que todos se conheciam e, pela escassez de cenários, também conviviam, desde a volta do prefeito com a intenção de se fixar em sua cidade natal e aqui exercer a sua cidadania, após carreira política e empresarial vitoriosas, a situação entre ambos não se mostrou de convergência de ideias, mas sim, de divergências que, quem os conhecia, poderia acreditar que só os interesses políticos imediatos poderiam unir.

O VEREADOR ...
... eleito, participou ativamente da campanha ao lado do conterrâneo. E, ao final do processo, acabou sentando na cadeira de secretário de uma secretaria que, sob a bandeira do Turismo e Desenvolvimento Econômico, fundiria setores da economia que, embora parecessem componentes de um mesmo grupo, devido a importancia de um, parecia inviável para muitos.

JUNTOU-SE ...
... o Turismo à Agricultura e Indústria e Comércio. Os incrédulos de tal proposta argumentariam que as áreas de atuação poderiam se mostrar amplas demais e díspares para quem exercesse seu mando.

CLARO, ...
... a proposta, em tempos de disputa eleitoral, soava como ideia avançada, administrativamente correta, pois abrangia justamente os setores mais importantes para o desenvolvimento econômico de uma cidade como Olímpia, que passou sua vida engatinhando na seara agrícola e passava a respirar os ares do turismo.

NAQUELA ÉPOCA, ...
... no entanto, este colunista, que também já se aventurava na seara do turismo, através de sua experiência em comunicação, e, mesmo por ter dedicado a sua vida inteira lutando por esta cidade, já acreditava que tal projeto seria inviável, pois entendia que, embora todos ligados à área econômica, o turismo, como o atual motor principal da Olímpia das águas dos Laranjais, necessitaria de um setor próprio, ativo e proativo para ajudar Cunha na viabilização de seu projeto de governo.

FORAM SETE ...
... meses em que, embora as coisas tivessem caminhado num ritmo mais acelerado e amplo que o governo anterior, não se mostraram suficientes para aquilo que se fazia necessário no atual momento que a cidade está vivendo.

POR OUTRO ...
... lado, a própria animosidade criada por posições tomadas pelo secretário vereador licenciado, que se sabia, estavam ocorrendo nos bastidores, principalmente pelo distanciamento do próprio Thermas e o posicionamento até contrário a este e o fraco resultado mostrado especificamente na área do turismo no primeiro semestre de governo, identificavam que a proposta não havia dado certo. Era incompatível se trabalhar o desenvolvimento econômico abrangendo áreas tão díspares, embora de um mesmo grupo.

FERNANDO, ...
... desde o início de seu regresso a Olímpia, mostrou ter noção da importância do turismo atualmente na vida da cidade. E, claro, procurou unir forças com o motor deste setor, o Thermas. Percebeu que, mesmo sabedor de que a cidade precisa ampliar seus atrativos, não poderia deixar de se integrar ao maior deles e aquele que provocou todas as transformações importantes ocorridas nos últimos tempos, o projeto do empresário Benito Benatti.

COM A CERTEZA ...
... de que o quadro mostrava a inviabilidade técnica e de implementação, o prefeito Fernando Cunha começou a pensar em reinventar o que havia inventado, eis que a teoria estava sendo mostrada como inviável na prática, pelo menos no atual momento que vive a cidade que administra.

EM SÃO PAULO, ...
... na quinta-feira desta semana, onde foi, junto com seu vice, o médico Fábio Martinez, em busca de verbas para a área da saúde, após refletir e chegar a tal constatação, Cunha tomou a decisão de desmembrar as secretarias que havia fundido.

EM CONTATO ...
... telefônico com este jornalista, no final da tarde de quinta-feira, confirmou o que já se comentava nos bastidores. Vai mandar para a Câmara, no decorrer da semana, projeto de lei para recriar uma secretaria exclusivamente para o Turismo e outra para a Agricultura, Indústria e Comércio.

PARA O TURISMO ...
... Cunha ainda não tem o nome certo para levar adiante os projetos que tem para o setor. Mas garante que o novo membro de seu governo terá que estar afinado com a importância do Parque Aquático Thermas dos Laranjais para o desenvolvimento econômico da cidade.

NA OUTRA, ...
... a que englobará a agricultura, a indústria e o comércio, secretaria que cuidará do desenvolvimento destes setores, pretende que continue o vereador Salata que, na área, tem mostrado desenvoltura.

AGORA, ...
... é esperar para ver os acontecimentos futuros e as consequências desta tomada de posição de Fernando Cunha.

A REALIDADE ...
... é que Olímpia hoje não tem como abrir mão deste setor idealizado e criado pelo empresário e atual presidente do Thermas, Benito Benatti. Já respira e vive o turismo.

José Salamargo – desejando sempre que esta cidade em que nasceu, cresceu e quer que sejam depositados os seus ossos, consiga andar nos trilhos rumo ao chamado Estado de Bem Estar Social.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
19 de Agosto, 2017
Thermas agradece e divulga o resultado da Barraca Thermas Social no 53.º Fefol e anuncia Jantar Beneficente em novembro - 2213
17 de Agosto, 2017
Juiz nega a prisão domiciliar para Euripinho mas ainda pode voltar atrás após exames particulares - 311
17 de Agosto, 2017
Amiga diz que jovem morta pelo pai após homenageá-lo na web queria cursar psicologia - 652
16 de Agosto, 2017
Para delegada ninguém nunca vai saber motivo de homem matar a mulher e a filha em Guaraci - 289
15 de Agosto, 2017
Menino de quatro anos que presenciou pai matar a mãe e a irmã em Guaraci foi salvo por uma vizinha - 972


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites