iFolha - Fernando Cunha anuncia inauguração de 3 resorts a partir de abril durante entrevista ao Diário da Região

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 19 de Fevereiro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/02/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 04 de Fevereiro, 2018 - 16:15
Fernando Cunha anuncia inauguração de 3 resorts a partir de abril durante entrevista ao Diário da Região

Além de comemorar o crescimento do setor do turismo na cidade, o prefeito Fernando Augusto Cunha anunciou as inaugurações de mais três resorts já a partir do próximo mês de abril. O anúncio foi feito durante uma entrevista que concedeu na tarde de quinta-feira desta semana, dia primeiro, à TV Diário, do jornal Diário da Região de São José do Rio Preto, durante o programa comandado pelo editor de política do jornal, Rogério Castro, acompanhado do repórter de política, Rodrigo Lima.

“Olímpia, a partir de abril, começa a inaugurar grandes resorts com a metodologia de proprietários que são os fracio­nados. Então, nós vamos inaugurar 1,5 mil apartamentos em três grandes resorts em abril. Gente que vai ficar mais tempo na cidade. Por essa razão temos que integrar novos atrativos na cidade e é isso que será feito”, afirmou.

De acordo com o que a reportagem desta Folha apurou, inicialmente trata-se da inauguração do Olímpia Park Resort, que terá 912 leitos com capacidade para 3.600 pessoas. Mas terá ainda o Hot Beach Suítes com 442 leitos e capacidade para 2.210 pessoas, mais o Royal Star, que terá 505 leitos com capacidade para 2.000 pessoas.

O prefeito atribui ao setor do turismo a situação privilegiada do município em tempos de crise econômica. Cunha disse que começa 2018 com R$ 30 milhões em caixa. A cidade tem um dos maiores parques aquáticos do mundo. E um outro passou a funcionar em junho do ano passado.

“O que Olímpia tem de diferente? É o turismo. O IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) subiu 100% e o ISS (Imposto Sobre Serviços) subiu 80% nos últimos cinco anos. Então, aquilo que se perdeu de receitas tributárias no ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias), que vem do Estado, e FPM (Fundo de Participação dos Municípios), que vem da União, nós ganhamos no ISS e IPTU e isso que fez com que as contas de Olímpia ficassem no azul e redução de despesas e desperdícios. Então, eu produzi uma redução da ordem de R$ 12 milhões no ano”, explicou.

Além disso, citou a importância do Parque Aquático Thermas dos Laranjais, criado pelo mega empreendedor Benito Benatti: “Olímpia há 25 anos descobriu a vocação do turismo. Essa é a nova oportunidade econômica que traz Olímpia para um novo ciclo de crescimento, como foi lá atrás na época do café. Conceitualmente foi isso que aconteceu”.

A CIDADE NÃO FOI PREPARADA

E acrescentou: “A cidade não se equipou para ser uma cidade turística como as cidades turísticas tradicionais, como, por exemplo, Campos de Jordão e Gramado. Nós temos e espero neste mandato possa dar essa contribuição. Nós temos que correr atrás do tempo perdido para equipar a cidade para receber o turista”.

Mas para esse crescimento do turismo, que se deu a partir do Parque Aquático Thermas dos Laranjais, sob os cuidados do mega empreendedor Benito Benatti, há graves problemas a serem sanados. Atualmente, Olímpia recebe cerca de 2 milhões de turistas por ano. A expectativa do prefeito é dobrar essa quantidade de visitantes nos próximos anos. “O turismo responde por 55% da economia do município”, afirmou.

Cunha afirmou que a prefeitura investe de 20 milhões a R$ 25 milhões, mas que pretende aumentar para R$ 40 milhões de investimento ano, para fomentar o setor, enquanto que a iniciativa privada aplica outros R$ 300 milhões.

“Hoje Olímpia está com uma arrecadação da ordem de R$ 45 milhões ano de tributos entre IPTU e ISS. Eu diria que cerca de R$ 20 milhões vem do ISS. É o que tem entrado para o município diretamente”, avaliou.

Cunha cita, por exemplo, a necessidade de se duplicar as rodovias de acesso ao município, principalmente a SP-425, rodovia Assis Chateaubriand, entre Guapiaçu e Olímpia.

Na contramão de colegas prefeitos, Cunha afirmou que neste ano os moradores de Olímpia vão pagar IPTU com desconto de 10,5%. “Coisa de justiça fiscal. Tinha de ser feito”, definiu.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Fevereiro, 2018
Aposentado cai no golpe da “funcionária” e perde quase R$ 10 mil com cartão trocado - 120
18 de Fevereiro, 2018
Operação “Edurance” prende traficante e devedor de pensão - 401
18 de Fevereiro, 2018
Estudante hipoteca casa da avó para ficar em liberdade - 87
18 de Fevereiro, 2018
Caminhoneiro fica ferido após bater em traseira de carreta em rodovia - 142
18 de Fevereiro, 2018
Ladrões levam fusca 77 de aposentada e o abandonam no Quinta das Aroeiras - 146


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites