iFolha - Geninho um político que se afunda

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 14 de Dezembro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 13/12/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 25 de Novembro, 2018 - 15:56
Geninho um político que se afunda

Do Conselho Editorial

As inúmeras investigações levadas a efeito contra o agora eleito deputado federal Eugênio José Zuliani e sua recente condenação em primeira instância, sugerem que sua vida na política poderá ser bem mais curta do que se possa imaginar.

A condenação por improbidade administrativa no caso da contratação de advogados é o começo de muitas que poderão trazer dificuldades para que Eugênio possa continuar na política no futuro.

“São cerca de 100 inquéritos policiais contra mim. Eu já consegui arquivar uns 70”, afirmou na terça-feira, 13, ao Diário da Região.

Há de se considerar que 30 inquéritos é um número razoável de investigações e que permite visualizar que o futuro deputado federal mesmo coberto pelo foro privilegiado enfrentará dificuldades na justiça.

O que se coloca enquanto pedras e abismos a ser superados por políticos que terão enfrentamentos na justiça por casos de improbidade administrativa é a crescente onda de caça as bruxas e macarthismo desenfreado que com a indicação do juiz Sérgio Moro ao Ministério da Justiça tende a crescer e muito.

Quem acompanha a trajetória jurídica e imagina que haja intenção de uma possível candidatura do futuro ministro a algum cargo de relevância na política, aposta que o mesmo jogará todas as suas fichas no combate a corrupção.

Há que se notar que o futuro presidente acenou para ampliar o combate à corrupção e mesmo que as indicações ministeriais tenham repetido as mesmas fórmulas de sempre, um dos requisitos para que seu governo se sustente junto à população, encontra-se exatamente nas ações de combate a corrupção. 

Este quadro que se mostra no horizonte permite visualizar que eleitos com a ficha nada recomendável que Eugênio sustenta terão dificuldades que não serão poucas para conseguir atravessar quatro anos sem estarem inelegíveis, principalmente se levado em conta a tendência que cresce no Supremo Tribunal, e é exigência da população, que se acabe com o foro privilegiado para políticos.

Resiste Eugênio, por enquanto, mas a ideia central é de que à medida que cresce a tendência da instalação no país de forças reacionárias que impulsionam medidas populistas e invocando o combate a corrupção como eixo central de seus discursos, que agentes públicos com várias condenações  sejam expelidos do processo automaticamente.

Nesta eleição passada o nome de Eugênio José já figurava inicialmente na relação de fichas sujas em razão de apontamentos do Tribunal de Contas e a maioria não consegue entender bem como conseguiu reverter um processo já julgado pelo TC, porém, conseguiu e foi candidato e se elegeu.

Ocorre que em quatro anos muita coisa ocorrerá e a menos que aconteçam outros fenômenos que a vã filosofia não consiga interpretar, em se considerando que já pesa contra si condenação em primeira instância, pode, levando em consideração, a atual criminalização da política, pensar que Geninho é um político que se afunda.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
12 de Dezembro, 2018
Polícia faz busca e apreensão em Escritório de advocacia de Olímpia - 168
12 de Dezembro, 2018
Assaltantes levaram mais de 20 baterias da Auto Elétrica do “Dirceu” - 60
12 de Dezembro, 2018
Ex- vereador é roubado por motociclista quando esta sentado na Praça da Cizoto - 109
12 de Dezembro, 2018
Empresário é roubado e leva tiro centro da cidade - 69
10 de Dezembro, 2018
Dia 10 de dezembro: Dia do Palhaço - 57


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites