iFolha - Gesseiro ateia fogo em colega que fica com 70% do corpo queimado

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 23 de Março de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 18/03/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 22 de Outubro, 2018 - 00:25
Gesseiro ateia fogo em colega que fica com 70% do corpo queimado

Continuava internado na UTI-Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Misericórdia de Olímpia, até o final da tarde de sexta-feira, 19, Carlos Vinícius de Souza Correa, 23 anos, que teve mais de 70% do corpo queimado. O acusado de ter ateado o fogo, o gesseiro Lu­cas Bienquini de Souza, de 35 anos, que foi autuado em flagrante, continua preso.

A tentativa de homicídio aconteceu no final da tarde de quarta-feira, dia 17, por volta das 14 horas, no interior de uma casa abandonada na rua David Oliveira, 587, onde os envolvidos residiam com outros moradores.

De acordo com um morador arrolado como testemunha ocular do caso, todos os moradores da casa são usuários de drogas e o acusado Lucas havia discutido com Carlos Vinícius, porque ele estava devendo entorpecente na “biqueira” e isso estaria trazendo problemas para todos. Com isso, durante a discussão, Lucas jogou álcool em Carlos e ateou fogo.

Carlos Vinicius foi socorrido pelo Samu e internado na Santa Casa de Misericórdia de Olímpia, com queimaduras em cerca de 70% do corpo. Segundo o diretor clínico do hospital olimpiense, o médico Nilton Roberto Martinez, o estado do paciente é considerado gravíssimo e até ontem, sexta-feira, ainda não havia sido conseguido vaga para a transferência para um hospital especializado em queimados.

Por sua vez, o gesseiro Lucas Bienquini foi autuado em flagrante e confessou ter ateado fogo na vítima e confirmou a versão da testemunha. Ele foi encarcerado na cadeia pública de Colina e deveria ter sido transferido para o CDP - Centro de Detenção Provisória de Icém.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Março, 2019
Saiba como cuidar dos fios brancos - 103
18 de Março, 2019
O CD de Rosa de Saron chegou nas lojas - 114
18 de Março, 2019
O filme Os Crimes de Grindelwald chegou nas locadoras - 77
18 de Março, 2019
Almondegas ao Molho - 95
18 de Março, 2019
Costelinha ao Forno - 90


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites