iFolha - Homem de Guaraci e mulher de Olímpia escapam de execução pelo tribunal do crime em Barretos

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Outubro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 15/10/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 29 de Julho, 2018 - 15:55
Homem de Guaraci e mulher de Olímpia escapam de execução pelo tribunal do crime em Barretos

A  Polícia Militar de Barretos conseguiu  prender nove suspeitos, liber­tou duas pessoas que estavam em cárcere privado e frustrou a realização de um “tribunal do crime” em Barretos. A prisão da quadrilha ocorreu em uma chácara, de propriedade de um dos detidos, na estrada do Armour, conhecida como Boiadeira.

As equipes de Força Tática da PM, na manhã de terça-feira, dia 24, participavam de um treinamento no 33º BPMI, quando chegaram várias denúncias e informações de que naquele momento, na chácara estaria sendo realizado um “tribunal do crime” e que duas pessoas seriam executadas. Diante dis­so, foram ao local indicado e realizaram um cerco.

Os policiais abordaram 11 pessoas, que estavam saindo da propriedade em quatro veículos. Nove dos abordados, sete homens e duas mulheres, todos moradores em Barretos, foram identificados como integrantes da quadrilha e ligados a organização criminosa.

Junto com o grupo, os policiais encontraram as vítimas, um desempregado de 29 anos morador em Guaraci e sua cunhada de 40 anos, auxiliar de enfermagem, moradora no jardim Santa Fé, em Olímpia, os quais teriam sido sequestrados havia dois dias. O desempregado alegou que ele e a cunhada, estariam sendo levados pelo grupo para um local, onde seria cumprida a sua  sentença de morte.
“Foi possível fazer a abordagem e encontramos 11 pessoas, sendo nove integrantes da quadrilha do PCC. Depois de muito trabalho acabamos por conseguir a informação, a confissão de um deles, que ele seria uma vítima do Primeiro Comando da Capital (PCC) e que  estava em cárcere privado, que tinha sido sequestrado juntamente com sua cunhada.

Eles estariam sequestrados desde segunda-feira, inclusive estava no bairro Santa Cecília e deslocaram ele para essa chácara. Segundo ele, ainda não havia sido agredido, porém, já haviam deixado claro que  não podiam sair, que estavam presos. Eles  estariam decidindo o que iriam fazer com ele, pois estavam aguardando uma ordem do PCC, para ver o que seria feito, se matariam, ou quebrariam seus braços e as pernas. O guaraciense disse que já estava no carro e que eles iriam pagar a punição dele” disse o tenente Ro­drigo Luiz que comandou a operação.

O tenente Rodrigo confirmou que a vítima possui passagem na polícia, que havia sido preso por tráfico de entorpecente. “Ele foi preso em 2010, tem pouco mais de um mês que saiu da cadeia, e por isso, eles estão cobrando agora. Segundo ele, esse acerto de conta que está sendo feito, é de um fato ocorrido em 2010, mas como ele estava preso, decidiram fazer essa cobrança quando fosse solto”, confirmou o oficial.

Em relação a cunhada do autor, ela estaria sequestrada com ele. “Ela veio para Barretos com ele, desde segunda-feira estava com ele, ficou em cárcere privado sequestrada. E possivelmente se fossem matar o rapaz para não deixar testemunha, talvez ela morreria junto”, disse o tenente.

Os policiais durante uma vistoria na chácara, encontraram dois televisores, um de “43” e o outro de “55” polegadas, três notebooks, todos sem comprovação de origem e possivelmente furtados, além de uma espingarda de pressão.

O tenente Rodrigo ressaltou que a chácara pertence a um dos membros da quadrilha, e que não foram encontradas armas. “Arma não, encontramos apenas uma espingarda de chumbinho, porém, como eles estavam saindo de lá, talvez essas armas tivessem em um outro local”, concluiu o tenente Rodrigo Luiz.

Os veículos Monza, Gol, Ford Focus e Corsa  encontrados com o grupo estavam com licenciamento vencido e foram apreendidos. O caso foi apresentado no Plantão Policial, onde o delegado Edison Winning ratificou a voz de prisão e determinou ao escrivão Umberto César Pereira a elaboração do flagrante. Os  nove suspeitos foram autuados pelos crimes de sequestro e cárcere privado, organização criminosa e formação de quadrilha e  recolhidos a cadeia anexa a Seccional. Todos passaram por audiência de custódia e tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
15 de Outubro, 2018
Nada de traição! - 65
15 de Outubro, 2018
Reeducação alimentar é o grande segredo! - 59
15 de Outubro, 2018
Novo disco de Jana Linhares está nas lojas - 48
15 de Outubro, 2018
O filme Não Vai Dar chegou nas locadoras - 54
15 de Outubro, 2018
Drink de Morango - 64


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites