iFolha - Livros; Carta à Rainha Louca já chegou nas livrarias

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 26 de Junho de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/06/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 15 de Abril, 2019 - 09:51
Livros; Carta à Rainha Louca já chegou nas livrarias

Mindfulness em Família
A sabedoria milenar da ioga tem encontrado mais e mais adeptos no Ocidente ao trazer saberes e valores que nos ajudam na busca por paz de espírito. O mindfulness, cujo significado em português é atenção plena, nasceu desse mesmo impulso e vem ganhando popularidade graças a seus efeitos já comprovados pela ciência. Adultos e crianças podem igualmente se beneficiar desse exercício mental para enfrentar os desafios do dia a dia e contribuir para um mundo melhor. Com décadas de experiência, Márcia de Luca e Lúcia Barros apresentam as bases sobre as quais fundaram a Bindu Escola de Valores, que busca ensinar a crianças de todas as idades as práticas de mindfulness, que podem trazer maior felicidade e saúde, além de promover uma sociedade mais justa e solidária. Neste livro, elas contam suas vivências, mostram as pesquisas científicas mais avançadas sobre o assunto e ensinam técnicas que podem ser implementadas com seus filhos, dos mais novos aos adolescentes. Com 160 páginas, o livro é da Editora Fontanar.



Do Que é Feito a Maçã
A franqueza e o calor humano das conversas entre Amós Oz e sua editora Shira Hadad reunidas em “Do Que é Feito a Maçã” permitem ao leitor acessar como nunca as dimensões mais sutis da sabedoria, da sensibilidade e do humor daquele que foi um dos maiores escritores de nossos tempos. “Escrever um romance é como construir Paris inteira com fósforos e cola”, confidencia Oz sobre seu processo criativo. Poucos encarnaram como ele a figura do intelectual público. Sua extensa e variada obra de ficção, publicada ao longo de mais de cinquenta anos, é espelhada por uma coleção de ensaios intensamente profícuos. Amós Oz nunca deixou a militância de lado — mas envelhecer traria uma mudança de tom. Ele conta a Shira que passou a “dizer baixinho coisas que dizia gritando. Será que isso me garante um novo público? Não sei. Às vezes é exatamente a fala tranquila que desperta a ira e a agressão dos opositores”, revela. Com 168 páginas, o livro é da Editora Companhia das Letras.




A Viúva de Safira
O ano é 1935. No Ceilão, uma rica colônia britânica do sul da Ásia, Louisa e Elliot vivem um casamento feliz. Ela, filha de um importante comerciante da região; ele, um charmoso homem de negócios. Juntos, eles aparentam ser um casal que tem tudo. Exceto aquilo que mais desejam: um filho. Durante as diversas tentativas de Louisa de engravidar, seu marido parece cada vez mais distante, passando a maior parte do tempo em uma fazenda de canela das redondezas. Mas a morte repentina de Elliot — tão trágica quanto misteriosa — é seguida de revelações chocantes, atirando a jovem numa espiral de incertezas. Quem era, de fato, aquele homem? Por que ele tinha tantos inimigos? Como foi capaz de cometer uma traição tão terrível? Em busca de respostas, Louisa embarca em uma jornada devastadora. Quando finalmente descobre o terrível segredo por trás de seu casamento, seu mundo vira de cabeça para baixo. Será que ela encontrará forças para seguir em frente? Ou sofrerá, para sempre, as consequências do que parece imperdoável? De Dinah Jefferies, o livro tem 376 páginas e é da Editora Paralela.



Carta à Rainha Louca
Olinda, 1789. Isabel das Santas Virgens, presa no convento do Recolhimento da Conceição, escreve à Rainha Maria I, conhecida como a Rainha Louca. Em suas cartas, ela, tida por muitos como também lunática, conta os destemperos cometidos pelos homens da Coroa – e por aqueles que galgaram tal posto – contra mulheres, escravizados e todos os que se encontravam mais vulneráveis. Por meio dos tormentos passados por ela e por sua senhora Blandina, a narradora expõe o pano de fundo da colonização brasileira e da situação da mulher que ousava desafiar. Com uma pesquisa histórica ímpar e usando o vocabulário próprio dos anos de mil setecentos mesclado a uma linguagem moderna, Maria Valéria Rezende recria com maestria a história de duas mulheres em um período conturbado do passado brasileiro. Como promete à rainha, Isabel conta “toda a verdade sobre o que em Vosso nome se faz nestas terras e a mim me fizeram”. Com 144 páginas, o livro é da Editora Alfaguara.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
25 de Junho, 2019
Pura sintonia - 61
25 de Junho, 2019
Visite regularmente o dermatologista - 49
25 de Junho, 2019
O CD de Órfãos da Terra chegou nas lojas - 50
25 de Junho, 2019
O filme A Última Resistência chegou - 52
25 de Junho, 2019
Sobremesa de Banana - 59


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites