iFolha - MP manifesta pelo indeferimento de prisão domiciliar para Euripinho

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 18 de Dezembro de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 18/12/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 31 de Julho, 2017 - 01:17
MP manifesta pelo indeferimento de prisão domiciliar para Euripinho

A promotora de justiça Sylvia Luiza Damas Prestes Ribeiro manifestou pe­lo indeferimento da prisão domiciliar para o corretor de imóveis Euripedes Au­gusto Melo, de 58 anos. A informação foi passada no final da tarde de sexta-feira pela oficial da promotoria.

Outra informação é de que a promotora já havia denunciado todos os envolvidos no “tiroteio” acontecido em Olímpia, no dia 11 deste mês, que culminou com a morte do ex-policial Leandro Ribas da Silva, que residia em São José do Rio Preto.

Também foi informado na promotoria que o processo iria subir para o Fó­rum e protocolado na Vara Criminal ainda na tarde de sexta-feira, 28.

O juiz de direito Eduardo Luiz de Abreu Costa, no entanto, por volta das 18 horas de sexta-feira ainda não havia recebido o processo de volta do Ministério Público. “Apenas depois que eu analisar o processo me manifestarei”, declarou o juiz.

Como se sabe, o pedido de prisão domiciliar foi requerido pelo advogado Ga­lib Jorge Tannuri no dia 17 de julho e o processo estava com vistas ao Ministério Público para manifestação.

O corretor de imóveis, Euripedes Augusto, teve sua prisão preventiva decretada pela justiça local no último dia 13, mas permanecia internado na Santa Casa local desde então, recebendo alta hospitalar no sábado, 22, e foi encaminhado para a cadeia de Colina. Na segunda-feira, 24, no entanto, foi transferido para o Centro de Detenção Provisória de Icém.
Euripinho levou um tiro no braço, teve a bala extraída no mesmo dia do tiroteio que parou a cidade, na terça-feira, dia 11, mas ficou internado até a tarde de sábado, 22, quando o médico que cuidava dele deu alta hospitalar.

Na segunda-feira, 24, ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Icém, onde estão seus dois funcionários, Elton Albertino e Paulo Sérgio Vieira, desde o dia 14, após a decretação da preventiva de todos os envolvidos em audiência de custódia realizada na Vara Criminal local.

O juiz deverá decidir se concede ou não a prisão domiciliar a Euripinho nos próximos dias.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Dezembro, 2017
“Nin Peão” sofre acidente, fica exaltado na UPA e é preso pela PM - 519
17 de Dezembro, 2017
Olímpia tenta mais quatro contratações para série A3 - 112
17 de Dezembro, 2017
Delegado de Fernandópolis pede prisão preventiva de Celso Teixeira e mais três - 245
17 de Dezembro, 2017
“Nuguete” e Laércio registram hipoteca e ganham a liberdade - 205
17 de Dezembro, 2017
Pivô da prisão de ex-vereador diz que foi agredida por patrão - 531


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites