iFolha - Motorista é acusado de tentar estuprar e agredir a ex-mulher

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 28 de Janeiro de 2021
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 28/01/2021
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 29 de Novembro, 2020 - 18:53
Motorista é acusado de tentar estuprar e agredir a ex-mulher

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA!
Homem só se deteve após o filho entrar no
quarto e gritar que iria chamar a polícia.
Acusado teria pedido perdão depois
de praticar os supostos crimes.

Deverá ser instaurado in­quérito policial na delegacia de polícia de Cajobi para apurar, entre outros, crimes de agressão e tentativa de estupro. O acusado é um motorista de 35 a­nos, morador naquela cidade. O filho do casal, um garoto menor de idade, estava na casa e teria presenciado parte dos fatos.

A denúncia foi feita na manhã de terça-feira, 24, quando foi registrado boletim de ocorrência para a­purar os eventuais crimes de violência doméstica, a­meaça, vias de fato e estupro, que teriam si­do sofridos pela ex-mulher do acusado, que atualmente tem 28 anos.

Na delegacia foi relatado que a mulher foi amasiada com o motorista por sete a­nos e tiveram um filho, ain­da menor de idade, mas já estão separados há seis anos. Contou na polícia, que no último dia 20, por volta das 20 horas, o ex-ma­rido foi até a sua casa e entrou, alegando que queria falar com ela, que estava tomando banho.

A residência foi aberta pe­lo filho, que teria insistido para o pai ir embora. No entanto, o motorista permaneceu. Conta a mulher, que quando saiu do banhe­iro, somente de toalha, se deparou com o ex-marido, que disse que queria falar com ela, mas ela teria pedido para ele ir embora.

Segundo a mulher, ela en­trou no quarto mas o ex-marido segurou seu braço e entrou junto, mes­mo ela e o filho pedindo para que ele fosse embora. No entanto, o ma­rido permaneceu e teria dito que queria “ficar” com ela, antes de no­va­mente ir viajar. Foi quando o garoto saiu do quarto.

Afirma a mulher que, em determinado momento, fo­i jogada na cama e a toalha puxada, ficando com um seio a mostra. Com u­ma mão ele a segurava e com a outra tentou penetrar a mulher. Foi quando ela passou a gritar e o filho tentou entrar no quarto.

Relata a mulher que o ex-marido chegou a pegar um travesseiro e teria tentado asfixiá-la. Mas, nesse momento, o filho conseguiu entrar no quarto e começou a gritar para o pai deixar a mãe, caso contrário iria chamar a polícia. Depois de muita insistência o motorista teria ido embora. No entanto, depois de alguns minutos ele retor­nou e passou a falar pelo in­terfone que desejava levar o filho para dormir com ele e pediu perdão, alegando que não desejava machucar a ex-mulher.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
28 de Janeiro, 2021
O regresso para a fase vermelha foi o principal tema do Cidade em Destaque de segunda-feira, 25. - 24
28 de Janeiro, 2021
Olímpia recebe 480 doses da vacina da Fiocruz e pode imunizar 1120 pessoas - 67
26 de Janeiro, 2021
Falta de consciência da população mata mais dois por covid-19 em Olímpia na 2.ª - 340
25 de Janeiro, 2021
Perda de audição, uma doença silenciosa! - 86
25 de Janeiro, 2021
Costa Rica tem natureza com belas paisagens - 97


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites