iFolha - Na terceira parte do debate os candidatos fizeram uma pergunta com tema livre.

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 04 de Dezembro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 03/12/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 09 de Novembro, 2020 - 08:45
Na terceira parte do debate os candidatos fizeram uma pergunta com tema livre.

TERCEIRA PARTE DO DEBATE!
Seguridade do funcionalismo, opção pelos
pobres e o problema da água foram
as questões principais.


ASSISTA AO VÍDEO DA ULTIMA PARTE DO DEBATE COM
PERGUNTAS COM TEMA LIVRE E AS CONSIDERAÇÕES FINAIS


 

Na terceira parte dos debates realizado no auditório da OAB local, na quarta-feira, 04, os candidatos a prefeito de Olímpia, fizeram cada um uma pergunta a um de seus oponentes sorteados, mas com tema livre.

O primeiro a perguntar foi Fernando Cunha a Gustavo Pimenta e foi sobre reajuste do funcionalismo e aumento da contribuição previdenciária.

Gustavo respondeu: Em relação à seguridade social vejo hoje que a o caixa está muito tranquilo e isso veio de um trabalho de longos anos desde a administração do ex-prefeito Carneiro até os dias de hoje. Então funcionalismo público pode ficar tranquilo que dinheiro para os próximos anos tem. A questão é a forma como está sendo trabalhado esse fundo que ano a ano vem crescendo. Agora é óbvio que se tiver que aumentar essa arrecadação vai dar mais tranquilidade.

RÉPLICA DE

FERNANDO

Fernando Cunha disse ao funcionário público de Olímpia que em Olímpia já foi feita a reforma da Previdência e que a situação das aposentadorias, como disse o candidato Gustavo, é absolutamente segura assegurando um equilíbrio atuarial para quem se aposentar.

TRÉPLICA DE

GUSTAVO

A tréplica de Gustavo Pimenta também foi na mesma linha, ou seja, os dois concordando que a situação da seguridade do funcionalismo local está equilibrada.

GUSTAVO

PIMENTA FEZ

PERGUNTA

SOBRE A

ÁGUA PARA

ZANOLLI

O segundo a formular pergunta na terceira parte do debate, a do tema livre, foi o candidato Gustavo Pimenta que fez sua pergunta para Willian Zanolli a proposta para resolver o problema da água e da restauração do Daemo.

Willian disse que é um absurdo você morar numa cidade turística dependente de um parque termal assentada em cima do maior aquífero da América Latina que é o guarani, receber 2 milhões de turistas que vem se banhar numa das águas mais límpidas do planeta e a população carente que mora na periferia ter que tomar banho de água suja porque não foi resolvido o problema do abastecimento de água.

— Nós temos aqui um sistema de abastecimento de água que foi criado pelo Dr Jerônimo de Almeida quando ele era interventor há milhões de anos atrás. O Daemo precisa passar por uma reestruturação geral no sentido de ser mais técnico e mais preocupado com a necessidade premente não só das pessoas carentes, mas de todo mundo. A água é algo vital à nossa vida.

A RÉPLICA

DE PIMENTA

Pimenta, em sua réplica, reforçou que não via o daemo como um cabide de emprego e que os funcionários são concursados são capacitados o que pode ocorrer em relação ao daemo são a contra­ta­ção de empresas tercei­rizadas.

ZANOLLI FEZ

A ÚLTIMA

PERGUNTA

PARA

FERNANDO

CUNHA

O candidato do PT foi o ultimo a fazer pergunta na terceira parte do debate e foi para o candidato Fernando Cunha. Ele questionou o fato de que se nos últimos quatro anos, sabendo que tinha que ser reeleito não se preocupou com a população carente, como seria caso for reeleito e não ter mais que se preocupar com reeleição.

Fernando Cunha retrucou dizendo que fez uma administração humani­za­da pois melhorando a saúde, recuperando a Santa Casa fez tudo para o povo. O contrário seria se não tivesse, por exemplo, investido em saúde em meio à pandemia e realizado obras.

— Fizemos a opção por administrar para o povo. Isso é ser humano eu sou engenheiro, sou gerente, mas sou religioso, sou humano eu fiz a troca de toda a frota de ambulância de Olímpia para atender o povo de Olímpia; distribui 500 escrituras para o pessoal do antigo Pedregal do Boa Esperança; coloquei uma tenda na frente da Caixa Econômica Federal; coloquei ar-condicionado nas salas de aula das crianças; na assistência social de 40 mil passamos 100 mil atendimentos por ano; veio a covid-19 de 500 cestas básica passamos a distribuir 5 mil por mês; isso é tratamento humano para população.

 

Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
03 de Dezembro, 2020
Quando chegará a vacina da Covid-19 foi o principal tema discutido no programa Cidade em Destaque de quinta-feira, 03. - 99
02 de Dezembro, 2020
Prefeitura confirma que não haverá Réveillon e Natal em Olímpia contará com decoração na praça, em ruas do centro e na Avenida Aurora foram os principais assuntos do Cidade em Destaque de quarta-feira, 02. - 91
01 de Dezembro, 2020
Dona de casa denuncia festa com mais de 500 pessoas em chácara na área rural em Olímpia e ponte histórica é instalada na Avenida dos Olimpienses foram alguns destaques do Cidade em Destaque de terça-feira, 01. - 275
30 de Novembro, 2020
Segunda onda pode chegar a Olímpia semanas após capital e a farra do boi continua com bares e restaurantes sem fiscalização foram alguns assuntos do Cidade em Destaque de segunda-feira, 30. - 137
30 de Novembro, 2020
Série premiada - 130


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites