iFolha - Niquinha usa tribuna da Câmara para criticar e dizer que pode até deixar de apoiar o prefeito

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 14 de Novembro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 12/11/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 11 de Agosto, 2019 - 16:46
Niquinha usa tribuna da Câmara para criticar e dizer que pode até deixar de apoiar o prefeito

O vereador e presidente da Câmara, Antônio Delo­modarme, o Niqui­nha, des­contente com o apoio que recebeu do governo na segunda-feira quando promoveu o seu “Dia de Graça”, com um dia de utilização grátis para a garotada dos brinquedos do parque instalado no Recinto do Folclore, utilizou a tribuna do legislativo pa­ra, por duas vezes criticar o prefeito e, ao final, até anunciar que pode até deixar de apoiar Fernando Cu­nha passando a agir com neutralidade.

Na primeira parte da sessão, o vereador lamentou as dificuldades que teve para viabilizar a lei que fez aprovar em 2017 obrigando aos proprietários de parques de diversão que se instalem no município, que cedam um dia pa­ra que as crianças pobres do município possam desfrutar gratuitamente dos brinquedos instalados.

“Tive muita resistência, precisei chegar ao ponto de pensar em procurar a justiça para fazer valer a lei”, destacou. Ele também criticou a postura da secretária da Educação que não liberou todos os alunos para participarem da promoção.

Também destacou que a comissão que organiza o festival está mal preparada porque não fizeram cumprir a lei que obriga o funcionamento gratuito por oito horas e terminou uma hora antes. “Foi uma loucura aquilo lá, foi todo mundo e faltou um pou­qui­nho de bom senso. Uns covardes, covardes da pior qualidade, que tem nojo de pobre! Eu não tenho nojo de pobre, na minha cidade é 80% ou 85% de pobre e eu gosto deles, estou do lado deles! Não sou bunda de veludo, não! Sou pobre, enfatizou.

E continuou: ”Fiz tudo. Dei lanche, guaraná para todas as crianças e não te­ve uma mão esticada do poder público. O que é is­so, gente? Na hora precisa votar 7 milhões aqui aí eu sou bom, tem que pôr projeto. Não brinca com o Ni­quinha, o Niquinha é parceiro, mas não me faça de palhaço. Cambada de covarde! Tô mandando um primeiro recado, não brinca comigo”, afirmou.

Na segunda parte, a chamada parte da liderança, onde os vereadores também usam a tribuna para manifestações, o vereador após explicar o que fez pa­ra conseguir os lanches e guaranás para as crianças, foi além:

“Eu acho tão engraçado que para as crianças de O­límpia não pode gastar 10 mil reais para dar um lanche e um guaraná, mas po­de gastar muito mais do que isso para o réveillon para turista, pode gastar muito mais do que isso em carnaval para turista. Agora faz matemática de vo­cês aí”, asseverou.

“Fiquei chateado – continuou o vereador - estou do lado dele se ele me a­ceitar, senão também eu dou meu voo sozinho e fico neutro nessa casa. Não gostei da atitude de­le. Precisei pagar uma e­quipe até para ir lá limpar porque a organização do folclore me abandonou. Covardes! A coisa mais terrível que tem é você ligar para o encarregado, que te deu a palavra, que o parque funciona até as 5 horas e o covarde não a­tender o telefone, por 10 vezes eu liguei. Mas deu tudo certo, brinquedo funcionando tudo normal, não deu um probleminha. Até o drone colocaram lá, aí põe o drone para se aparecer em cima do meu projeto, para dizer que as crianças se divertiram. Falta de “par­ceirismo”, de sensibilidade, que é isso velho?

Vereador promove seu “Dia de graça” no recinto e “marquetagem” política no Face

Embora não tenha saído tudo 100% como havia planejado e até tenha criticado o atual governo por não tê-lo ajudado, o vereador e atual presidente da Câmara Municipal de O­lím­pia, Antonio De­lomo­darme, o Niquinha, na segunda-feira, 5, quando, por força de lei municipal que fez aprovar em 2017, teve efetivado o seu “Dia de Graça”, proporcionando para milhares de crianças um dia de diversão gratuita no parque de diversões instalado no Re­cindo do Folclore.

Niquinha, inclusive, distribuiu lanches e refrigerantes para a garotada durante todo o dia. Mas reclamou que não teve o apoio do prefeito Fer­nan­do Cunha nem no fornecimento dos lanches, bem como na estrutura de a­poio no parque e da própria secretaria da Educação que não teria liberado os alunos para a diversão no Recinto da forma em que havia programado.

Mas, o político não perdeu a oportunidade de tirar proveito político do fato, com seguidores e familiares postando fotos suas abraçado a crianças no interior do Recinto.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
12 de Novembro, 2019
“Niquinha” admite possibilidade de terceiro mandato à frente do Olímpia FC - 195
12 de Novembro, 2019
Empreendedor - 231
12 de Novembro, 2019
Casar no verão é a nova moda - 210
12 de Novembro, 2019
Alok lança mais um hit que promete invadir as pistas de eletrônico mundo afora - 263
12 de Novembro, 2019
Pets - A Vida Secreta dos Bichos 2 já está disponível! - 248


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






















Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites