iFolha - Novo secretário quer resolver a demanda reprimida de exames e falta de remédiosos

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 26 de Abril de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/04/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 15 de Abril, 2018 - 21:39
Novo secretário quer resolver a demanda reprimida de exames e falta de remédiosos

Além de humanizar o a­tendimento aos pacientes, quando foi apresentado à imprensa local na manhã de sexta-feira desta semana, dia 13, o novo secretário municipal de Saúde, Marcos Roberto Pagliuco, que é farmacêutico e bio­quí­mico, afirmou que quer organizar a compra de medicamentos, acabar com a demanda reprimida de e­xames e implantar a inte­gração de todo o sistema de atendimento da área.

“Uma coisa (que pretende fazer) é humanizar a sa­úde. Fazer com que as pessoas tenham um atendimento de qualidade. Encerrar essa questão de filas e acabar com a demanda reprimida de exames para não ter mais esse gargalo”, disse ao ser questionado sobre quais seriam suas três prioridades para este início de trabalho.

Além disso, diz que pretende trabalhar com a motivação dos funcionários do setor. “Melhorar o ambiente de trabalho para fazer com ele (funcionário) possa produzir mais, porque a pessoa de carreira (funcionários) às vezes fica meio descom­pro­meti­da com o serviço”, reforçou.

Em meio a várias intenções de sugestões apresentadas por várias pessoas que estavam no mesmo ambiente, Marcos Roberto Pagliuco apontou que vai buscar o diálogo ao invés de agir com truculência e que vai fazer o possível pela melhoria, mas sem esbanjar dinheiro público.

Prometendo estar presente no tempo todo, uma das principais preocupações é com a integração do sistema. Com isso, ele espera acabar com a falta de medicamentos e também com as filas de espera por exames. “A gente quer fazer o possível. Não vai ter feriado, não vai ter final de semana. Vou ficar aqui a serviço da saúde do município”, avisou.

Sobre a integração do sis­tema, explicou que já tem conhecimento, provavelmente através do prefeito Fernando Augusto Cunha, de que pode haver casos em que o mesmo paciente passe pela UPA (U­nidade de Pronto Atendimento), por exemplo, saia com um pedido de exame e, no dia seguinte, passe por uma UBS (Unidade Bá­sica de Saúde), e outro médico também faça um pedido, às vezes, do mesmo tipo de exame.

“Este sistema está muito disperso. Com a implantação, o término das reformas das unidades es­tá próximo, nós vamos centralizar o atendimento de todas as unidades num banco de dados para fazer isso tudo bem mais rápido”, explicou.

Porém, com apenas dois dias de avaliação – ele passou por uma cirurgia no início da semana - Marcos Roberto Pagliuco explica que é necessário melhorar e muito a gestão, destacando, inclusive, que esse é o perfil dele.

Já a respeito do atendimento médico, principalmente em relação aos médicos propriamente dito, embora ainda não tenha conhecimento pleno da situação porque ainda não conversou com a categoria, explica que vai exigir o cumprimento da carga horária. Mas segundo o prefeito completou logo em seguida, o município gasta em torno de R$ 600 mil por mês com a remuneração desses profissionais.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
24 de Abril, 2018
Terno de Congada Chapéu de Fitas é atração do “Museu Vivo” nesta quinta - 82
24 de Abril, 2018
Prefeitura confirma apresentação do maestro João Carlos Martins para maio - 117
24 de Abril, 2018
Menino de 12 anos se enforca com o cinto em estrado de beliche em Altair - 606
24 de Abril, 2018
Idosa de 78 anos é roubada no centro e polícia prende o ladrão - 290
24 de Abril, 2018
Morador de Olímpia morre na Santa Casa de Barretos com suspeita de febre amarela - 278


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites