iFolha - O “negacionismo” e a falta de conscientização e de fiscalização vão ajudar o vírus matar muitos ainda

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 12 de Julho de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 10/07/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 21 de Junho, 2020 - 11:18
O “negacionismo” e a falta de conscientização e de fiscalização vão ajudar o vírus matar muitos ainda

“Onde a educação é precária e não promove a
reflexão que leva a conscientização, só resta
a saída fácil da prisão”.
Mestre Baba Zen Aranes.

 

TUDO COMEÇOU ...
... no início do mês de março. Foi no dia 10 daquele mês que a Saúde local anunciou que tínhamos o primeiro caso suspeito de estar contaminado com o novo coronavírus em Olímpia.


DIAS DEPOIS ...
... foi suspenso o campeonato internacional de tênis que estava sendo realizado no Thermas dos Laranjais com a presença de tenistas de todo o mundo, em razão da decretação da pandemia. Ou seja, que o vírus estava deixando o seu berço na China e definitivamente se espalhando pelo mundo.

NO DIA 17 ...
... já haviam 4 suspeitos. Mas foi no dia seguinte que sentimos na pele o início do principal sintoma de que os efeitos do novo co­ronavírus tinham chegado a Olímpia e que o estrago na economia seria grande.

NO DIA 18 ...
... de março o Thermas dos Laranjais anunciou que iria fechar suas portas a partir do dia posterior em razão da pandemia.

NO DIA 20 MARÇO, ...
... uma sexta-feira, o prefeito decretou a quarentena com o fechamento do comércio e serviços e permitindo o funcionamento apenas das atividades essenciais.

HOJE, 20 DE JUNHO ...
... está completando exatamente três meses desde então, e voltamos à estaca zero, ou seja, ao fechamento total, agora por ordem do governo do estado.

DE LÁ PARA CÁ, ...
... ou seja, nesse período de abril, maio e junho, foram mais de 1000 notificações, das quais, estamos chegando aos 10 por cento de casos confirmados, quase cem e, tristemente, dentre eles, três mortos em virtude das complicações que este vírus provoca.

MAS, MESMO QUE ...
... comerciantes e o próprio prefeito esperneiem alegando que a cidade ainda tem dados estatísticos melhores que a maioria das cidades brasileiras, a verdade é que o momento da subida da tal curva está chegando rapidamente, principalmente após a abertura da porteira e a soltura da boiada humana, com a última flexibilização decretada em primeiro de junho, com reabertura presencial de bares, restaurantes e lanchonetes, principalmente.

MAS, COM CERTEZA, ...
... o motivo da tal aceleração do crescimento de casos não se deu apenas por isso, mas, principalmente em razão da guerra política travada pelo o presidente desta república de bananas que insiste em não acreditar que o país que governa é diferente (infinitamente pior) em termos educacionais (e isto se exemplifica até pelo grau de falta de conhecimento e de capacidade que demonstrou o ministro da educação que pediu demissão) se comparado não só com Japão e Suécia, citados por ele, mas também com a grande maioria dos países da Europa ou do oriente.

NOSSO PAÍS ...
... tem 80% de sua população sem condições de ler e interpretar um texto, ou seja, sem linguagem suficiente para poder refletir e poder discernir a mentira da narrativa próxima da realidade.

A IMBECILIDADE, ...
... ficou provado, se dá em todos os níveis econômicos e faz com que grande parte da população fique sujeita a acreditar e a disseminar os tais dos fake news. É como se milhões de habitantes acreditassem no conto da carochinha ou no conto do bilhete premiado, ou ainda no conto do vigário.

E O QUE É ...
... pior, viram fanáticos defensores de teses esta­pa­fúrdias de que a terra é plana; de que vacina é coisa do diabo ou feita para que possam vender remédio; e ... que o novo coro­navírus é uma simples gripezinha...

TUDO ISSO ...
... aliado a três longos meses em que a mudança drástica do modo de vida, via confinamento e mudança de hábito, fizeram parecer que a situação não chegou em Olímpia. Algumas mortes e uma centena de contaminados não significaram muita coisa, diante da propaganda mentirosa e mortal dos “ne­ga­cionistas” (negar a realidade como forma de escapar de uma verdade descon­fortável. No caso, negar a ciência).

AÍ, QUANDO, ...
... o governo do Estado institui o seu programa de recuperação (flexibili­za­ção) e estabelece as tais fases coloridas (um verdadeiro semáforo) e Olím­pia vai para o sinal amarelo e reabre bares, lanchonetes e restaurantes, a orgia fica total.

A BOIADA ...
... que estava confinada no curral não quis nem saber. Saiu em disparada e perdeu totalmente o me­do, o controle, com bois e vacas humanos não acreditando que podem estar se tornando verdadeiros assassinos e decretando a morte de seus próprios parentes mais velhos ou com comorbidades.

E O QUE É PIOR, ...
... sem tomar as medidas de precaução necessárias, ou seja, abolindo a máscara, o distanciamento e até a higiene de lavar as mãos (principal meio de contaminação, pois pode coçar o rosto, onde estão as vias aéreas por onde o vírus entra) ou usar o tal do álcool gel.

AÍ, A BOIADA ...
... lotou bares, lanchonetes e restaurantes. Até música ao vivo ensaiavam promover.

SEM DISTANCIA­MENTO ...
... e higiene, a abertura da porteira do curral criou o clima de que tudo havia voltado ao normal. E o efeito começa a aparecer. Nos últimos dias, aumentou o número de inter­na­ções na Santa Casa (em Barretos disparou) por doenças respiratórias e o de casos confirmados e suspeitos.

OS IMBECÍS ...
... negacionistas das classes média e elite, junto com os zumbis que eles mesmo produziram na selva de pedra brasileira, criaram um exército de assassinos que perambulam pelas ruas e se enroscam uns nos outros, fungando no cangote, espirrando, tossindo e soltando cuspe pela fala, tudo abarrotado de vírus.

CONTRA ...
... o estouro da boiada do “admirável gado novo” de Zé Ramalho não existe outra saída a não ser a coerção através do bolso ou da própria lei penal, que pode ser usada para conter estes milhares de sem cérebro.

MAS É ANO ...
... político, nem uma coisa nem outra acontecem. Aqueles que deveriam enquadrar o gado no crime, não cumprem o seu dever e a prefeitura, com sete fiscais, não consegue ou também não quer fazer cumprir as próprias regras que determina através de decreto, punindo a aglomeração (falta de distancia­mento) e a falta de uso de máscara com multas diretas ao cidadão e, principalmente, ao proprietário do estabelecimento que não exige o cumprimento das normas de prevenção.

SEM UMA COISA ...
... nem outra, a punição vem de outra forma e vai prejudicar até quem está consciente e cumprindo as determinações. Pois, claro, gente, em todos os setores tem gente consciente. Não estamos totalmente perdidos. Mas os inocentes vão pagar pelos pecadores.

VOLTAMOS À ESTACA ...
... zero da tal flexibi­li­za­ção, ou simplesmente ao ponto em que realmente tenhamos que voltar por sermos o que somos, seres que acham que sabem tu­do, mas ainda caem no conto do vigário e acreditam e replicam tudo sem conferir, sem refletir, e, como animais, apenas reagem na defesa do próprio umbigo, o outro que se lasque.

José Salamargo ... tomou, papudo ou papuda? Já já você vai ter que repensar e rasgar sua bandeira com a tese de que ninguém morre por causa de uma gripezinha. Vamos voltar para o curral, pois somos admiráveis gados novos.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
10 de Julho, 2020
Olímpia continua na fase Laranja (2) do Plano São Paulo de flexibilização - 233
09 de Julho, 2020
Santa Casa registra a sua sétima morte por Covid-19 na 5.ª feira - 1180
09 de Julho, 2020
Garota de sete anos e adolescente de 16 estão entre os casos confirmados de covid-19 da quinta-feira, 09 - 575
08 de Julho, 2020
Santa Casa registra a segunda morte no mesmo dia causada pela covid-19 - 684
08 de Julho, 2020
Morre o quarto paciente de Olímpia por covid-19 e mais 11 casos são confirmados na 4.ª feira, 08 - 519


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites