iFolha - O Dia do Fico: D. Pedro decidiu ficar no Brasil; nove meses depois, proclamaria a independência da nação brasileira.

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 28 de Janeiro de 2021
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 28/01/2021
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 02 de Janeiro, 2021 - 18:26
O Dia do Fico: D. Pedro decidiu ficar no Brasil; nove meses depois, proclamaria a independência da nação brasileira.

03/01

- Os Estados Unidos da América rompem relações diplomáticas com Cuba (1961)

 

04/01

- Dia do Hemofílico

- Chegada de Mem de Sá, terceiro Governador-Geral, ao Brasil (1558)

- Dia da Abreugrafia

- Nascimento de Casimiro de Abreu (1837)

 

05/01

- Criação da 1ª Tipografia no Brasil

- Cordões de Reis - São Luís (MA) - Dias 5 e 6
- Entrada triunfal dos brasileiros em Assunção (Paraguai) sob o comando de Caxias (1869)

 

06/01

- Criação do Estado do Acre (1963)

- Descoberta de Angra dos Reis (1502)

- Dia da Gratidão

- Dia de Reis

- Folia de Reis - Várias regiões do Piauí e litoral de São Paulo

- Plebiscito que restabelece o sistema presidencialista no Brasil (1963)

 

07/01

- Dia da Liberdade de Cultos

- Dia do Leitor

- Criação de um governo central no Brasil por Carta Régia de D. João III (1549)

- Criação dos "Corpos Voluntários da Pátria", pelo Decreto Imperial nº 3371, para lutarem na Guerra do Paraguai (1865)

 

08/01

- Dia Nacional da Fotografia

- Dia Nacional do Fotógrafo

 

09/01

- Dia da Bandeira do Paraná (1892)

- Dia do Astronauta

- Dia do Fico (1822)

- Estabelecimento de eleições diretas no Brasil (1881)

- Morte de Nicolau Durand de Villegaignon, fundador da França Antártica na Baía de Guanabara (1571)

 

Pressionado pela população e pelos jornais, e cada vez mais impaciente com as exigências das Cortes Portuguesas, D. Pedro decidiu ficar no Brasil; nove meses depois, proclamaria a independência da nação brasileira.

 

O Dia do Fico

No mês de dezembro de 1821, chegaram ao Rio de Janeiro os decretos das Cortes de Lisboa datados de setembro, nos quais se suprimiam importantes tribunais do Brasil e se ordenava a D. Pedro que elegesse uma Junta Provisória para governar e retornasse a Portugal a fim de completar sua educação com viagens pela Europa.

Os brasileiros viram imediatamente nesses decretos a intenção de fazer o Brasil voltar à situação de colônia.

Houve então um movimento para mobilizar a opinião pública e pressionar o príncipe a desobedecer às ordens das Cortes de Lisboa, ficando no Brasil.

A população do Rio de Janeiro manifestou-se através de um abaixo-assinado; paralelamente foram enviados emissários a São Paulo e Minas Gerais com o objetivo de obterem junto às respectivas Juntas Governativas manifestações semelhantes à do Rio.

A iniciativa teve inteiro êxito e, assim, ocorreu no dia 09 de janeiro de 1822, o episódio que ficou na História do Brasil como sendo o "Dia do Fico".

O príncipe regente D. Pedro anunciou sua decisão com as seguintes palavras: "Convencido de que a minha presença no Brasil interessa ao bem de toda a nação portuguesa, e conhecido que a vontade de algumas províncias assim o requer, demorarei a minha saída até que as Cortes e meu Augusto Pai e Senhor deliberem a este respeito, com perfeito conhecimento das circunstâncias que têm ocorrido. Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto: diga ao povo que fico!".

Depois, o príncipe dirigindo-se à multidão que o aplaudia, muito comovido, acrescentou: "Agora, só tenho a recomendar-vos, união e tranquilidade".

Houve reação das tropas portuguesas que estavam acantonadas no Brasil, mas D. Pedro agiu com pulso firme e, após muita discussão, começou o embarque das tropas portuguesas em cinco navios, que seguiram para Portugal no dia 10 de fevereiro daquele ano.

Um novo gabinete foi formado, com José Bonifácio de Andrada e Silva na pasta do Reino e Estrangeiros, exercendo grande influência sobre D. Pedro, o que faria da figura desse paulista de Santos a personagem principal da Independência do Brasil.

 


 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
28 de Janeiro, 2021
O regresso para a fase vermelha foi o principal tema do Cidade em Destaque de segunda-feira, 25. - 32
28 de Janeiro, 2021
Olímpia recebe 480 doses da vacina da Fiocruz e pode imunizar 1120 pessoas - 90
26 de Janeiro, 2021
Falta de consciência da população mata mais dois por covid-19 em Olímpia na 2.ª - 359
25 de Janeiro, 2021
Perda de audição, uma doença silenciosa! - 88
25 de Janeiro, 2021
Costa Rica tem natureza com belas paisagens - 99


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites