iFolha - O Poder das Cores - Um guia prático de cromoterapia para mudar a sua vida iFolha - Rio Preto confirma mais quatro casos positivos de coronavírus e vai a 16

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 25 de Setembro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 24/09/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 24 de Março, 2020 - 15:45
O Poder das Cores - Um guia prático de cromoterapia para mudar a sua vida

O Poder das Cores
Como seria aplicar as cores para ter um relacionamento saudável e feliz? Ou usá-las de forma simples e prática para se energizar depois de um dia cheio de atividades? Imagine ter mais disposição para fazer suas tarefas no trabalho e ainda cumprir as suas metas pessoais ao utilizar técnicas de cromoterapia. Além de uma beleza inata, as cores possuem propriedades terapêuticas que contribuem com o nosso equilíbrio físico, mental, energético, emocional e espiritual. Neste livro, você vai aprender como usá-las a seu favor, pois está em suas mãos um guia com exercícios para colocar em prática a partir de agora. Você poderá fazer no seu dia a dia, em um ambiente da sua casa que está precisando de uma nova atmosfera, ao usar uma peça de roupa, comer um alimento ou simplesmente visualizar a cor que contém a vibração de que mais necessita. Além disso, você terá condições de ajudar as pessoas da sua família, e até mesmo o seu animal de estimação. De Marcelo U. Syring, o livro tem 184 páginas e é da Luz da Serra Editora.

 

Não Pararei de Gritar
"Senhores/O sangue dos meus avós/Que corre nas minhas veias/São gritos de rebeldia", declara Carlos de Assumpção no emblemático "Protesto". Escrito em 1956, o poema causou furor quando foi apresentado ao público pela primeira vez, na Associação Cultural do Negro, em São Paulo. Seus versos reescrevem a diáspora africana e denunciam um Brasil que traz na sua origem as marcas da injustiça, da desigualdade e da discriminação social. Décadas mais tarde, sua atualidade se mantém. Com dor e revolta, mas também com vitalidade e esperança na construção de um país mais justo, a poesia de Carlos de Assumpção é um testemunho poderoso sobre os tempos em que vivemos, um símbolo de luta contra o silenciamento e a opressão histórica. Esta edição conta com organização e posfácio de Alberto Pucheu. Com 176 páginas, o livro é da Editora Companhia das Letras.

 

Berta Isla
Berta Isla e Tom Nevinson não passavam de adolescentes quando se conheceram e se apaixonaram. Em 1974, poucos anos depois das primeiras trocas de olhares no colégio madrilenho, já eram marido e mulher. Berta não sabia, mas Tom – filho de pai inglês e mãe espanhola, fluente em várias línguas e capaz de imitar sotaques e dicções com perfeição – fora recrutado para o serviço secreto britânico pouco antes do casamento. Tom engana Berta como pode, até que um incidente horripilante o obriga a revelar a atividade a que dedica boa parte dos dias. A regra, acatada por ela ao descobrir que o marido é um espião, e que deve valer por toda uma vida, é não fazer perguntas. Berta concorda, assim, em ignorar metade da existência de Tom, o que inclui a natureza de seus atos e os lugares por onde ele andou. Vivemos no escuro, diz ela, e mal conhecemos a pessoa com quem estamos casados. O quanto ainda há em Tom daquele adolescente que Berta conheceu e por quem se apaixonou? Javier Marías retorna, aqui, ao tema da espionagem, eixo da monumental trilogia “Seu Rosto Amanhã”. Com a prosa elegante de sempre, disseca não apenas os perigos e dilemas morais de se levar uma vida dupla, mas as marcas que as zonas de sombra podem deixar no afeto e na intimidade. Com 552 páginas, o livro é da Editora Companhia das Letras.

 

Questão de Ênfase
Susan Sontag foi uma das mais influentes intelectuais contem- porâneas. Polivalente, ela nunca se contentou apenas com a crítica literária e, desde os anos 1960, aliava o ensaísmo mais rigoroso a um incessante ativismo político. Sontag esteve entre os poucos intelectuais que decidiram manifestar sua solidariedade à capital da Bósnia, sitiada e bombardeada diariamente pelos sérvios durante a guerra. "Esperando Godot em Sarajevo", incluído nesta coletânea, relata a estada de Sontag na cidade, onde dirigiu uma versão da famosa peça de Samuel Beckett, em 1993. O espetáculo estreou à luz de velas (a energia elétrica tinha sido cortada) e ao som de bombas e tiros de franco-atiradores. "Cultura, cultura séria, é uma expressão da dignidade humana", afirmava Sontag. Os ensaios dedicados à literatura e às artes visuais mostram o mesmo interesse pelo mundo. Seus comentários se voltam para artistas e escritores de toda parte: Jorge Luis Borges, Roland Barthes, Robert Mapplethorpe, Joseph Brodsky, Juan Rulfo, Elizabeth Hardwick, Machado de Assis, entre muitos outros. Com 408 páginas, o livro é da Editora Companhia de Bolso.



Olimpia, 30 de Março, 2020 - 09:14
Rio Preto confirma mais quatro casos positivos de coronavírus e vai a 16

DA REDAÇÃO COM DIÁRIO DA REGIÃO
A Secretaria Municipal de Saúde de São José do Rio Preto confirmou no domingo, 29, mais quatro casos positivos do novo coronavírus (Covid-19). Com mais esses casos, sobe para 16 o número de pessoas infectadas naquela cidade. 

De acordo com a pasta, os pacientes são: uma mulher de 53 anos, profissional da saúde. Ela teve início dos sintomas no dia 19 de março, não se internou e permaneceu em isolamento domiciliar. Ela tem histórico de viagem a São Paulo e o caso é considerado leve. 

O outro caso também é de uma mulher de 59 anos, que teve início dos sintomas no dia 16 de março. Ela foi atendida no hospital no dia 19 deste mesmo mês, não internou e está em isolamento domiciliar. Tem histórico de viagem pelo interior de São Paulo. Caso também é leve. 

O 15º caso é um idoso, de 70 anos, com comorbidades. Ele começou a sentir os sintomas no dia 13 deste mês e está internado desde o último dia 23 na enfermaria. O caso é importado, ele esteve na Argentina.  

E o 16º caso é de um homem de 37 anos, que apresenta comorbidades. Ele teve os sintomas no dia 13 de março, foi atendido no dia 20 e não tem histórico de viagem. Ele está em isolamento domiciliar. 

A situação de Rio Preto começa a preocupar as autoridades em Saúde por um possível colapso no sistema de saúde daquela cidade. Na região, segundo apurou o Diário, as enfermarias e UTIs dos hospitais estão cheias de gente com doenças respiratórias, que tanto podem ser vírus de gripe comum quanto de Covid-19.

O Hospital de Base tem 100 leitos de enfermaria e 50 de UTI previstos para coronavírus e a Santa Casa adaptou 22 leitos que seriam comuns para alta complexidade, para atender pacientes com gripe. As autoridades temem um colapso no sistema público.

Os dos primeiros pacientes que tiveram a doença confirmada em Rio Preto já estão curados e puderam ser liberados do isolamento por causa da contaminação - eles devem continuar em casa, mas porque a recomendação é essa para todos os moradores da cidade.

EPIS PREOCUPAM

O Hospital de Base prevê cem leitos de enfermaria e mais 50 leitos para coronavírus, fazendo ampliações que já estavam previstas, mas que demorariam mais para acontecer. Uma das grandes preocupações, de acordo com o diretor-executivo da Funfarme, Jorge Fares, são os equipamentos de proteção individual para os profissionais da saúde - o consumo de luvas, aventais e máscaras se multiplicou, bem como os preços. Enquanto isso, os itens estão desaparecendo do mercado.

Além de respiradores, que estão custando cerca de R$ 90 mil cada e estão em falta, no caso de uma epidemia de grandes proporções, como a da Itália, que está escolhendo tratar aqueles pacientes com maiores chances de sobreviver, há outros equipamentos necessários, como ventiladores para UTI (cerca de R$ 3 mil), monitores para UTI (cerca de R$ 1 mil) e cama elétrica (cerca de R$ 500). Parte dos itens é importada.

RIO PRETO TEM TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA

Rio Preto já tem transmissão comunitária de coronavírus. Dois pacientes contraíram Covid-19 sem ter saído da cidade, ou seja, o vírus está circulando no município. O "dia zero", oficialmente o primeiro de transmissão comunitária, é um marco negativo, pois agrava a situação da epidemia.

CASOS CONFIRMADOS NA REGIÃO

Na região noroeste começam a surgir os primeiros casos de Covid 19 confirmados. Já são mais de 10. Em Mirassol foi confirmada a suspeita de homem de 49 anos com histórico de viagem para São Paulo. Em Fernandópolis de homem de 55 anos (à espera da contraprova do Adolfo Lutz).

Três moradores de Rio Preto que morreram neste mês foram testados para Covid-19. Uma delas é uma gestante de 28 anos cujos primeiros exames deram positivos para gripe comum; o outro é um idoso de 83 anos que faleceu nesta quarta-feira, 25, na Santa Casa; e o último é um homem de 43 anos que estava internado na Santa Casa e apresentava uma pneumonia.

QANDO PROCURAR ATENDIMENTO

Os principais sintomas são: febre; tosse; coriza; nariz congestionado; espirros; dor de cabeça; dor de garganta; dificuldade para respirar.

Pacientes com sintomas graves (falta de ar, cansaço, dores que não cessam e febre alta) devem procurar por a rede pública.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
24 de Setembro, 2020
Cidade em Destaque de quinta, 24, noticiou que Olímpia tem taxa de mortes pela covid-19 acima da média nacional e que por enquanto apenas Cunha e Olmos registraram candidatura. - 119
23 de Setembro, 2020
Olímpia registra 36 positivos e uma morte suspeita na quarta-feira - 285
23 de Setembro, 2020
Novo decreto regula a reabertura de parques e autoriza eventos e até shows em restaurantes - 226
23 de Setembro, 2020
Policia Ambiental aplica multa de quase um milhão por queimada em propriedade rural e ciclistas de Olímpia são destaque na TV TEM foram temas do Cidade em Destaque de quarta-feira, 23. - 199
22 de Setembro, 2020
Cidade em Destaque de terça-feira, 22, comentou que família de Niquinha espera que ele receba alta neste fim de semana, centro continua sendo o bairro com mais registros de covid-19 e os números da pandemia. - 263


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites