iFolha - O livro Uma Sensação Estranha já chegou nas livrarias

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 23 de Agosto de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 21/08/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 10 de Abril, 2017 - 19:16
O livro Uma Sensação Estranha já chegou nas livrarias

Compre-me o Céu
Este livro fala de homens e mulheres nascidos na China depois de 1979 - as gerações recentes criadas sob a política do filho único. Dentro de suas famílias, são vistos como príncipes, mas tanto afago os tornou isolados, confusos e incapazes de lidar com a vida prática. Do filho de um executivo incapaz de arrumar a própria mala ao aluno de doutorado que superou a extrema pobreza, Xinran mostra como essas gerações encarnam os medos e as esperanças de um grande país num tempo de mudanças sem precedentes. É um momento de fragmentação, em que o capitalismo convive com o comunismo, a cidade com o campo e as oportunidades do Ocidente com as tradições do Oriente. Por meio das fascinantes histórias de filhos únicos, capturamos uma faceta decisiva da China contemporânea. De Xiran, o livro tem 444 páginas e é da Editora Companhia das Letras.



Nossas Noites
Em Holt, no Colorado, Addie Moore faz uma visita inesperada a seu vizinho, Louis Waters. Viúvos e septuagenários, os dois lidam diariamente com noites solitárias em suas grandes casas vazias. Addie propõe a Louis que ele passe a fazer companhia a ela ao cair da tarde para ter alguém com quem conversar antes de dormir. Embora surpreso com a iniciativa, ele aceita o convite. Os vizinhos, no entanto, estranham a movimentação da rua, e não demoram a surgir boatos maldosos pela cidade. Aos poucos, os dois percebem que manter essa relação peculiar talvez não seja tão simples quanto parecia. Neste aclamado romance, Kent Haruf retrata com ternura e delicadeza o envelhecimento, as segundas chances e a emoção de redescobrir os pequenos prazeres da vida - que pode surpreender e ganhar um novo sentido mesmo quando parece ser tarde demais. Com 160 páginas, o livro é da Editora Companhia das Letras.



Tancredo Neves, o Príncipe da Reforma
Silencioso nas articulações políticas e estrondoso na tribuna, Tancredo Neves participou dos momentos mais impactantes da história brasileira. Foi ministro da Justiça de Getúlio Vargas em 1954. Primeiro-ministro da experiência parlamentarista de João Goulart em 1961. Líder do governo, senador e governador de Minas Gerais. Nos 21 anos de resistência pacífica ao regime militar, costurou a derrocada da ditadura em 1985 aceitando eleger-se presidente, ainda que sob regras não democráticas. A posse, marcada para 15 de março, não aconteceu. Mais do que uma biografia, o livro de Plínio Fraga é uma grande reportagem sobre a política brasileira e os bastidores do poder entre as décadas de 1950 e 1980. De Plínio Fraga, o livro tem 648 páginas e é da Editora Objetiva.



Uma Sensação Estranha
O principal personagem da obra de Orhan Pamuk não costuma ser uma pessoa, mas uma cidade: Istambul. Em “Uma Sensação Estranha” não é diferente. A transformação da cidade ao longo de várias décadas é apresentada pelos olhos de um vendedor ambulante, Mevlut, que passeia pelas ruas com potes de iogurte, arroz, ervilha e boza - uma bebida turca típica, feita com trigo fermentado. Nascido num pobre vilarejo, Mevlut sai de casa aos doze anos rumo à cidade grande. Ali começa uma série de tentativas falhas de estudar, abrir negócios, engajar-se politicamente. Quando Mevlut chega à meia-idade, todos a seu redor estão de olho nas benesses fugazes de uma Turquia que se moderniza. Em “Uma Sensação Estranha”, Pamuk pinta um quadro brilhante da vida entre os recém-chegados que transformaram Istambul ao longo dos últimos cinquenta anos. Com 592 páginas, o livro é um lançamento da Editora Companhia das Letras.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
21 de Agosto, 2017
O celular e as rugas no pescoço - 75
21 de Agosto, 2017
CD Austro Selections – Tupinimbass chegou nas lojas - 34
21 de Agosto, 2017
O filme Borboleta Negra está nas locadoras - 34
21 de Agosto, 2017
Geleia de Tangerina - 32
21 de Agosto, 2017
Compota da Figos Maduros - 34


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites