iFolha - Olímpia é 15ª melhor cidade para terceira idade no Brasil

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 28 de Maio de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 28/05/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 14 de Maio, 2017 - 14:21
Olímpia é 15ª melhor cidade para terceira idade no Brasil


Dados do Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon/Fundação Getúlio Vargas, divulgado em março de 2017, indicam que Olímpia é a 15.ª melhor cidade para viver e envelhecer no Brasil entre as com 50 mil e 100 mil habitantes.

No entanto, duas delas estão em posição de destaque maior, sendo que Fernandópolis ocupa a quarta colocação e Votuporanga aparece em sexto lugar. Segundo o instituto, foram avaliadas 348 cidades brasileiras.

O estudo leva em conta cuidados de saúde, bem-estar, finanças, habitação, educação e trabalho, cultura e engajamento, mais indicadores gerais - que englobam agressão à vida, distribuição de renda, expectativa de vida ao nascer, taxa de desemprego e violência no trânsito.

Na região, entre as 25 melhores, além de Olímpia (15ª), aparecem  Fernandópolis (4.ª); Votuporanga (6.ª); Bebedouro (10.ª); e Mirassol (25.ª).

Dentro de cada item, o Instituto avaliou uma série de informações que vão desde carga tributária a número de hipertensos, diabéticos e até número de casamentos e acesso à internet.

A Prefeitura Municipal de Olímpia informou que conta com seis núcleos para a terceira idade, atividades físicas no centro de convivência do idoso, centro dia do idoso (creche e atividades com fisioterapeuta), atendimento médico priorizando o idoso e projetos de alfabetização para essa faixa etária.

O bom desempenho de Fernandópolis é atribuído principalmente à área de assistência social, por conta da adesão, em 2014, ao Programa São Paulo Amigo do Idoso, que envolve cumprir sete metas, entre elas criar o Conselho Municipal do Idoso, realizar diagnóstico de gestão sobre as políticas voltadas para o idoso e incluir ações para garantia dos direitos nos planos municipais de saúde e de assistência social.

A educação dos idosos foi o ponto mais forte de Votuporanga. No quesito educação e trabalho para os idosos a cidade é a melhor do Brasil, na avaliação do ranking. Para o prefeito João Dado, isso ocorreu por conta da ampliação do programa de treinamento profissional do idoso, que conta atualmente com dois mil alunos.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
28 de Maio, 2017
Polícia apura possível incêndio criminoso no J. Miessa - 124
28 de Maio, 2017
Acidente com ex-vereador deixa uma camareira ferida - 184
28 de Maio, 2017
Trabalhador rural é preso por furto de energia elétrica - 263
28 de Maio, 2017
Campanha contra a Gripe é prorrogada até 9 de junho - 129
28 de Maio, 2017
Assinados o contrato e a ordem de serviço para reurbanizar Marginal - 140


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites