iFolha - Olímpia já pode ter passado de 60 mortos pela covid-19

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 31 de Outubro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 31/10/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 05 de Outubro, 2020 - 18:03
Olímpia já pode ter passado de 60 mortos pela covid-19

CURVA DESCENDENTE!
A 59.ª morte ocorrida no domingo, 04, foi de Ana
Siqueira da Costa, 73 anos, que faleceu
em casa. Foram cinco óbitos nos últimos
três dias. Uma confirmada, três suspeitas
oficiais e uma suspeita anunciada
por parente no “Face”.

 

Embora tenha ficado alguns dias sem registrar nenhum óbito por complicações da Covid-19 e com redução de número de casos positivos e de internações, Olímpia pode ter ultrapassado os 60 mortos vítimas do novo coronavírus neste final de semana.

A 58.ª foi na quarta-feira, 30 de setembro, mas entre sábado e domingo mais uma confirmada e três suspeitas. Sem contar que no início da tarde de segunda-feira, 05, o radialista Luciano Buzzoni comunicou a morte de sua mãe a seus amigos em seu perfil do Face. Portanto, de sábado a segunda-feira, três dias, uma morte confirmada e quatro suspeitas.

A 59ª morte por Covid-19 foi de foi de Ana Siqueira da Costa, 73 anos, que estava infectada pelo novo coronavírus, mas não estava internada em nenhum hospital de Olímpia e região, faleceu em sua casa.

Além disso, outros três casos suspeitos estão sendo investigados, sendo um óbito registrado no sábado, 03, de um homem de 74 anos, que estava em atendimento na UPA, e dois no domingo, 04, de um senhor de 78 anos, que estava internado na Santa Casa de Barretos, e uma mulher de 86 anos hospitalizada na Beneficência Portuguesa, em Rio Preto.

A quarta morte suspeita veio à público na tarde de segunda-feira, 05, por volta das 16 horas, quando o radialista Luciano Buzzoni publicou em seu perfil no Facebook: “É com o coração em pedaços que infelizmente informo o falecimento de minha mãe! Por ter uma suspeita de Covid-19 não haverá velório!”.

A prefeitura deve confirmar as três mortes suspeitas do final de semana e a de segunda-feira nos próximos dias, com a chegada dos exames, se as mortes foram realmente em razão da pandemia. Mas as famílias tiveram que enterrar seus entes queridos sem dar o último adeus, ou seja, sem realizar o velório.

Com cinco mortes em cinco dias e se todas forem confirmadas como tendo sido provocada pelo coronavírus, a cidade terá iniciado o mês de outubro no mesmo ritmo de agosto, mês do pico da pandemia, com um caso por dia e diferente de setembro, quando o índice chegou a um óbito a cada dois dias.

A 58.ª morte ocorrida na quarta-feira, 30, foi de Victal Crepaldi, 88 anos, internado no Hospital Nossa Senhora Barretos há vários dias.

A 57.ª foi Sebastião Honório Pereira que estava internado há vários dias na Santa Casa local e faleceu terça-feira, 29.

O 56.º óbito por Covid tirou a vida na manhã de terça-feira, 29, do marceneiro e garçom Antonio Candido Monteiro, de 81 anos que estava internado há aproximadamente 15 dias na Santa Casa local.

A 55.ª morte se deu na segunda-feira, 28, quando perdeu a vida por complicações da Covid-19, Luzia Alves dos Santos, de 84 anos, que também estava internada na UTI do Nossa Senhora em Barretos.

Já a 54.ª aconteceu no domingo, 27, na UTI do Hospital Nossa Senhora em Barretos e vitimou Antonio Batista Henrique, de 72 anos.

PIOR DO QUE O PIOR PAÍS DO MUNDO EM NÚMERO DE MORTOS POR 100 MIL HABITANTES

Por outro lado, com 59 casos registrados até aqui, Olímpia passa a ter um número de casos de mortes por Covid-19 por 100 mil habitantes bem superior a média brasileira, situando-se entre os piores índices do mundo com 107 óbitos por 100 mil.

Na conta feita pelos especialistas, divide-se o número de mortes (59) pelo número de habitantes (55.130) e depois se multiplica o resultado por 100 mil, o que dá um resultado de 105,20.

OUTROS NÚMEROS

Até agora morreram 43 homens e 16 mulheres; 02 em maio, 03 em junho, 05 em julho, 31 em agosto, 17 em setembro e 01 em outubro. Quanto a idade, a faixa com maior número é a entre 70 a 79 anos com 19 óbitos (13 homens e seis mulheres); depois vem os que estão entre 80 e 89 também com 14 (10 homens e 04 mulheres); em terceiro os que se situam entre 60 e 69 com 13 (09 homens e 04 mulheres); depois vem os que estão entre 50 e 59, cinco homens; entre 40 e 49, dois homens e uma mulher; de 30 a 39 três homens; e nos dois extremos, com menos de 29 e acima de 90 apenas um cada.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
31 de Outubro, 2020
Debate entre os candidatos a prefeito de Olímpia será na 4ª feira na OAB e transmitido por consórcio de imprensa - 41
31 de Outubro, 2020
Acidente mata o presidente do Conselho do Thermas advogado Mário F. Montini - 1122
29 de Outubro, 2020
Motorista da Daemo denúncia suposta proposta para sabotar água da cidade e juiz manda suspender o “Blog da Verdade” foram os principais assuntos do Cidade em Destaque de quinta-feira, 29. - 256
29 de Outubro, 2020
Gravação surpresa do vereador Niquinha agradecendo as orações que recebeu, mais uma morte por Covid-19 e a extinção do processo do “chapeludo” foram os temas principais do Cidade em Destaque de quarta-feira, 28. - 209
28 de Outubro, 2020
Prefeitura interdita ponte na vicinal Matadouro/Kimberlit - 186


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites