iFolha - Olímpia volta a ter sete suspeitos de coronavírus

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 01 de Abril de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 01/04/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 22 de Março, 2020 - 15:40
Olímpia volta a ter sete suspeitos de coronavírus

Embora a Saúde de Olímpia não esteja mais fazendo exames em suspeitos de contaminação para o coronavírus, a não ser naqueles em estado grave e internados, por força de decreto estadual publicado em 19 de março último, o Boletim Epidemiológico expedido no meio da tarde de domingo, 22, mostra que Olímpia voltou a ter sete suspeitos, com mais um caso comunicado.

Na sexta-feira, 20, o número de suspeitos que estava estabilizado em sete há vários dias, havia caído para seis, com a chegada do resultado de um exame dando negativo para o primeiro caso de suspeição registrado em Olímpia.


Segundo a informação passada pela prefeitura no Boletim de domingo, 22, “a secretaria de Saúde de Olímpia esclarece que, neste momento, passou a monitorar sete casos SUSPEITOS do Covid-19 (Coronavírus) no município. No total, são cinco mulheres, com idades de 30, 36, 57, 59 e 63 anos; e dois homens de 39 e 45 anos”.

“A última notificação foi de uma olimpiense, de 63 anos, que esteve internada na Santa Casa de Barretos. Todos pacientes passam bem, estão em isolamento domiciliar e são acompanhados pela Vigilância Epidemiológica. Na última sexta-feira, 20 de março, o primeiro caso suspeito, de uma mulher de 34 anos, foi descartado. Os exames dos pacientes permanecem sob análise do Instituto Adolfo Lutz (IAL). A demora em divulgar os resultados é decorrente da alta demanda que o próprio instituto vem recebendo”.

Segundo a informação passada da semana passada, a prefeitura, de acordo com a Resolução SS-28, de 17 de março de 2020, publicada no diário oficial do Estado de São Paulo, nº 54, de 19 de março de 2020, os exames a partir daquela data passariam a ser realizados apenas em pacientes internados graves ou críticos. Somente será alvo de notificação pacientes com síndrome respiratória aguda grave que forem internados.

Portanto, para alguns especialistas da área, diferentemente da Coreia do Sul, por exemplo, que conseguiu tratar a epidemia com bastante sucesso, muitos casos de pessoas infectadas e sem a manifestação mais grave da doença não serão contabilizados, dificultando assim a análise, o monitoramento e o próprio controle da epidemia.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
01 de Abril, 2020
Juíza nega liminar para incluir hotel de Olímpia como atividade essencial durante a pandemia - 179
01 de Abril, 2020
Jovem de 27 anos é nova suspeita de ter contraído o novo coronavírus em Olímpia - 127
31 de Março, 2020
Olímpia passa três dias seguidos sem novos suspeitos do novo coronavírus - 105
31 de Março, 2020
Terceiro lote de vacinas da gripe esgotam no meio da tarde de terça - 362
31 de Março, 2020
Prefeito explica medidas envolvendo servidores, anuncia doação do próprio salário e compra de testes para coronavírus - 108


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       














Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites