iFolha - Olimpiense morre após ter carro atingido por um caminhão no trevo do Tamanduá

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 21 de Janeiro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 20/01/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 30 de Dezembro, 2018 - 22:53
Olimpiense morre após ter carro atingido por um caminhão no trevo do Tamanduá

Uma olimpiense de 62 anos de idade acabou perdendo a vida em acidente ocorrido por volta da 11h­40 da manhã de domingo, 23, na rodovia Assis Cha­teaubriand, Km 140, trevo do Taman­duá, envol­ven­do um veículo VW Gol de cor prata, ano 2014, placas de Olímpia e um ca­mi­nhão Mercedez Benz, modelo 2540 S Axor, pertencente a Transportadora E.­A. Peres de Cianorte (PR).

Segundo consta no bo­letim de ocorrência, a o­lim­piense Maria Carolina Darozo Bandeira, 28 anos, professora, moradora do centro de Olímpia, dirigia o carro VW Gol, tendo ao seu lado a mãe, Zélia Tere­zinha Darozo Bandeira, 62 anos, quando ocorreu o a­cidente. Consta que elas iam com familiares - que estavam em outro carro - almoçar num pesque e pa­gue.


Segundo o relato dos policiais rodoviá­ri­os Leo­nar­do e Ferreira, da base de Barretos foi apurado que a carreta con­duzi­da pe­lo motorista Itamar José Machado, 62 a­nos, mo­rador de Cianorte (PR), trafe­ga­va pela referida rodovia no sentido O­límpia - Rio Pre­to e no momento em que passava pelo trevo do Ta­manduá, o automóvel VW Gol, con­duzido por Maria Carolina e sua mãe Zélia, não observou a aproximação do caminhão e cruzou a pista.

Mesmo com o esforço do motorista para evitar a colisão, o carro acabou sen­do colhido pela car­re­ta que colidiu em cheio na lateral direita do automóvel, exatamente do lado onde estava a vítima fatal.

Após a colisão, Zélia e Maria Carolina, mãe e fi­lha, foram socorridas pelas equipes de socorro que estiveram no local.

Maria Carolina, que dirigia o carro, já havia saído do veículo e estava em estado de choque no carro de familiares. Ambas foram levadas ao Pronto A­tendimento de um plano de saúde em Olímpia.

Zélia, no entanto, não resistiu aos ferimentos gra­ves e acabou morrendo antes mesmo de dar entrada no Pronto Atendimento. Carolina, a filha, foi a­tendida e consta que apesar de ter sofrido apenas escoriações leves, ficou em observação devido ao seu estado de choque.

Zélia Terezinha era esposa do empresá­rio Ser­gio Bandei­ra e deixa os fi­lhos João Emilio, Carolina e Maria Antonia.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
20 de Janeiro, 2019
Circo da Aurora quer aumentar salários e número de figurantes no picadeiro? - 93
20 de Janeiro, 2019
Padeiro é flagrado com revólver calibre 22 dentro de uma sacola - 94
20 de Janeiro, 2019
Mototaxista é preso no trabalho por ter sido condenado por roubo - 136
20 de Janeiro, 2019
Dupla de Olímpia presa passando notas falsas de R$ 50,00 no centro de Guaraci - 62
20 de Janeiro, 2019
Postagem sobre “sequestro de crianças” nas redes sociais causa pânico na cidade - 98


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites