iFolha - Os Réveillons mais cobiçados do planeta

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 20 de Outubro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 18/10/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 02 de Janeiro, 2018 - 17:50
Os Réveillons mais cobiçados do planeta

Receber o Ano Novo, pisando nas areias de Copacabana, brindando e admirando a maravilhosa queima de fogos é um momento inesquecível para brasileiros e para os inúmeros turistas internacionais / GB Imagem



Antes ou depois de curtir o Réveillon de Copacabana claro que você não pode deixar de conhecer o principal cartão-postal do Brasil, o Cristo Redentor do Rio de Janeiro / GB Imagem

 

 

Você sabia que os Réveillons mais cobiçados do planeta são dos do Rio de Janeiro, Nova York e Paris? E, por via de regra, esses são também os destinos mais procurados pelos brasileiros para comemorar a data. Sendo assim, estas cidades, nesta época do ano são procurados por turistas do mundo inteiro e costumam ficar bem cheias, o que não impede os viajantes de aproveitarem a virada no ano com glamour, os pontos turísticos e as mais diversas atrações oferecidas nas três cidades.

Para que tudo dê certo e o turista aproveite ao máximo a viagem, que afinal não é nem um pouco barata, ainda mais na época em que estamos vivendo, algumas dicas são muito importantes.

Em nosso querido Rio de Janeiro, o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a Praia de Copacabana e a Praia de Ipanema são os locais mais conhecidos e desejados e ficam cheios durante essa época do ano, mas não tem como deixar para trás, caso seja a primeira visita à Cidade Maravilhosa,  outros pontos turísticos que valem a pena conhecer são: Aquário AquaRio (Gamboa), Museu do Amanhã (Centro), Igreja da Candelária (Centro), Maracanã (Maracanã).

Para sentar e apreciar - Anexo ao aeroporto Santos Dumont, no Centro, há o shopping Bossa Nova que conta com diversas opções de restaurantes e bares. Além disso, a cidade conta também com Churrascaria Fogo de Chão no bairro de Botafogo, Casa da Suíça na Glória, Adegão Português em São Cristóvão, Margutta - um excelente restaurante mediterrâneo - em Ipanema, Esch Café - onde se pode fumar charutos cubanos – no Centro ou no Leblon e o Sawasdee – restaurante Tailandês excelente – no Leblon são opções que fazem a viagem valer a pena. Não pode faltar também uma passada pela Confeitaria Colombo, no Centro ou no Forte de Copacabana, famosa pelos maravilhosos doces e pratos.

O VLT é o meio mais rápido e confortável, tem um custo de R$ 3,80 cada viagem e é necessário comprar o ticket que não oferece troca para casos de pagamento em dinheiro. O VLT conta com duas linhas diferentes que passam por toda orla do Rio de Janeiro, uma com início no aeroporto Santos Dumont e outra na Praça XV, ambas no Centro.

A noite de Réveillon deve ser passada na praia de Copacabana e o melhor ponto é nas proximidades do Copacabana Palace - não só pela paisagem, mas também pela segurança dos hotéis. Jantar na orla pode sair muito caro, então o ideal é jantar em outro local e se dirigir à praia, mas não deixar para ir muito próximo ao horário da virada do ano (meia noite), pois o acesso fica ainda mais difícil.

Em Nova York a dica é o Battery Park, o Central Park, o Museu de História Natural, o Metropolitan Musuem of Art (MET), a Estátua da Liberdade, o Grand Central Station, o Rockeffer Center, a Catedral de Saint Patrick, a Wall Street, o Marco Zero e a Broadway não podem faltar, nem mesmo se o viajante já foi para Nova York anteriormente. Andar pelas lojas de rua e pelas grandes lojas de departamento como Macy’s e Bloomingdale’s vai fazer o turista se sentir como um nova-iorquino nato.

Quando bater a fome não deixe de passar por Downtown e parar no Eataly, uma mercearia Italiana, e por West Village e entrar no Chelsea Market. Um italiano que agrada a todos é o Olive Garden, e quem gosta de comida marinha se deliciará no Red Lobster e no Bubba Gump.

 Andar de metrô por Nova York é uma experiência totalmente diferente já que é uma enorme rede de trilhos e também pelas diversas tribos que circulam por eles.

Como nos locais do hemisfério Norte é inverno, existem grandes possibilidades de neve no Ano Novo, então vale colocar as roupas mais quentes e sair às ruas para aproveitar as comemorações tanto nos bares e restaurantes quanto nas avenidas da cidade.

A Big Apple comemora a chegada do ano novo com o famoso “Ball Drop”, uma enorme bola de espelho que “cai” do alto de uma torre localizada na famosa Times Square dando início ao novo ano. Vale a pena assistir, por mais que as ruas estejam lotadas.

Já em Paris, os passeios tradicionais como a Torre Eiffel, o passeio de barco pelo Rio Sena, a Igreja de Notre Dame, o Tour de Montparnasse, o Jardim de Luxemburgo, o Museu D´Orsay, o Museu do Louvre, a  Igreja de Saint Chapelle, e caminhar pelos boulevards de Montparnasse e Sacre Cour, não podem ficar de fora do itinerário.

Nesta época, vários restaurantes na região de Paris estarão com os preços acima da média, então as ruas nas transversais costumam ter vantagens. As possibilidades de restaurantes e bistrôs são imensas, os mais tradicionais sendo o Café da La Paix, o Angelina, o Café de Flore e Café Des Deux Moulins. Para comer chocolates, caviar e comprar mostardas, o entorno da Igreja de Madelaine é necessário.

Metrô, ônibus, carro, Uber, bicicleta. Todos os meios de transporte estão disponíveis pela cidade toda, basta encontrar o que mais cabe no bolso e sair para descobrir cada pedaço da cidade do amor. Uma possibilidade diferente é alugar um scooter e passear pelos pontos principais, várias empresas disponibilizam a pequena moto para os turistas que querem se sentir verdadeiros parisienses.

Para receber o Ano Novo, o turista tem que ir preparado para um clima frio, o Réveillon na Champs Elyssés é a pedida e quanto mais próximo a Arco do Triunfo maior será a agitação.

Enquanto os americanos aguardam a queda da bola de espelho de Nova York, os brasileiros a queima de fotos na orla de Copacabana, os parisienses ficam atentos às projeções de luz no Arco do Triunfo e às badaladas dos sinos das igrejas ao redor.

Se você não pode embarcar para alguns desses destinos cobiçados para passar o Ano Novo, comece a se preparar desde já e quem sabe seu próximo Réveillon não aconteça em uma dessas cidades! Feliz 2018!


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Outubro, 2018
Prefeito e Pacaembu anunciaram mais 539 casas do Minha Casa Minha Vida em Olímpia - 118
15 de Outubro, 2018
Nada de traição! - 89
15 de Outubro, 2018
Reeducação alimentar é o grande segredo! - 80
15 de Outubro, 2018
Novo disco de Jana Linhares está nas lojas - 63
15 de Outubro, 2018
O filme Não Vai Dar chegou nas locadoras - 71


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites