iFolha - PM diz ao Diário que “Nim Peão” tentou se esconder no matagal após o acidente

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 20 de Abril de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 18/04/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 19 de Dezembro, 2017 - 20:05
PM diz ao Diário que “Nim Peão” tentou se esconder no matagal após o acidente

Em matéria veiculada na edição do dia 19, do Diário da Região de Rio Preto, a PM local dá conta de que Emerson Aliceu Teixeira, o “Nim Peão” (foto), que estava foragido da polícia e que agora é o único que está preso, dos envolvidos no tiroteio do dia 11 de julho na Rua Senador, teria tentado se esconder em um matagal no dia do acidente ocorrido nas proximidades do “Lanchão”, mas foi detido por populares que passavam pelo local.

Segundo consta na matéria, transtornado, ele foi contido pelos bombeiros, que chegaram em seguida. Emerson foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olímpia e, como já havia um mandado de prisão preventiva expedido, a PM soube que ele estava no pronto-socorro. Assim que Emerson recebeu alta, foi levado à Polícia Civil e permanece preso.

O tiroteio ocorreu quando o ex-policial Leandro Ribas da Silva e o sargento aposentado Márcio Aparecido Macri foram cobrar uma dívida de R$ 317 mil do corretor de imóveis Eurípedes Augusto, a mando do advogado Antonio Luiz Pimenta Laraia.

Durante a cobrança, quatro funcionários do corretor - Laércio Marques, Elton Carlos Albertino, Paulo Sérgio Vieira e Emerson Aliceu Teixeira - chegaram ao local. Após desentendimento, cerca de 20 tiros foram disparados.

O ex-policial Leandro, atingido por um tiro na cabeça, morreu uma semana após o tiroteio. Os outros envolvidos foram presos.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Abril, 2018
Professor é vítima de falsa notícia na internet e corre risco de ser agredido - 1718
18 de Abril, 2018
Ladrões tomam bolsa de trabalhadora na marra quando esta se dirigia ao trabalho - 388
18 de Abril, 2018
Filho de Euripinho leva facada no abdômen de funcionário - 1046
18 de Abril, 2018
Matador do taxista fez acordo pra se entregar em Rio Preto com medo de ser linchado na região - 215
17 de Abril, 2018
Polícia prende em Rio Preto acusado de matar mototaxista na Vila Hípica - 402


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites