iFolha - Prefeitura confirma que ETE ainda não está funcionando

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 20 de Novembro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/11/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 03 de Novembro, 2019 - 19:30
Prefeitura confirma que ETE ainda não está funcionando

“Após a conclusão dos testes, será feita a interligação do emissário de esgoto. O emissário está pronto com uma extensão de 2,5 quilômetros, que sai perto do Thermas (...). O condutor levará o esgoto para a estação de bombeamento onde será feito o processo de tratamento, digestão de poluentes e operação de limpeza, para que o esgoto seja devolvido já tratado (...)”.

 

DA REDAÇÃO
COM ASSESSORIA

Em matéria oficial publicada no site da prefeitura de Olímpia esta semana, o prefeito Fernando Cunha confirmou a dedução feita por esta Folha e que foi manchete da edição da semana passada, de que ETE – Estação de Tratamento de Esgoto, inaugurada no início de agosto com toda pompa ainda não está funcionando.

A situação, inclusive, foi confirmada na manhã de sexta-feira, 01, quando era visível que o esgoto produzido pela cidade ainda estava sendo despejado no riacho Olhos D’água, 500 metros à frente do Thermas dos Laranjais e pouco mais de um quilômetro de onde este desagua no rio Cachoeirinha.

Estranhamente, pois há décadas a prefeitura despeja a maior parte do esgoto produzido pela cidade no riacho Olhos D’água, o título da matéria preparada pela assessoria de imprensa da Prefeitura afirma com todas as letras que “Olímpia recebe outorga para devolver esgoto tratado ao Córrego Olhos D’Água”.

E no corpo da matéria diz que o Daemo recebeu a autorização para o lançamento do esgoto tratado pela ETE - Estação de Tratamento de Esgoto no Córrego Olhos D’Água. “A outorga, publicada no Diário Oficial do Estado, completa o recebimento das autorizações de funcionamento da nova estação. Recentemente, o município já havia recebido a licença de operação pela Cetesb”.

E continua: “Agora, a autarquia, responsável por administrar a ETE, está finalizando a fase de testes dos equipamentos e, nas próximas semanas, a nova estação deverá entrar em funcionamento 100%”.

Confirmando que o esgoto de Olímpia ainda não está sendo tratado, mas sem dar o braço a torcer e confirmar abertamente, a matéria tergiversa sobre as razões: “A parte civil da ETE foi inaugurada pelo Governo do Estado de São Paulo em agosto deste ano e, desde então, a Daemo vem realizando os testes dos equipamentos de operação como bombas, painéis e válvulas de manobras”.

E continua: “De acordo com a divisão Operacional da autarquia, os trabalhos fazem parte da pré-operação, um período de ajustes de equipamentos, testes hidráulicos, testes elétricos e o processo biológico, em que os microrganismos são formados para consumir e degradar a matéria orgânica. Também foram realizados na ETE os testes nos tanques que receberão o esgoto, além de ajustes nos equipamentos de medição da unidade. Todos os testes e ajustes de equipamentos estavam previstos no cronogra­ma proposto pelo DAEE”.

E complementa: “Outra etapa da pré-operação é a capacitação e o treinamento dos servidores que irão operar o sistema. A equipe da Daemo Ambiental vem recebendo orientações de professores e mestres da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), que são referência no Brasil sobre esgotamento sanitário. O treinamento visa orientar sobre os procedimentos operacionais da unidade, como frequências de análises, aberturas de válvulas e manobras que direcionam o esgoto para cada etapa dos sistemas e verificação dos equipamentos para eficiência e manutenções periódicas a fim de garantir a vida útil maior do sistema”.

O próprio prefeito teria confirmado para a assessoria de imprensa o fato registrado por esta Folha: “Após a conclusão dos testes, será feita a interligação do emissário de esgoto. O emissário está pronto com uma extensão de 2,5 quilômetros, que sai perto do Thermas, onde o esgoto é jogado no Córrego Olhos D’Água desde que Olímpia existe, e vai até a ETE (o que não condiz com a realidade, pois há pouco mais de duas décadas era despejado diretamente no riacho no perímetro urbano). O condutor levará o esgoto para a estação de bombeamento onde será feito o processo de tratamento, digestão de poluentes e operação de limpeza, para que o esgoto seja devolvido já tratado. Este será um marco histórico em nossa cidade, porque, a partir dessa data, Olímpia terá 100% de tratamento de esgoto e sem poluir o Olhos D’Água”.

E a matéria oficial conclui: “A Estação de Tratamento de Esgoto está localizada próximo à confluência das rodovias Assis Chateaubriand e Wilquem Manoel Neves, na entrada da cidade. A ETE de Olímpia opera com um conjunto de reatores anaeróbios, filtros biológicos e decantadores”.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
19 de Novembro, 2019
Fazendo sucesso - 107
19 de Novembro, 2019
Aloe vera ou babosa, tanto faz! O importante é que traz benefícios para a saúde e beleza - 105
19 de Novembro, 2019
Luan Santana lança álbum ao vivo "Viva" - 78
19 de Novembro, 2019
O filme A Tabacaria já está disponível! - 97
19 de Novembro, 2019
Geleia de Morango - 105


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites