iFolha - Prefeitura lança selo comemorativo de 100 anos de emancipação política

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Dezembro de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 13/12/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 03 de Dezembro, 2017 - 22:05
Prefeitura lança selo comemorativo de 100 anos de emancipação política

Da redação com assessoria

Embora a instalação oficial tenha ocorrido no dia 17 de abril de 1918, no próximo dia 07 de dezembro, a Estância Turística de Olímpia completará 100 anos de emancipação política, tendo sido desmembrada do município de Barretos em 1917. Para celebrar a data, a Prefeitura Municipal lançará um selo comemorativo a este centenário.

O adesivo será utilizado pela Administração para enviar documentos oficiais e também estará disponível para comercialização na agência dos Correios de Olímpia. A edição limitada conta com 1.212 selos que levam uma foto da cidade e a data comemorativa.

Apesar da fundação da cidade datar do dia 02 de março de 1903, dia em que se comemora o aniversário de Olímpia, o município foi oficialmente criado pela Lei Estadual nº 1.571, de 07 de dezembro de 1917.

Segundo a Fundação Seade (Sistema de Estadual de Análise de Dados), antes de chegar à condição de município, Olímpia ganhou do desbravador Antônio Joaquim dos Santos a denominação de Sertão dos Olhos D’Agua. A terra cortada pelos rios Turvo e Cachoeirinha era repleta de córregos.

Distrito criado com a denominação de Olímpia, subordinado ao município de Barretos, caminhou para sua emancipação, tendo sido elevado à categoria de município em 1917 e instalado em 7 de abril de 1918.

Ainda de acordo com a fundação, a história da criação dos municípios paulistas é antiga e não há nenhuma garantia de que esteja concluída. Olímpia, depois de desmembrada de Barretos em 1917, cedeu área para criação de Cajobi em 1926, Paulo de Faria em 1939, Guaraci em 1944, Severínia em 1953 e Altair em 1959.

LANÇAMENTO

Para marcar o lançamento do selo, a Prefeitura realizará uma solenidade na manhã do dia 7 de dezembro, quinta-feira da próxima semana, na Praça Rui Barbosa, a partir das 9h30.

No mesmo ato, também será entregue pela secretaria municipal de Turismo a reforma do Centro de Atendimento ao Turista, que passou por rea­dequações para melhor receber os visitantes no período de alta temporada do município que se inicia com as férias escolares.

Olímpia só foi desmembrada de Barretos no dia 7 de abril de 1917

O município de Olímpia completou 100 anos de emancipação política, ou seja, foi desmembrada politicamente de Barretos, no dia 7 de abril de 1918, mas a lei estadual que permitiu esse desmem­bra­men­to, é do dia 7 de dezembro de 2017. A data é o motivo da denominação do trecho de uma rua que liga a Avenida Waldemar Lopes Ferraz com a Praça São Benedito, local conhecido popularmente por “Pito Aceso”. Porém, essa é a primeira vez que a data é lembrada por um prefeito, cargo que existe somente por causa dessa independência política.

O logradouro homenageia a data que, neste ano, marcou 100 anos da vida política independente do município de Olímpia, que foi criado quatro meses antes por lei estadual editada pelo governo de Altino Arantes, nome da praça conhecida por “Fonte Luminosa”. A lei é a mesma que concedeu o status de cidade à sede do município.

Com terras desmembradas de Barretos, o município de Olímpia foi criado pela Lei Estadual número 1.917, do dia 7 de dezembro de 1917. Porém, a instalação oficial aconteceu apenas quatro meses depois, no dia 7 de abril de 1918.

Situado na mesorregião da Alta e Média Araraquarense e na micror­região do divisor Turvo-Grande, o município con­ta com 784 quilômetros de área, é limitado ao norte, pelos municípios de Altair e Guaraci; ao sul, pelos de Tabapuã e Ca­jobi; a leste, pelos de Bar­re­tos e Severínia; a oeste, pelos de Guapiaçu e Uchoa.

Em relação ao nível do mar, a sede do município tem 506 metros de altitude. Sua posição geográfica oficial determinada pelo paralelo é de 20º45’15” de latitude sul.

Já em sua interseção com o meridiano de 48º54’38” de lon­gitude oeste. O município se dispõe dos distritos de Olímpia (sede), Baguaçú e Ribeiro dos Santos.

ANIVERSÁRIO DA CIDADE

A cidade, no entanto, foi fundada em 2 de março de 1903, quando aconteceu a doação de 100 alqueires de terras para a constituição do Patrimônio de São João Batista dos Olhos D’Água. A escritura foi lavrada, no mesmo dia, no Cartório do 1º Tabelião Francisco de Almeida Silvares, em Barretos, e registrada em 9 de julho de 1903, às folhas 53, do livro 3-I de transcrição de Imóveis.



Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Dezembro, 2017
Daemo assina contrato para perfuração e reestruturação de poços - 109
13 de Dezembro, 2017
Programação cultural do Natal Encantado continua nesta quinta - 87
13 de Dezembro, 2017
Jurista Luiz Flávio Gomes faz palestra na Casa do Advogado nesta quinta-feira - 114
13 de Dezembro, 2017
Trabalhador fica assustado ao saber de dívida de R$ 200 mil em loja de eletrodomésticos - 668
13 de Dezembro, 2017
Estelionatário vende panela por R$ 100, mas cobra R$ 1000, no cartão de crédito - 429


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites