iFolha - Prorrogada prisão temporária do bacharel acusado de mandar roubar a ex-namorada

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 20 de Julho de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 18/07/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 31 de Julho, 2017 - 00:36
Prorrogada prisão temporária do bacharel acusado de mandar roubar a ex-namorada

No inicio da noite de ontem, dia 28, foi prorrogada a prisão temporária, por mais cinco dias, do bacharel em direito e estudante de psicologia Helder Henrique Dorta, de 28 anos, morador em Catanduva. Ele é acusado de ter sido o mandante do roubo praticado na casa de sua ex-namorada, residente no distrito de Baguaçu

Segundo se informa na polícia, a delegada Denise Vichiato Polizelli, que preside o inquérito policial, representou requerendo a prisão preventiva do acusado. No entanto, o juiz de direito Eduardo Luiz de Abreu Costa, decidiu prorrogar a prisão temporária, por mais cinco dias, para ter tempo para analisar o processo e deferir ou não pela prisão preventiva.

O bacharel Helder está preso desde a última terça-feira, quando os policiais civis de Olímpia cumpriram o mandado de prisão temporária de cinco dias, em Catanduva. Esta primeira temporária terminaria neste sábado. Com a prorrogação, Helder continuará encarcerado na cadeia publica de Colina, a disposição da justiça.

A polícia civil local cumpriu, na terça-feira, 25, além do mandado de prisão, um de busca e apreensão, quando foram encontrados materiais de maquiagem que consta no boletim de ocorrências feito pela ocasião do crime cometido em Baguaçu, como objeto roubado no dia em que a ex-namorada e a família foram assaltadas em Baguaçu.

Helder, no momento em que foi detido, em Catan­duva, segundo informações da polícia, quando percebeu a chegada dos investigadores de Olím­pia, acompanhados de colegas daquela cidade, acabou fugindo pelos fundos da casa, sendo abordado, distante mais de 100 metros do local.

No seu primeiro interrogatório após a prisão, o bacharel continuou negando ser o mandante do crime e, quanto aos produtos de maquia­gem encontrados em sua casa, afirmou que a ex-namorada teria deixado lá quando ainda estavam juntos.

Segundo a polícia, a acusação contra o ex-namorado foi feita em Catanduva, por Anderson Rosa da Silva, de 23 anos, vulgo “Ne­guinho”, preso naquela cidade recentemente, acusado de ter participado de um assalto. Foi quando ele acabou confessando também ter participado do roubo em Baguaçu, no dia 28 de maio, afirmando que foi a mando de Helder Dorta.

De acordo com o chefe do SIG - Serviço de Investigações Gerais de Olímpia, investigador Fábio, desde o início das investigações, na tentativa de esclarecer o roubo em Baguaçu, que as suspeitas recaíram sobre Helder, ex-namorado da vítima, Diene Fer­reira, de 20 anos.

De acordo com o policial, os ladrões, durante o assalto, exigiam, a todo momento, a entrega do celular e do notebook da moça. O objetivo, segundo a polícia, seria o bacharel em direito ter acesso às pessoas que a ex-namorada estava se relacionando.

Outro fato que aumentou as suspeitas foi já ter sido registrado um boletim de ocorrência contra Helder, onde ele é acusado de ter mantido a ex-namorada em cárcere privado no interior de seu carro.

Com isso, a justiça decretou, à época, uma medida protetiva determinando que Hel­der não poderia se aproximar da ex-namorada. Cons­ta que ele não aceita o final do relacionamento acontecido há cerca de cinco meses.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Julho, 2018
Manifestantes queimam 15 ônibus, 9 veículos e até banheiros químicos - 2208
18 de Julho, 2018
Olimpiense de apenas 21 anos morre em batida de moto em árvore - 1069
18 de Julho, 2018
PM revida rojão disparado por manifestantes com gás lacrimogêneo no Jardim Santa Ifigênia - 745
18 de Julho, 2018
Irmão de “Beiço” diz que eletricista morreu por um motivo “besta” - 793
16 de Julho, 2018
PM de São Paulo mata olimpiense com um tiro no abdome em bar na Av. Aurora Forti Neves - 1115


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites