iFolha - Romances e intrigas que ultrapassam a barreira do tempo

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Outubro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 15/10/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 06 de Agosto, 2018 - 13:21
Romances e intrigas que ultrapassam a barreira do tempo

Gravação de uma das cenas de “Espelho da Vida”, na praça da cidade de Carrancas (MG), na qual aparecem os personagens Cris Valência (Vitória Strada) e André (Emiliano Queiroz) / João Miguel Jr-RG



A atriz e apresentadora Kéfera Buchmann fará sua estreia nas novelas, em “Espelho da Vida”, interpretando a personagem Mariane / João Miguel Jr-RG

 

 

 

Romance e mistério moverão a trama de “Espelho da Vida”, o folhetim que substituirá “Orgulho e Paixão” e que deve estrear em meados de setembro. As primeiras cenas foram gravadas em Minas Gerais, nas cidades de Carrancas, Tiradentes, Ouro Preto e Mariana.

Uma praça com um chafariz no meio e casarões históricos em volta. Foi isso que Elizabeth Jhin, autora da novela, escreveu ao identificar a cidade fictícia de Rosa Branca, onde se passará a história de “Espelho da Vida”. Pedro Vasconcelos, diretor artístico, encontrou esse lugar ao chegar ao centro de Mariana, em Minas Gerais. “Gravamos nas cidades de Mariana, Tiradentes, Ouro Preto e Carrancas e fiquei muito feliz com as locações, tanto que optei por não ter uma cidade cenográfica nos Estúdios Globo, mas, ao longo da novela, voltaremos de tempos em tempos para novas cenas nas cidades mineiras”, explica o diretor que começou a gravar a novela em Minas Gerais no dia 19 de junho com uma equipe de cerca de 100 profissionais e mais de 20 atores. “Consigo também com as gravações em uma cidade não cenográfica um caráter ainda mais realista que considero necessário para contar esta história”, afirma o diretor.

A Praça Gomes Freire, mais conhecida como “Jardim”, foi a principal locação usada em Mariana e é um dos mais importantes centros de convergência dos moradores da cidade que se encontram no lugar diariamente. É lá que estão os casarões que representarão na trama a residência de Vicente (Reginaldo Faria) e Margot (Irene Ravache), a livraria Cavaco e a Pensão Rosa Branca. A cidade, com cerca de 60 mil habitantes, foi a primeira capital de Minas Gerais. As ruas de seixos rolados, que são características importantes do lugar, estarão presentes na obra e se tornaram constantes no dia a dia do elenco que circulou por ali durante vários dias e aproveitou para conviver também com o sotaque mineiro.

As gravações despertaram a curiosidade de quem passava pela praça e parava para assistir as cenas de Vitória Strada, João Vicente de Castro, Alinne Moraes, Robson Nunes, Ana Lúcia Torre, Luciana Paes, Felipe Camargo, Irene Ravache, Julia Lemmertz, Ângelo Antônio e outros do elenco. “É uma imersão gravar nas cidades mineiras, que são lindas”, conta Alinne Moraes, que interpreta a vilã Isabel. Robson Nunes, o Bola na trama, também elogia a experiência. “O mineiro é muito acolhedor. E não podemos esquecer que Minas tem uma gastronomia incrível”, pontua o ator. Vitória Strada concorda com os colegas: “As cidades mineiras são encantadoras, assim como seus moradores. Viajar para gravar nos ajuda com a verdade das cenas”, conta a atriz que vive a protagonista Cris. “Eu não só prestei atenção ao sotaque, como conversei com moradores como se fosse mineira. É muito bom gravar em Minas e poder compor a personagem no estado onde ela nasceu e vive”, define Flavia Garrafa, que dá vida à primeira dama de Rosa Branca, Neusa.

Outras cidades históricas de Minas Gerais também fizeram parte do roteiro de gravações. “Em Mariana focamos na praça, onde moram os personagens principais da trama. Carrancas representa os arredores de Rosa Branca, as serras e cachoeiras. As ruas de Tiradentes completam o centro histórico da nossa cidade fictícia e Ouro Preto será o que podemos chamar de ‘centro nervoso’ de Rosa Branca”, explica Pedro Vasconcelos. João Vicente de Castro, que interpreta o protagonista Alain Dutra, resume o que viveu nesses dias: “Gravar em Minas foi uma experiência sensacional. Pude ver como o Estado é plural e cheio de riquezas. Carrancas é um dos lugares mais bonitos que já vi na minha vida. Tiradentes é uma cidade muito charmosa. E em Mariana percebi como seus moradores são positivos e agregadores”.

A história de “Espelho da Vida” terá como protagonistas as personagens Cris Valência (Vitória Strada) e Alain Dutra (João Vicente de Castro), uma atriz e um diretor de Cinema. Tudo começa quando Cris viaja para a cidade natal de Alain onde participará das filmagens de um longa metragem; quando Cris se prepara para a personagem do filme, tem uma experiência de  viagem no tempo, na qual vai se deparar com suas vidas passadas. E aí, começa a trama de amor e mistério que ultrapassa as barreiras do tempo e do espaço ao se desenrolar em duas épocas distintas, ao mesmo tempo. 

Enquanto isso, Alain está no auge de sua carreira, feliz com seu relacionamento com Cris Valência e em busca da realização de seu primeiro longa-metragem. Mas ele recebe um chamado do avô Vicente (Reginaldo Faria), morador de Rosa Branca, que está muito doente e deseja rever o neto antes de morrer. Vicente tem um último pedido para o neto. Ele deixa em testamento o dinheiro para financiar o filme de Alain, desde que ele conte no cinema a história de Julia Castelo: uma jovem que foi vítima de um crime passional num casarão da cidade no início da década de 1930. Mas voltar à sua cidade natal despertará sentimentos complexos em Alain. Quando foi traído por Isabel (Alinne Moraes), sua antiga namorada – uma mulher tão linda quanto egoísta -, e Felipe (Patrick Sampaio), seu primo e melhor amigo, anos atrás, ele jurou que jamais colocaria seus pés lá novamente.

Cris segue com o namorado nessa jornada, e assim que chega a Rosa Branca, a atriz ganha, inesperadamente, uma joia que foi de Julia Castelo. Logo depois, Margot (Irene Ravache), viúva de Vicente, mostra ao casal o diário que foi da mesma jovem. Cris fica imediatamente envolvida pela história e por todos esses sinais. É nesse momento que ela ainda vive uma experiência completamente inesperada: em uma visita ao casarão em ruínas onde Julia Castelo viveu, Cris volta ao passado e na pele da própria Julia.

Este será o início da nova história de Elizabeth Jhin que promete prender o telespectador. A novela “Espelho da Vida” e virá com um grande elenco. Vale a pena conferir. 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
15 de Outubro, 2018
Nada de traição! - 50
15 de Outubro, 2018
Reeducação alimentar é o grande segredo! - 46
15 de Outubro, 2018
Novo disco de Jana Linhares está nas lojas - 38
15 de Outubro, 2018
O filme Não Vai Dar chegou nas locadoras - 44
15 de Outubro, 2018
Drink de Morango - 49


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites