iFolha - Sorria; Casal surdo

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Julho de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 16/07/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 25 de Junho, 2019 - 17:00
Sorria; Casal surdo

Casal surdo

Um velho foi ao médico para marcar uma consulta para a sua mulher. A atendente lhe pergunta:

— De que se queixa sua esposa?

— De surdez. Não ouve nada.

— Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la, fará um teste, para facilitar o diagnóstico do médico. Sem que ela esteja olhando, o senhor, a certa distância, falará em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouvi-lo. Então quando vier dirá ao médico a que distância estava quando o ouviu. Certo?

Nesse dia, à noite, quando a mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste. Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou: “Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora!”.

— Maria, o que temos para jantar?

Nada, silêncio. Aproxima-se 5 metros.

— Maria, o que temos para jantar?

Nada, silêncio. Fica à distância de 3 metros:

— Maria, o que temos para jantar?

Silêncio. Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:

— Maria! O que temos para jantar?

— Frango!!!  É a quarta vez que eu respondo!

 

As diferenças

Quando o rico não sabe, é desinformado... o pobre é burro.

Quando o rico é traído, sua mulher é infiel... a do pobre é vagabunda.

Rico quando corre, está fazendo cooper... o pobre está fugindo da polícia.

Quando o rico come, se alimenta... o pobre tira a barriga da miséria.

Quando o rico envelhece, fica idoso... o pobre fica caduco.

Quando o rico se cansa, está estressado... o pobre é preguiçoso.

 

Outra vez

O bêbado chega em casa “trançando as pernas”, vai até seu quarto e deita na cama. Vira de um lado pro outro e levanta. Depois de algum tempo ele volta pro seu leito e pega um cobertor. A mulher, que dormia tranquila, pergunta ao marido:

— Você está com frio?

— Hic! Muito...

— Onde você foi?

— No banheiro.

— Você apagou a luz?

— Não. Ela apagou sozinha.

A mulher levanta nervosa.

— Não acredito, Marco Aurélio! Você andou mijando dentro da geladeira de novo?

 

Mordomo português

O Manuel trabalhava de mordomo na casa de um baita empresário cheio da nota. Certo dia, o ricaço estava dormindo e foi interrompido por ele:

— Acorde, patrão! Acorde, ó pá!

— Ah? O que foi Manuel? — perguntou ele, esfregando os olhos.

— É que está na hora do senhor tomar seu remédio para dormir...

 

Paquera na praia

Manoel vai à praia com um amigo. Depois de algumas voltas, Manoel percebe que as garotas não tiram os olhos do seu amigo e que nenhuma dava bola para ele.

— Como é que estás a conseguir tantas gajas e eu não? — pergunta, indignado.

— É que eu coloquei uma batata bem grande dentro da minha sunga... isso deixa as garotas doidinhas...

Na mesma hora, Manoel vai até a venda, compra uma batata, enfia-a na sunga e volta desfilando pela praia. Mas, para a sua surpresa, continua passando imperceptível. Assim que vê o amigo, reclama:

— Aquela tua ideia não me adiantou em nada!

— Mas Manoel, você tem que pôr a batata na parte da frente!

 

Sonhos estranhos

Um garoto contava o seu sonho para um amigo:

— Seguinte, Luís... Era o dia do meu aniversário e eu estava fazendo 13 anos. Procurei a minha mãe e pedi o meu presente. Ela sorriu, me deu um dinheiro e disse para eu ir ao parque de diversões e eu fui mesmo.

— Gozado, também tive um sonho estranho. Eu estava dormindo quando uma loiraça e uma morenaça me acordaram fazendo as maiores carícias e eu não sabia o que fazer com as duas ao mesmo tempo.

— Ué, por que não me chamou?

— Cara, eu chamei! Eu telefonei, mas sua mãe disse que você tinha ido ao parque de diversões.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
16 de Julho, 2019
De bem com a vida - 74
16 de Julho, 2019
Os ingredientes naturais á favor da beleza - 71
16 de Julho, 2019
O clipe Pra Gente Ser Feliz - Plutão Já Foi Planeta está disponível - 71
16 de Julho, 2019
Todas as Canções de Amor - 79
16 de Julho, 2019
Batida de Chocolate - 60


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites