iFolha - Superintendente do Daemo pede exoneração após ter ação desautorizada publicamente pelo prefeito

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 21 de Outubro de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/10/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 11 de Outubro, 2017 - 19:41
Superintendente do Daemo pede exoneração após ter ação desautorizada publicamente pelo prefeito

Agora é oficial. Está publicado no Diário Oficial do Município de terça-feira, 10, a exoneração do superintendente Geral do DAEMO – Departamento de Água e Esgoto do Município de Olímpia – Daemo Ambiental, Otávio Lamana Sarti (foto), dias após ter tido uma ação de cobrança de tarifas de água e esgoto atrasados contra a Santa Casa de Misericórdia desautorizada publicamente pelo prefeito Fernando Cunha.

Na mesma edição do Diário Oficial foi publicada a nomeação do novo superintendente, o arquiteto José Augusto Gianotto.


A dívida ajuizada provavelmente por ordem de Lamana era de R$ 38 mil, que seriam relativos ao período de administração da atual provedora Luzia Cristina Contim. A situação colocaria o hospital em risco de ter bens de seu patrimônio penhorados.

Porém, além desse valor, haveria também um débito de R$ 104 mil, aproximadamente, que vem sendo acumulado desde 2011.

O prefeito na semana passada, após afirmar que tentaria a aprovação pela Câmara de uma lei autorizando o Daemo a não cobrar tarifa de água do único hospital da cidade, chegou a afirmar que era uma tremenda bobagem o Daemo cobrar água da Santa Casa. “Já mandei parar com isso. Parece que o Daemo não é da cidade, não tem cabimento. O Daemo foi construído com dinheiro dos olimpienses. O Daemo não é uma empresa à parte, não. É do município. Todos estamos ajudando a Santa Casa e o Daemo vai lá e protesta o hospital”, questionou Fernando Cunha.

Na quarta-feira, a assessoria divulgou nota do Departamento onde esclarece que a exoneração de Lamana foi a pedido do mesmo devido a motivos pessoais. “Para ocupação do cargo, a escolha do prefeito Fernando Cunha levou em consideração a competência técnica profissional do arquiteto Sr. José Augusto Gianotto, que passa a ser novo superintendente”, complementa o comunicado.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
19 de Outubro, 2017
Polícia captura procurado condenado a 27 anos de prisão por estupro de vulnerável - 363
19 de Outubro, 2017
“Euripinho” quase foi transferido para São Paulo para fazer tratamento fisioterápico - 1081
19 de Outubro, 2017
Ampliação do Fórum poderá custar R$ 14 milhões - 171
19 de Outubro, 2017
Feriado em Olímpia registra maior ocupação hoteleira do ano - 101
16 de Outubro, 2017
Na novela da Record - 61


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites