iFolha - Tenha férias inesquecíveis em Washington

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 25 de Junho de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/06/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 10 de Abril, 2017 - 19:03
Tenha férias inesquecíveis em Washington

Visitar Washington pode ser um momento mágico, afinal, você poderá se sentir em no cenário de um filme americano, ainda mais se tirar uma selfie tendo ao fundo a famosa Casa Branca. Geralmente cenário de filmes que por via da regra enfatizam a supremacia dos americanos, Washington D.C. é sempre retratada como sendo uma cidade oficial, na qual se vivem exclusivamente a política e a segurança nacional, afinal é a capital dos Estados Unidos. Grande engano.

Primeiro, é preciso entender porque leva as letras “D” e “C” depois do nome. É para não confundir a capital com outro Estado americano, que tem o mesmo nome; “DC” significa Distrito de Columbia e assim se sabe também que se trata da capital. Washington é um Distrito Federal, assim como Brasília é para nós.

A cidade começou a ser erigida pelos idos do final do Século XVIII e, segundo a sua história, teria envolvido muitas polêmicas. Enfim, foi escolhida uma região de charco ao lado do Rio Potomac, o projeto foi do arquiteto Pierre L´Enfant e desde a sua concepção era para ser a capital do mundo.

Muitas histórias se contam sobre a lama que existia nas ruas, mas o fato é que conseguiram “enxugar” o terreno e transformar a cidade no que se vê hoje. Difícil imaginar que o começo tivesse sido assim.

Washington é considerada uma das cidades mais agradáveis dos Estados Unidos. Vista das colinas onde se encontra o histórico Cemitério de Arlington, a vista é muito bonita e a impressão é que se está numa cidade europeia, principalmente por causa da arquitetura. Não existem altos edifícios, nem grandes superfícies envidraçadas. Por lei, os prédios nunca superam a altura do domo do Capitólio, a sede do Congresso Americano; somente duas construções burlaram a lei, o obelisco que homenageia George Washington e a torre do antigo prédio do Correio.

Ao chegar à cidade, o visitante contará com guias bem treinados que contarão os melhores momentos da história americana, mas Washington é muito mais do que os memoriais, a cidade pulsa, é quente em vida e animação.

Uma boa ideia é visitar os museus. E tudo de graça. Por exemplo, as várias salas do Instituto Smithsonian abrigam cerca de 140 milhões de peças dignas de serem vistas; vão desde a ossada de um dinossauro até a nave Apolo 11 original. Praticamente tudo o que ocorreu de relevante com a humanidade tem seu registro lá.

Bom de ver também é o camarote no Teatro Ford onde o Presidente Abraham Lincoln foi assassinado.

As principais atrações históricas de Washington ficam no chamado “The Mall”; é ali que está a maior biblioteca do mundo, a “Library of Congress” que guarda mais de cem milhões de volumes; fica ali também a poderosa Corte Suprema e o Capitólio. Nas imediações do The Mall estão ainda o Museu do Holocausto, a National Gallery e o já citado Smithsonian.

O limite do The Mall, no lado sul, está o Rio Potomac e em suas margens florescem nesta época do ano as lendárias e famosas 1300 cerejeiras plantadas do redor do memorial Franklin Roosevelt e é bom lembrar que a cidade é muito arborizada, de um modo geral.

A cidade começa mesmo do lado norte do Mall, é um emaranhado de construções cujas ruas avançam em ordem alfabética de um lado e em ordem numérica de outro, sendo que as diagonais têm nomes dos Estados americanos. Parece complicado, mas não é estando lá o visitante aprende tudo rapidinho.

O céu de Washington é protegido pelo mais sofisticado sistema de defesa do mundo, embora a cidade pareça não oferecer nenhum perigo. Tem ainda as sedes da CIA e do FBI; mais de vinte mil funcionários trabalham nas instalações do Pentágono, o prédio um tanto feio que tem cinco faces e é a sede do poder militar americano.

O Pentágono é muito visitado. Todos querem conferir as dimensões das cinco alas que tem cinco andares cada uma, com corredores internos que atingem cerca de 28 quilômetros de extensão. É interessante explicar que o Pentágono fica do outro lado do Rio Potomac, na vizinha cidade de Arlington, que é uma extensão do distrito federal, ligada a capital por pontes, metrô e linhas de ônibus que funcionam muito bem. É ali que fica o famoso Cemitério de Arlington, com suas lápides brancas, e onde repousam 245.000 defensores da América, entre eles o ex-presidente John Kennedy. O lugar que já foi cenário de vários filmes é muito procurado pelos turistas e oferece a opção de ser visitado através de tour motorizado.

Uma visita ao histórico município de Alexandria é quase que obrigatória. As ruas têm um charme especial e ali se encontram restaurantes sofisticados, lojas e galerias de arte.

Aliás, gastronomia em Washington é um capítulo à parte. Por ser uma capital, oferece uma infinidade de opções, praticamente tem restaurantes com comidas do mundo inteiro e só isso faz dela uma atração e tanto.

E não dá para falar de Washington sem citar a Casa Branca, a residência oficial do presidente americano. Mundialmente conhecida, atrai a curiosidade de americanos e estrangeiros. Começou a ser construída em 1792 e foi o ex-presidente John Adams e sua família os primeiros a habitarem o local, que ainda nem estava terminado. Consta que 1801, Thomas Jefferson expandiu a construção e deve ter sido assim, cada vez que o novo morador chegava, sem contar que o prédio precisou ir se adequando aos confortos da modernidade.

Gostou? Procure uma agência de viagens e faça o seu “pacote”, não se esquecendo de que precisa de passaporte e visto.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
25 de Junho, 2017
Clique aqui e veja os vídeos dos programas do jornalista José Antônio Arantes na rádio Cidade em 98,7 Mhz e pelo facebook. - 2
23 de Junho, 2017
Vida Nova Olímpia será entregue neste sábado - 1993
22 de Junho, 2017
Thermas comemora 30 anos e abre as portas para a população de Olímpia conhecer o 4.º Parque Aquático mais visitado do mundo - 1342
21 de Junho, 2017
Polícia pega ladrão na “Casinha Branca” após roubar carro, celular e dinheiro de aposentado de 79 anos - 172
21 de Junho, 2017
Garoto de 10 anos denuncia que estaria sendo agredido pela avó - 223


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites