iFolha - Tuti continuaria a administrar grande parte dos apartamentos do Resort

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 25 de Setembro de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/09/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 10 de Maio, 2017 - 08:51
Tuti continuaria a administrar grande parte dos apartamentos do Resort


Embora sem informação oficial, pois o processo não aparece mais no site do Tribunal de Justiça na internet e a nova síndica do condomínio não foi encontrada até o final da tarde de terça-feira, 9, para confirmar a informação, a administradora Tuti, continuaria a administrar grande parte dos apartamentos do Thermas de Olímpia Resorts, o primeiro empreendimento do gênero implantado em Olímpia.

Como foi divulgado pela Folha da Região em sua última edição, a nova síndica do condomínio, Sueli da Silva Félix, entrou na justiça no último dia 2 de maio com pedido de tutela antecipada requerendo a entrega dos documentos e das instalações ocupadas pela empresa administradora que é gerida pelo advogado Luiz Carlos Piton Filho, Caia Piton, que desde então, tem protagonizado polêmica na internet envolvendo até a maior atração turística de Olímpia, o Thermas dos Laranjais.

No entanto, a justiça local, ao que se informa, teria decretado sigilo no processo, pois ele não aparece mais no site do TJ e, segundo informações do próprio gestor, a Tuti continua à frente do chamado pool de proprietários de apartamentos que colocam os imóveis para alugar no sistema de hotelaria.

Caia afirmou que uma coisa é o condomínio e outra é o pool. “O condomínio teria a incumbência de administrar o Resort como um todo, pois o sistema é misto, ou seja, existem apartamentos em que os próprios proprietários são moradores e outros são locados para os turistas. Estes últimos fariam parte do chamado pool, figura jurídica prevista no estatuto que rege o Resort e este continua sob a tutela da Tuti administradora”, afirmou.

Na consulta feita ao processo, baixado da internet antes da decretação do sigilo, onde constam todos os documentos que regem o Resort, a situação não fica clara, já que deixa margem a dúvidas e ao entendimento que foi apresentado pelo gestor da Tuti de que a administração do condomínio é uma coisa e a do pool de proprietários que alugam seus apartamentos para visitantes como se fosse uma empresa hoteleira é outra.

O empreendimento tem mais de 400 apartamentos e não foi divulgado nem pela Tuti, nem pela nova representante do condomínio, que não foi encontrada para falar sobre o assunto, quantos apartamentos formariam atualmente o pool administrado pela empresa de Caia Piton.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
25 de Setembro, 2017
TJ nega liberdade para funcionário de Euripinho envolvido no tiroteio - 243
24 de Setembro, 2017
Briga entre ruralistas quase termina em morte e um boi teve que ser sacrificado - 695
24 de Setembro, 2017
Menina de 2 anos passa final de semana em Olímpia e volta com sinais de abuso - 337
24 de Setembro, 2017
Contribuintes devem R$ 55 milhões em impostos e taxas - 87
24 de Setembro, 2017
Prefeitura regulariza taxistas que recebem adesivos de identificação - 93


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites