iFolha - Um dramalhão brasileiro com gostinho mexicano

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 19 de Agosto de 2017
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/08/2017
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 31 de Julho, 2017 - 19:36
Um dramalhão brasileiro com gostinho mexicano

Bruno Cabrerizo já foi jogador de futebol, mas ganhou fama na Itália como modelo, ator e apresentador e agora foi escolhido para ser o protagonista Inácio, ao lado da atriz e modelo Vitória Strada, que interpretará a personagem Maria Vitória; eles farão par romântico em “Tempo de Amar” / João Miguel Jr-RG



Maria Vitória (Vitória Strada) terá que lidar com as falsidades de Delfina (Letícia Sabatella), empregada da Quinta da Carrasqueira que ajudou a criá-la e que nutre uma paixão reprimida por seu pai José Augusto (Tony Ramos) / João Miguel Jr-RG

 


 

“Novo Mundo”, atual sucesso do começo de noite na tela da Globo, tem como pano de fundo a família real e o primeiro  império no Brasil e está fazendo o maior sucesso, pelas belas interpretações e também pelo excelente enredo, produção, cenário e direção. Sucesso absoluto! E é isso que a emissora pretende repetir em “Tempo de Amar”, mais uma novela de época que promete marcar o horário das 18 horas.

“Tempo”, conceito tão relativo, abstrato e complexo que rege a vida humana, muitas vezes determinando o rumo dos acontecimentos, moldando encontros e desencontros. “Amor”, sentimento combustível da nossa existência, que está acima de tudo que é lógico, percorre distâncias, motiva loucuras e desafia a finitude dos dias. Quando se trata de amor, o tempo não segue a engrenagem das horas, dos minutos e dos segundos. O tempo de amar é agora e é para sempre. Essa urgência toma conta dos corações de Maria Vitória (Vitória Strada) e Inácio Ramos (Bruno Cabrerizo) quando se veem pela primeira vez, no meio de uma procissão em Portugal, em 1927. Um amor que arrebata duas pessoas e que enfrentará diversas barreiras é o fio condutor da trama de “Tempo de Amar” que está sendo escrita por Alcides Nogueira. A direção artística é de Jayme Monjardim, que escolheu locações no Rio de Janeiro (Niterói) e no Rio Grande do Sul (Bento Gonçalves e Garibaldi) para as primeiras gravações da trama, que se iniciaram neste mês. 

Os olhares de Maria Vitória e Inácio se encontram nas festividades da Semana Santa, na fictícia aldeia Morros Verdes, mudando suas vidas completamente. Ela, a filha do influente produtor de vinho e azeite José Augusto (Tony Ramos), o dono da famosa Quinta da Carrasqueira, cujo amigo e confessor é o padre João (José Augusto Branco). Ele, um rapaz simples de Sobreiro, vilarejo vizinho, que mora com a tia Henriqueta (Nívea Maria), vive de trabalhos temporários, como a colheita das uvas, e gosta de tocar bandolim. À revelia da família da moça, os dois iniciam um namoro que logo será interrompido. Antes de conhecer a jovem, Inácio havia aceitado uma proposta de trabalho no Brasil – ele precisa partir rumo ao Rio de Janeiro. Mas Maria Vitória permanece em Morros Verdes. O desejo do reencontro move então a vida do casal, que terá que lutar contra inúmeras adversidades, entre os dois países. 

O ciúme doentio de Fernão Moniz (Jayme Matarazzo), que deseja Maria Vitória e acredita que ela é sua prometida, é um dos primeiros obstáculos enfrentados pelos jovens. A filha de José Augusto terá que lidar ainda com as falsidades de Delfina (Letícia Sabatella), empregada da Quinta da Carrasqueira que ajudou a criá-la e que nutre uma paixão reprimida por seu pai. Tudo se intensifica com a descoberta de uma gravidez, que faz com que Maria Vitória seja enviada a um convento. Já no Rio de Janeiro, Inácio está feliz com o trabalho em um empório quando descobre, através de uma carta, que a amada espera um filho e ganha uma passagem para retornar ao seu encontro. Às vésperas do embarque, vai a um vilarejo fazer um último pagamento para o patrão, mas é assaltado e espancado. Quem o socorre é Lucinda (Andreia Horta), moça reclusa e cheia de traumas, filha do médico Reinaldo Macedo (Cássio Gabus Mendes). Entre a vida e a morte, Inácio passa a ser cuidado por ela e perde contato com todos os seus conhecidos. Lucinda acaba se apaixonando e não medirá esforços para que ele nunca mais encontre a amada. Enquanto isso, em Portugal, as freiras, lideradas pela Irmã Imaculada (Bete Mendes) entregam a filha que Maria Vitória dá à luz para adoção. Ela, então, se desespera e foge para o Brasil atrás de Inácio, que é dado como morto. Separados pelo destino, Inácio e Maria Vitória sobreviverão como podem, sem nunca perder a esperança de um dia reviver este amor. 
A novela de Alcides Nogueira é um clássico folhetim, na visão do autor. “‘Tempo de Amar’ fala das relações humanas. É o amor que permeia todas as histórias: temos o amor puro de Maria Vitória (Vitória Strada) por Inácio (Bruno Cabrerizo) e o amor incansável dela pela filha. E também o amor doentio capaz de cometer maldades, como o amor egoísta e traiçoeiro de Lucinda (Andreia Horta) por Inácio e o amor secreto de Delfina (Letícia Sabatella) por José Augusto (Tony Ramos)”, define Alcides. “É uma novela centrada em uma história de amor eterno. O público verá muito romance no ar”, resume o diretor artístico, Jayme Monjardim. Baseada em um argumento de Rubem Fonseca, a trama é escrita em parceria com Bia Corrêa do Lago e conta com a colaboração de Tarcísio Lara Puiati e Bíbi Da Pieve. 

Neste típico dramalhão mexicano, mas com um tempero bem brasileiro, também estão no elenco: Regina Duarte, Tony Ramos, Letícia Sabatella, Jayme Matarazzo, Andreia Horta, Henri Castelli, Nívea Maria, Cassio Gabus Mendes, Marisa Orth, Deborah Evelyn, Werner Shunemann, Nelson Freitas, Lucy Ramos, Odilon Wagner, Sabrina Petraglia, Marcelo Mello Jr. e Jackson Antunes, entre outros. 

A fórmula tem tudo para conquistar os fãs acostumados com as novelas da Televisa que Silvio Santos exibe no final de tarde em sua emissora e que costumam abocanhar uma boa fatia da audiência, talvez seja esse o motivo de a Globo investir em um enredo tão melodramático. Agora é só esperar para conferir como será “Tempo de Amar”, que estreie em breve!


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
19 de Agosto, 2017
Thermas agradece e divulga o resultado da Barraca Thermas Social no 53.º Fefol e anuncia Jantar Beneficente em novembro - 2227
17 de Agosto, 2017
Juiz nega a prisão domiciliar para Euripinho mas ainda pode voltar atrás após exames particulares - 311
17 de Agosto, 2017
Amiga diz que jovem morta pelo pai após homenageá-lo na web queria cursar psicologia - 652
16 de Agosto, 2017
Para delegada ninguém nunca vai saber motivo de homem matar a mulher e a filha em Guaraci - 289
15 de Agosto, 2017
Menino de quatro anos que presenciou pai matar a mãe e a irmã em Guaraci foi salvo por uma vizinha - 972


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites