iFolha - Vereador que é ex-delegado acredita que governador queira acabar com a polícia civil

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 30 de Maio de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 30/05/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 01 de Dezembro, 2019 - 16:36
Vereador que é ex-delegado acredita que governador queira acabar com a polícia civil

Os vereadores propuseram fazer um trabalho político junto ao governo do Estado para tentar reverter a situação.

O fechamento do plantão policial na delegacia de polícia civil de Olímpia, desde a semana passada, repercutiu na última sessão da Câmara, com os vereadores Flávio Olmos, Gustavo Pimenta, João Magalhães e Helio Lisse.

Os vereadores propuseram fazer um trabalho político junto ao governo do Estado para tentar reverter a situação.

Mas o vereador Hélio Lisse Junior, que é delegado de polícia aposentado, no entanto, foi o que fez as declarações mais contundentes. Por exemplo, deu a entender que o governo Dória teria a intenção de unificar as polícias civil e militar, acabando, portanto com a civil. Ele começou sua explanação dizendo que há alguns quando o problema começou a surgir e a prefeitura cedeu funcionário s para não fechar, teria conversado com o delegado titular local, Marcelo Pupo de Paula.

“Ocorre que ao longo dos últimos dois anos – comentou -  aposentaram cinco escrivães e um se suicidou, então nós temos seis, e agentes aposentaram oito no total. A delegacia não tem mais gente e o PSDB, que há 20 anos está no governo, simplesmente parece que quer criar uma polícia única, embora exista atribuição diferente; uma é investiga­tória e a outra ostensiva e preventiva”.

E continou: “Mas parece que essa hipótese já foi ventilada e considerando que os investimentos na Polícia Civil não estão sendo realizados ao longo do tempo, então a Polícia Civil está capenga, ela não tem como fazer o seu trabalho. Mas o ato do governador Dória, assinado junto com o Secretário de Segurança que acabou com plantão pode ser revertido? Com certeza. Basta a delegacia ter a nomeação de funcionários para que dê a condição de tocar o plantão 24 horas. Só falta funcionário, a estrutura tem. No entanto, não tem nomeações na Polícia Civil recentemente e esse é o problema que se criou aqui na nossa cidade, falta de funcionários público estadual na área de segurança pública.”

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
30 de Maio, 2020
Frentista mata dois na saída de Guaraci e é preso em Rio Preto - 294
30 de Maio, 2020
Resorts e hotéis apelam para prefeito liberar anúncios de hospedagem futura nos sites de viagem e a flexibilização foram os temas do Cidade em Destaque de sexta, 29.05. - 106
28 de Maio, 2020
Campanha do Agasalho deste ano fará arrecadação em domicílio a partir de 2.ª - 171
28 de Maio, 2020
Bares, restaurantes e comércio retomam atividades com restrições a partir de segunda-feira em Olímpia - 408
28 de Maio, 2020
Saúde confirma mais três em Olímpia e vai a 48 casos de Covid-19, 6 em 3 dias - 257


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites