21 de maio | 2008

Olímpia fica sem 312 postos de trabalho em 12 meses

Compartilhe:

Embora já tenham sido efetivadas as contratações em massa visando atender as necessidades de moagem de duas usinas de cana-de-açúcar, localizadas há menos de 30 quilômetros da cidade, o levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão vinculado ao Ministério do Trabalho, mostra que nos últimos 12 meses, mostra que situação de emprego no município de Olímpia não é tão boa.

Considerando os números a partir do mês de abril de 2007, ao contrário do que alguns esperavam a partir do início da safra da cana-de-açúcar, os postos de trabalho criados e preenchidos pelo setor deixaram um saldo negativo de 312 empregos, o 3.º maior número de vagas de trabalho perdidas entre 32 municípios da região de São José do Rio Preto.

O município de Olímpia, de acordo com os números divulgados na quarta-feira, 21, pelo jornal Diário da Região, pelo menos quantitativamente, isto é, sem levar em consideração a informação em razão da qualidade de número, só não perdeu mais vagas de trabalho do que as cidade de Monte Aprazível e Ilha Solteira, com menos 661 e 508, respectivamente.

Pelos números verificados nos primeiros quatro meses deste ano, período em que houve saldo positivo de 1.629 contratações, foram 3.233 admissões e 1.604 demissões. Somente no mês de abril foram admitidos 791 e demitidos 547 originando um saldo positivo de 244 contratações.

Entretanto, mesmo com esses resultados positivos na soma geral dos 12 meses o resultado foi de 213 contratações a menor. De Abril de 2007 até o mesmo mês deste ano foram contratados 6.479 e demitidos 6791 trabalhadores.

Por outro lado, nos 32 municípios da região de Rio Preto, o quadrimestre obteve o saldo positivo de 11.893 vagas abertas. Em relação a abril deste ano a região contabilizou 5.562 novos postos. Já nos últimos 12 meses a região acumula 14.598 novos empregos.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas